Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Facebook X Austrália: entenda essa ‘novela’ de uma vez por todas

Publicado

em

Pagar para circular notícias?

Na última quinta-feira (18), o Facebook tomou a drástica medida de bloquear o compartilhamento de notícias entre os usuários da rede social na Austrália. Isso aconteceu como uma resposta ao Código da Negociação para a Comunicação Social, uma proposta de lei anunciada pela Austrália.

No Código da Negociação para a Comunicação Social, o país alega que as Gigantes da Tecnologia (Google e Facebook) se aproveitam da distribuição de notícias pelos portais, uma vez que seus usuários consomem notícias, mas eles mesmos não produzem matérias. A ideia é taxar essas empresas pelo uso das notícias em suas plataformas.

Google fecha acordo com a Austrália

Enquanto o Facebook resiste e ataca a Austrália bloqueando os australianos de verem notícias na sua plataforma, a Google cedeu e fechou acordo com a Austrália, mesmo que em um primeiro momento a Google, maior conglomerado de mídia do mundo, tenha ameaçado sair do país.

A gigante da tecnologia assinou um acordo com a Seven West Media que fornecerá conteúdos para o agregador de notícias News Showcase. De acordo com a agência britânica, Reuters, a Google também tentou acordos com as agências australianas News Corp e Nine Entertainment, mas as negociações não seguiram adiante.

Governo Australiano congela publicidade no Facebook

Se a Google parece está se resolvendo com a Austrália, o Facebook, por sua vez, ganha mais dores de cabeça. Nesta segunda-feira (22), o ministro da Saúde da Austrália, Greg Hunt, decidiu parar de anunciar publicidades sobre vacinação no Facebook.

O país aplicava cerca de US$20 milhões em campanhas publicitárias sobre vacinação. De acordo com o ministro, a campanha continuará a ser realizada e vai usar todo o fundo destinado, mas não acontecerá mais no Facebook.

Novo acordo – Facebook volta atrás e restaura as páginas de notícias

Depois de todos esses capítulos, essa grande novela parece está chegando ao fim. O governo australiano ofereceu emendas a proposta de lei, e depois de uma série de conversas entre Frydenberg e o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, no fim de semana, um acordo de concessão foi fechado.

Com as quatro emendas concedidas, acontece mudanças no mecanismo de arbitragem obrigatório usado quando os gigantes da tecnologia não conseguem chegar a um acordo com as editoras sobre o pagamento justo pela exibição de conteúdo de notícias. Com isso, o Facebook decidiu restaurar o acesso em sua plataforma às páginas de notícias australianas.

“Estamos satisfeitos que o governo australiano concordou com uma série de mudanças e garantias que atendem às nossas principais preocupações sobre permitir acordos comerciais que reconheçam o valor que nossa plataforma oferece aos editores em relação ao valor que recebemos deles”, disse o Facebook em um comunicado postado online.

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Itaú transforma ruas de grandes capitais em feed a céu aberto na campanha “Feito Com @’s”

Publicado

em

O Itaú Unibanco inova mais uma vez no mercado e vai transformar o mobiliário urbano de São Paulo e do Rio de Janeiro em um grande feed em cocriação com seus clientes e seguidores. O lançamento da plataforma “Feito Com @’s”, série de desafios no TikTok e Instagram, chega para fortalecer e reforçar o posicionamento #FeitoComVocê.

Cacai Bauer, Tode Crespa, Jean Paulo Campos, HttPedro e Isís Martins formam o time de creators convidados a colocar o primeiro desafio na rua: #2022EmUmaPalavra. Os vídeos mais divertidos, inusitados e surpreendentes vão ganhar destaque nos espaços de mídia das cidades. Com a campanha, o Itaú quer reconhecer e dar visibilidade para o talento e a criatividade dos seus seguidores.

“Estamos sempre nos reinventando e diversificando nossas ações de marketing. O Feito Com Você é um posicionamento muito convidativo para a criatividade e para a linguagem divertida das redes sociais, além de possibilitar a verdadeira cocriação com as pessoas, com os creators, com nossos clientes, reforçando o nosso posicionamento”, diz Thaiza Akemi, superintendente de Conteúdo e Redes Sociais do Itaú Unibanco. “Queremos engajar a cidade e nos comunicar com as pessoas, mostrando seus talentos e toda a sua criatividade”, complementa.

