Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Claro inaugura era do 5G no Brasil, começando com cobertura em São Paulo e Rio de Janeiro

Publicado

em

A Claro dá início aos serviços de 5G no Brasil a partir da próxima semana, quando São Paulo e Rio de Janeiro começam a contar com a rede 5G DSS. Isso será possível com o recurso de compartilhamento de frequências, que permite a utilização do espectro atual já alocado. A nova tecnologia de rede móvel começa a ser implantada de forma pioneira no país pela operadora, em parceria com a Ericsson. A Claro terá cobertura 5G DSS nas regiões com maior demanda de tráfego, nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

Com a tecnologia DSS (Dynamic Spectrum Sharing, ou Compartilhamento Dinâmico de Espectro), é possível compartilhar as frequências disponíveis hoje, já alocadas ao Serviço Móvel Pessoal (SMP). Assim a rede da Claro passa a distribuir recursos dinamicamente entre os smartphones atuais, que operam até a quarta geração, e os novos, que sejam compatíveis com a nova rede 5G DSS. Clientes que adquirirem smartphones aptos já poderão ter as primeiras experiências com a tecnologia 5G, com conexões até 12 vezes mais velozes que o 4G convencional.

O anúncio da primeira rede 5G do país foi feito semana passada, de forma simultânea ao pré-lançamento do primeiro smartphone 5G no país, o Motorola Edge. O aparelho, que chega às lojas a partir do dia 14 de julho, conta com a tecnologia 5G baseada na plataforma móvel Qualcomm Snapdragon™ 765 e modem X52, que suporta o recurso DSS.

Em São Paulo, a cobertura 5G DSS da Claro estará disponível inicialmente na região da Avenida Paulista e Jardins. Nas semanas seguintes, vai gradativamente estender-se pelos bairros Campo Belo, Vila Madalena, Pinheiros, Itaim, Moema, Brooklin, Vila Olímpia, Cerqueira César, Paraíso, Ibirapuera, além da região da Av. Berrini e também de Santo Amaro, onde fica a sede da Claro em São Paulo.

No Rio de Janeiro, os primeiros pontos de cobertura estarão em Ipanema, Leblon e na Lagoa. Na seqüência devem se expandir por toda a orla, do Leme até a Barra da Tijuca, passando por Jardim Oceânico, Joá, São Conrado e Copacabana.

A proximidade de comunidades onde a operadora tem realizado ações sociais também foi determinante nessa etapa inicial, dentro do programa de apoio à população mais atingida pela crise do coronavírus. Através do Instituto Claro, e em parceria com Ericsson e a Central Única das Favelas (CUFA), a Claro vai levar a rede 5G para sede da organização em Paraisópolis, em São Paulo, para que famílias, jovens e crianças possam ter acesso à internet e a aplicações de Telemedicina e Educação à Distância.

A rede 5G instalada na sede da CUFA permitirá que as Mães da Favela acessem a internet Wi-Fi para resgatar as doações recebidas. As crianças e adolescentes da região também terão acesso a materiais educativos e aulas online disponibilizados pelas escolas públicas, pelo Descomplica (plataforma de preparação para o Enem) ou no próprio site do Instituto Claro, que também disponibiliza conteúdos educacionais e de capacitação.

Também receberá a rede 5G da Claro o Instituto Pró-Saber SP, instituição presente em Paraisópolis desde 2003 e que tem o objetivo de garantir e defender o direito de toda criança ler e brincar, além de disponibilizar computadores para que os adolescentes possam fazer trabalhos escolares, por meio dos projetos Pró Ler & Brincar e Pró Ler & Brincar nas Escolas. O local conta com uma biblioteca que atende à região e que recebe mais de quatro mil usuários. A nova rede irá apoiar à pesquisa de crianças, adolescentes e professores, facilitar o acesso dos estudantes a todo o conteúdo escolar.

Em ambas as instituições, o serviço 5G também poderá ser utilizado para o acesso ao projeto Missão Covid, iniciativa que conta com mais de 1.200 médicos voluntários e já realizou cerca de 67 mil atendimentos gratuitos em pacientes com sintomas de COVID-19. Outro projeto digital na área de saúde apoiado pela Claro é o portal “Sua Triagem”, que oferece um protocolo de diagnóstico provável baseado em informações fornecidas pelo próprio usuário, levando em consideração os sintomas, comportamentos e dados fisiológicos do usuário para indicar a probabilidade de cada pessoa estar infectada e o grau de risco. A plataforma é da Heart Care, e pode subsidiar a população nesse momento de pandemia na obtenção de orientação online e também gratuita.

