Conecte-se com a LIVE MARKETING

Universo Live

Consumo fora do lar tem leve retomada no segundo trimestre de 2020

Publicado

em

O segundo trimestre de 2020 destaca-se para o mercado de FMCG (bens de consumo massivo) por um leve crescimento no consumo fora de casa – Out of Home (OOH) -, graças à flexibilização da quarentena e reabertura de alguns comércios pelo país. De acordo com o levantamento Consumer Insights da Kantar, líder global em dados, insights e consultoria, apesar de o consumo nesse segmento ainda estar no vermelho e ter perdido 17% em valor gasto em relação ao trimestre anterior, alguns canais tiveram um momento de respiro apoiados por categorias com força regional.

O Nordeste, por exemplo, é o grande responsável por impulsionar variação positiva de 19% em valores de vendas de FMCG que mercadinhos de bairro e mercearias registraram no período nacionalmente. Já os hipermercados e supermercados também tiveram índice positivo de 19%, puxados em grande parte pelo Rio de Janeiro e, especialmente, em compras de salgadinho, chocolate e cerveja. Os estados do RJ e de SP também ajudaram a alavancar o aumento de 7% nas vendas das padarias, principalmente em compras de pão de queijo, doces e pizzas em São Paulo e biscoitos, sanduíches, sorvetes e bebidas quentes no Rio de Janeiro.

No entanto, esse movimento e o aumento de consumo dentro do lar ainda são insuficientes para reequilibrar a queda geral dos números. Nos meses de maio e junho, as compras para In Home tiveram alta de 13,9% em relação aos mesmos meses do ano passado, para OOH caíram 14,7% e, no comparativo, o consumo de FMCG como um todo, dentro e fora do lar, retraiu 0,8% no País.

Olhando apenas para o consumo In Home no longo prazo, a cesta FMCG teve incremento de 7,9% em valor gasto, 2,8% em unidades, 3% em frequência e 4,2% em volume nos últimos 12 meses terminados em junho de 2020 em relação ao mesmo período no ano passado. No médio prazo, comparando o primeiro semestre de 2020 versus 2019, a frequência segue em crescente de 4%. Além do preço médio que continua aumentando (+7,1%), o número de unidades compradas a cada viagem cresce +4,2%. Já quando o destaque é julho, nota-se uma desaceleração do consumo, sendo o mês em que os gastos tiveram seu menor pico desde o início da quarentena como possível reflexo da crise econômica e os lares restringindo as compras. Esse movimento acontece em todas as classes sociais, especialmente em relação aos alimentos perecíveis e nos diversos canais, inclusive atacarejo.

O atacarejo, aliás, voltou a ser procurado pelos shoppers para missões maiores – de reposição e abastecimento, e o hipermercado avançou neste quesito.

Como era de se esperar, categorias de higiene pessoal e limpeza da casa ganham cada vez mais espaço no carrinho. Entre os produtos, destaque para papel higiênico (+2,8 pontos de penetração), sabonete (+1,2), cloro (+12,5%) e desinfetante (+5,7%).

Ao ficar mais tempo em casa, além de aumentar os ciclos de limpeza, os brasileiros também passaram a fazer mais uma ocasião de consumo ao longo do dia. E, diferentemente da tendência do início da pandemia, em que a conveniência e praticidade estavam no topo da lista de necessidades dos consumidores, agora eles têm demorado mais para preparar suas refeições e o hábito e o prazer têm assumido a liderança. Ao todo, 8,7% a mais de pratos têm sido preparados e consumidos em casa, com destaque para o pão caseiro, que ganhou mais de 400 milhões de ocasiões. Além dele, entram também lanches com frios, salada de frutas, caldos e sopas, por exemplo.

Por tudo isso, entre os alimentos, farinha de trigo (+11,8), linguiças (+11), chocolate culinário (+10,7), creme de leite (+11,1) e leite condensado (+9,2) estão entre os que cresceram em pontos de penetração no segundo trimestre do ano, enquanto alimentos pré-preparados retraíram, como bolo pronto (-2,8), caldos (-2,1), sobremesas prontas (-0,5). Mas, entre as classes sociais há algumas variações. Por exemplo, requeijão e cerveja passam a ser categorias consolidadas nos carrinhos de compras das classes AB, atingindo mais de 70% da população desta classe. Presuntaria se consolida como categoria na classe C e farinha de trigo e maionese nas classes DE.

Com novas diretrizes de distanciamento social, a jornada de consumo tem sido alterada e, no período, os atacarejos e o pequeno varejo foram os que mais cresceram, ganhando respectivamente, mais de 4 milhões de novos lares e mais de 3 milhões de novos lares compradores só neste primeiro semestre do ano.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Universo Live

Vencedores da 21ª edição do Prêmio POPAI Brasil são anunciados em cerimônia

Publicado

em

A cerimônia do Prêmio POPAI Brasil 2021 aconteceu em grande estilo e foi conduzido por Bruno Busquet, presidente do POPAI Brasil, e pela comunicadora Luah Galvão na noite do dia 23 de novembro, no Espaço Wood em São Paulo.

