Conecte-se com a LIVE MARKETING

Universo Live

Go Live – Juntos pelo Brasil é lançada para contribuir no combate ao coronavírus e facilitar retomada dos Eventos

Publicado

em

Coalizão iniciada por 11 Entidades do setor prepara plano de mobilização para a retomada segura das atividades “Live”

Onze instituições relacionadas à indústria de Eventos no Brasil – AMPRO, ABEOC, ABRACE, Abrafesta, ABRAPE, Academia Brasileira de Eventos e Turismo, ALAGEV, Apresenta, ForEventos, SPCVB e UBRAFE – anunciam a criação da coalizão Go Live – Juntos pelos Eventos. A iniciativa, inspirada no movimento Go Live Together, de empresas e entidades americanas ligadas ao mercado Live – Feiras, Exposições, Eventos, Shows, Incentivo, Conferências e Trade Marketing – é uma coalizão aberta, reunindo, de forma igualitária, os profissionais, as empresas e as instituições mais representativas do setor. Seu objetivo é contribuir no combate à disseminação do coronavírus e com a retomada segura de eventos e atividades “Live”, tão logo se inicie uma distensão da quarentena e conforme as medidas determinadas pelas autoridades do Governo.

Suportado em três pilares – Segurança, Impacto e Legislação – a coalizão inicia-se com a confecção de um Protocolo para a Retomada da Indústria de Eventos no Brasil. Desenvolvido coletivamente, com base em protocolos da OMS e outras instituições nacionais e internacionais, o protocolo sugerido da Go Live Brasil já foi disponibilizado a autoridades governamentais, reforçando os dados de que os eventos representam um dos setores mais importantes na mobilização da economia e na consequente geração de empregos.

“Toda a recuperação no setor de eventos levará a investimentos incrementais em viagens, hotéis, restaurantes, shopping centers, entretenimento e atividades culturais, apoiando a retomada de negócios de vários setores das comunidades, também dizimados pelo COVID-19”, diz um trecho do documento. Com 43 páginas, o Protocolo trata desde as recomendações de prevenção no ambiente de trabalho até todas as fases de produção, realização de eventos e preparo dos locais / espaços onde serão realizados. Há, ainda, recomendações para adequação das equipes e espaços no período de isolamento social, para que estejam preparados para a retomada das atividades assim que autorizada.

A partir dessa primeira ação, a coalizão será aberta ao mercado, estimulando a adesão de profissionais, empresas ou instituições que atuam no setor. “Esta é uma iniciativa plural e democrática. Queremos todo o setor unido com um propósito comum: combater juntos o COVID-19 e nos preparar para retomada dos Eventos, que serão de grande ajuda também para a retomada dos vários setores da economia”, informa Juan Pablo de Vera, CEO do grupo R1, que está coordenando os trabalhos.

A indústria de Eventos brasileira é uma das mais importantes na geração de empregos e movimentação econômica. É responsável por cerca de 25 milhões de empregos (diretos e indiretos), e por um faturamento anual de cerca de 936 bilhões/ano, que corresponde a 12,93% do PIB nacional.

“Nosso movimento atuará junto às autoridades e líderes de opinião para que mantenham no radar a retomada dos Eventos, tão logo possível, de forma responsável, porém proativa”, salienta Juan Pablo de Vera.

Sobre as Entidades inicialmente participantes da Go Live Brasil: AMPRO – Associação de Marketing Promocional; ABEOC – Associação Brasileira das Empresas de Eventos; ABRACE – Associação Brasileira de Cenografia e Estandes , Abrafesta – Associação Brasileira de Eventos; ABRAPE – Associação Brasileira de Promotores de Eventos; Academia Brasileira de Eventos e Turismo; ALAGEV – Associação Latino Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas; Apresenta – Associação dos Promotores de Eventos do Setor de Entretenimento e Afins; ForEventos – Fórum das Entidades do Setor de Eventos; SPCVB – São Paulo Convention & Visitors Bureau; e UBRAFE – União Brasileira dos Promotores de Feiras.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Universo Live

UBRAFE participa do 53º Congresso AFIDA em Buenos Aires

Publicado

em

A Ubrafe (União Brasileira de Feiras e Eventos de Negócios) participou, nos dias 27 e 28 de maio, da 53ª edição do Congresso Latino Americano da Indústria de Feiras e Convenções, promovido pela AFIDA (Associação Internacional de Feiras da América). A ocasião torna a Ubrafe como importante aliada da AFIDA no processo de geração de espaços de networking, oportunidades de negócios e aprendizagem latino-americana, de forma a promover e garantir êxito na indústria de eventos.

O Congresso promoveu duas jornadas de capacitação e atividades sociais, com a participação de conferencistas internacionais de alto nível, bem como de diretores da indústria de Feiras, Congressos e Convenções Ibero-americanos, trazendo experiências que permitem ao setor identificar a visão atual e futura do cenário de eventos e organizações que fazem parte dela.

“O evento da AFIDA é uma excelente oportunidade de alto nível para se relacionar com o mercado de eventos B2B Latino Americano. O Brasil é o líder regional pela quantidade de eventos e estabelecer estas conexões é fundamental”, destaca Paulo Ventura, presidente do conselho de administração da Ubrafe.

“O convite para palestrar neste evento que aconteceu na La Rural, a principal venue de Buenos Aires, mostra que a Ubrafe está inserida no ecossistema Latino Americano de feiras e eventos B2B”, finaliza Paulo Octávio Pereira de Almeida (P.O.), presidente executivo da Ubrafe.

A Ubrafe possui o Barômetro Eventos B2B, um dos índices mais confiáveis do setor de eventos, pois consolida a quantidade de eventos com foco na geração de negócios, por enquanto na cidade de São Paulo. Seu levantamento registrou um impacto de R$ 9,3 BI apenas na economia da cidade de São Paulo, 7 milhões de participantes únicos em um ano e um total de 1.286 eventos de grande porte em 2023 – primeiro ano completo que o setor não sofreu os impactos da crise sanitária (covid-19).

Continue lendo

Universo Live

Ampro celebra sanção do novo Perse e destaca benefícios para o setor de eventos

Publicado

em

A Associação de Marketing Promocional (AMPRO), representada pela presidente executiva, Heloísa Santana, Elza Tsumori, conselheira e diretora setorial de relações institucionais da Associação, presidente da CBIE e diretora administrativa e financeira da Academia Brasileira de Eventos e Turismo e Raphael Rodrigues, membro da diretoria setorial de marketing de incentivo e do grupo de trabalho do Perse celebra com entusiasmo sua participação na cerimônia oficial realizada ontem no Palácio do Planalto, para sanção do novo Perse (Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos) pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O programa, aprovado pelo Senado Federal em 30 de abril após intensas negociações, representa um marco histórico para a retomada do setor de eventos, um dos mais impactados pela pandemia de COVID-19.

Lembrando que o novo Perse oferece medidas de apoio financeiro e tributário para empresas do setor e garante a continuidade do programa até 2026, com teto de R$ 15 bilhões. Os CNAEs (7319-0/01, 7490-1/05 e 8230-0/01) vinculados ao setor de live marketing e marketing de experiência seguem abrangidos pelo programa.

A Ampro e seu grupo de trabalho de relações governamentais, reiteram seu compromisso em trabalhar sempre em conjunto com o governo e o setor privado para garantir a efetiva implementação do novo Perse e a plena retomada do setor de eventos no Brasil.

Acompanhe as novidades sobre o programa na página da entidade que vai oferecer aos seus associados, um webinar para tratar sobre as novas diretrizes após a sanção da lei.

Continue lendo