A campanha, idealizada pela agência SOKO, pode ser vista a partir desde dia 1º de dezembro no Instagram e Tik Tok do Itaú, nas ruas de São Paulo e Rio de Janeiro, e nas redes dos creators convidados. Quem quiser participar do challenge deve ter o perfil aberto e publicar até 11/12 um vídeo, com até 15 segundos, no Instagram ou no TikTok marcando @itau e a hashtag #2022EmUmaPalavra. Abraços, Shows, Festas e Viagens já são alguns termos que se destacam entre os participantes. 

“Os challenges são um fenômeno popular que mudou o jeito das pessoas se expressarem nas redes. O Feito com @s traz esse movimento para novas telas recompensando a colaboração espontânea das pessoas com visibilidade nas ruas. Uma plataforma que começa com #2022EmUmaPalavra e pode lançar novas hashtags em outros momentos relevantes pras pessoas e para a marca”, comenta Rafael Ziggy, Diretor de Criação Executivo da SOKO. 

Continue lendo

Empresa

Projeto corporativo de EAD apoia jovens brasileiros com impacto social positivo e transformador

Publicado

em

Inovadoras, digitais e fáceis de utilizar. É assim que plataformas corporativas EAD apoiadas por marcas e organizações estão ampliando seu impacto positivo muito além das estratégias de marketing, com efeito social relevante e transformador. São projetos com acesso gratuito, tecnologia, narrativas diferenciadas, interação e a melhor experiência do usuário, elaborados para ajudar principalmente os jovens brasileiros em situação vulnerável a encontrar um novo caminho para a construção de um futuro melhor.

Uma iniciativa criada pela consultoria em branding e inovação Eólica, é exemplo de resultados concretos e foi premiada na 1ª edição do Design for a Better World Award, do Centro Brasil Design: a Plataforma PROA, criada para o Instituto PROA para apoiar a busca pelo primeiro emprego.

“É um projeto que tem um cunho social importantíssimo nesse momento pós pandemia onde, além da preocupação e das graves consequências da doença, muitas famílias perderam também sua renda e enfrentam enormes dificuldades econômicas”, destaca Mariana Vidigal, sócia e diretora de estratégia da Eólica. “A Plataforma PROA prepara os jovens para o mercado de trabalho e, ao final da formação, ainda faz a ponte com grandes empresas”, explica. “Dos 446 usuários que completaram todo o curso em 2021, 48% conseguiram se empregar”, revela.

Além de utilizar narrativa diferenciada e muita interação para tornar o conteúdo mais atrativo e engajar o público, Mariana conta que a elaboração do projeto envolveu ainda um contato direto e essencial com os futuros usuários. “Nossos projetos sempre contam com técnicas de pesquisa para estruturar a experiência do usuário, com a realização de entrevistas em profundidade, testes de usabilidade e workshops”, acrescenta a diretora de estratégica da Eólica. “Essa visão de quem estará lá no dia a dia, utilizando a plataforma, é fundamental para que a marca possa proporcionar uma experiência que realmente faça a diferença, com os melhores resultados”.

A diretora da Eólica revela que receber a premiação do Centro Brasil Design para este projeto foi gratificante para toda a equipe, especialmente por seu caráter pioneiro. “É uma ação que estimula a valorização de soluções de design que colaboram para a construção de um mundo melhor, o que está amplamente alinhado aos nossos propósitos e à responsabilidade social corporativa, em uma visão do branding que vai muito além de um logo ou uma identidade visual”, avalia Mariana. “Temos um modelo de trabalho mais integrado entre pesquisa, estratégia e design, com um olhar holístico e que considera a gestão da marca como um processo de longo prazo”, aponta. “Sempre buscamos com nossos projetos a transformação positiva para os negócios e para as pessoas, e essa conquista indica que estamos conseguindo atingir essa meta”.

Continue lendo