Foram mais de 170 troféus entregues, e reuniu 250 convidados presenciais além de milhares espectadores virtuais ao redor do mundo, os quais puderam acompanhar ao vivo pela web a maior e mais duradoura Premiação do Marketing no Varejo. Aclamado como o “Oscar do Varejo”, o Troféu do Prêmio POPAI Brasil incentiva e reconhece o trabalho dos profissionais do setor, que a cada evento surpreende com soluções cada vez mais criativas e eficazes, que há vários anos colocam o Brasil em destaque na premiação mundial – SHOP! Global Awards nos Estados Unidos.

Mesmo em um ano tão atípico como o vivido, o prêmio bateu mais um recorde de inscrições, foram quase 400 campanhas, de mais de 60 empresas diferentes. Tais números, crescentes ano após ano, espelham o grau de relevância e prestígio da premiação. “São números impressionantes que crescem a cada ano, o Prêmio POPAI Brasil é mais do que uma premiação dos melhores, ele tangibiliza e inspira soluções extraordinárias do marketing no varejo”, afirmou o VP de Premiações Raphael Tasquetto.

O evento contou ainda com diversas entidades convidadas como APAS, TWO SIDES, RDI, IDVF, BRAZIL PROMOTION além das empresas patrocinadoras e apoiadoras que foram essenciais para realização dessa grande festa. E ainda foram entregues os troféus dos ganhadores da 1ª edição do Prêmio GC Shopper Show que tem como objetivo compartilhar os melhores projetos e reconhecer os profissionais que se engajam ano a ano para oferecer a melhor experiência do shopper em loja. “Nós temos um compromisso verdadeiro com a credibilidade, por isso temos conosco o apoio integral de todos os agentes dentro do ecossistema varejista,” finalizou Bruno Busquet .

Continue lendo

Universo Live

Rio de Janeiro ganha cenografia de Natal assinada pela MChecon

Publicado

em

Declarada Patrimônio Mundial pela UNESCO, na categoria paisagem cultural urbana, a cidade do Rio de Janeiro atrai turistas de todo mundo não só por conta das suas praias, clima e belezas naturais, mas também pelas inúmeras atividades turísticas propostas pela Prefeitura do Rio, por meio da Riotur. Através da Riotur, a cidade promove alguns dos maiores eventos do mundo, entre eles o Carnaval – o maior espetáculo da terra – e o Réveillon. No entanto, engana-se quem pensa que o Natal está fora do calendário de celebrações.

De olho na retomada do turismo, a Prefeitura carioca, inspirada pelas linhas, formas, cores, paisagens e luzes da cidade do Rio de Janeiro, acaba de lançar uma decoração natalina que vai atrair visitantes de todos os lugares. Assinadas pela MChecon, considerada uma das maiores empresas do país no ramo de cenografia, as instalações temáticas poderão ser vistas e visitadas na orla das zonas Sul e Oeste e no Parque Madureira, na Zona Norte, até o dia 06 de janeiro de 2022. A ideia é que o projeto se torne uma tradição na cidade.

A cenografia traz elementos e instalações que se integram à paisagem local, inspiradas nas linhas da cidade, no calçadão de Copacabana, nas ondas do mar e no céu. Um verdadeiro convite à contemplação e interação. Ao longo da Avenida Atlântica, em Copacabana, postes decorados vão iluminar o calçadão. Na altura da Rua Santa Clara, uma Árvore de Natal de 14 metros vai decorar o canteiro central e estruturas iluminadas, em formato de estrela e globo, estarão na altura das ruas Xavier da Silveira, Bolívar, Figueiredo de Magalhães e República do Peru. No calçadão, um letreiro iluminado com a mensagem de “Feliz Natal” será instalado entre as ruas Constante Ramos e Santa Clara. Estrutura semelhante também irá decorar o Parque Madureira.
Além disso, os 24 postos de salvamento da orla marítima, do Leme ao Pontal, ganharão painéis temáticos e uma placa com a frase “Feliz Natal” em sete idiomas: português, inglês, espanhol, francês, alemão, japonês e chinês. A instalação dos painéis contou com o apoio da concessionária OrlaRio e da Fecomércio e toda a ação teve o patrocínio da Coca-Cola e Fecomércio.

“Esse ano, queremos que a passagem do Natal no Rio seja emblemática. E, nada melhor que a Avenida Atlântica, na Praia de Copacabana, reconhecida mundialmente com um dos cenários mais bonitos da cidade, para simbolizar a esperança e o amor que essa época faz florescer em nós. A orla, nosso maior atrativo turístico, exibirá mensagens positivas de Feliz Natal, assim como o exuberante Parque de Madureira”, celebra a presidente da Riotur, Daniela Maia.
Continue lendo