“A Claro tem uma rede de última geração, que já oferecia a internet móvel mais rápida do país, e agora sai na frente oferecendo uma migração gradativa e transparente para o 5G, antes mesmo das novas frequências dedicadas a essa nova tecnologia terem sido outorgadas no país. Temos condições diferenciadas para oferecer a melhor experiência agora e isso só reforça nosso compromisso com o Brasil e com a inovação. Apesar dos tempos difíceis que vivemos no momento, vamos seguir evoluindo e investindo para oferecer sempre o melhor para nosso cliente”, afirma José Félix, presidente da Claro.

Allianz Parque recebe as primeiras demonstrações da rede 5G da Claro

O plano de implantação da primeira rede 5G DSS do país foi apresentado nesta quarta-feira (08/07), quando Claro, Ericsson, Motorola e Qualcomm trouxeram demonstrações de uso da tecnologia no Allianz Parque, em São Paulo, com transmissão em tempo real no Canal 500 das plataformas de TV por assinatura (via cabo ou satélite) e pelas redes sociais da Claro. Com apresentação de Luciano Amorim, a transmissão foi feita usando a rede 5G da Claro instalada no Estádio e o Smartphone Motorola Edge 5G como as câmeras para geração das imagens.

Na primeira demonstração, de uma aplicação de gaming, Camilota XP apresentou uma partida de Free Fire disputada online entre dois gamers da equipe Fúria GG, distantes 17 quilômetros, em dois pontos da rede 5G da Claro. Com a baixa latência do 5G eles conseguiram jogar online e “streamar” ao mesmo tempo pelo celular.

Na sequência, a piloto Karina Simões participou de um teste cego de direção, guiado pelo 5G. Em um carro com vidros adesivados e sem ter contato visual com o exterior do veículo, a piloto foi guiada apenas pela tela do smartphone instalado dentro do carro. Outros dois smartphones 5G foram instalados do lado de fora do veículo, enviando imagens em tempo real para dentro do carro através da nova tecnologia. A experiência só é possível pela baixa latência, que permite que o Motorola Edge funcione como a visão da piloto, que conseguiu executar as manobras no tempo certo e sem atrasos. A demonstração ilustra a evolução possível para carros autônomos no futuro, com mais sensores e a capacidade de cada veículo trocar informações com outros veículos ou com rodovias e cidades inteligentes.

A live ainda contou com a participação do músico Lucas Lima, que mencionou as ações adotadas pela Claro para auxiliar a população durante a pandemia e o isolamento social por conta do coronavírus. Entre as ações, a Claro viabilizou acesso à educação básica online para população por meio da oferta com acesso gratuito à plataforma Descomplica para auxiliar estudantes de todo o Brasil durante a preparação para o Enem. Além de abertura de canais de TV para levar entretenimento e informação qualificada e do acesso ilimitado, gratuito e universal ao aplicativo Coronavírus SUS. A rede Wi-Fi publica da Claro também foi liberada inclusive para não clientes, condicionando o acesso à exibição dos vídeos de prevenção disponibilizados pelo Ministério da Saúde para ter acesso. E para ajudar pequenos negócios locais impactados pela crise, lançou o Push do Bem, que conecta clientes aos produtos e serviços de suas comunidades.

No evento, a Claro anunciou ainda o primeiro Hackaton 5G do país, promovido pelo BeOn, hub de inovação da operadora. O hackathon é uma maratona de desenvolvimento que tem como objetivo reunir pessoas com diferentes conhecimentos com o desafio de criar novas soluções, produtos e serviços. E na edição que deve ocorrer em setembro, o foco serão os desafios causados pela pandemia de Covid-19, acelerando iniciativas que ajudem os brasileiros nos campos da saúde, educação ou digitalização de pequenos negócios.

Caminho para a expansão do 5G

Além das regiões que serão atendidas no plano inicial de implantação, a cobertura do 5G DSS da Claro crescerá gradativamente nos próximos anos dentro do projeto de modernização e expansão de capacidade de rede móvel da operadora. Todos os investimentos feitos para implantar o 5G DSS serão automaticamente aceleradores da implantação definitiva do 5G, com a posterior adição do espectro de 3,5 GHz e das faixas de onda milimétricas.

O espectro adicional, a ser leiloado pela Anatel, possibilitará expandir a capacidade de transmissão da rede 5G. Por utilizar frequências mais altas que as atuais, as novas faixas de espectro alocadas para o 5G exigirão a implantação de uma grande quantidade de antenas, para garantir cobertura e capacidade.

Outra evolução necessária, nesse caso para redução da latência, será a virtualização de funções de rede, com a descentralização do core para datacenters mais próximos dos clientes, tecnologia conhecida como edge computing. Esta é outra atividade atualmente em andamento no plano de modernização da rede da Claro.

No futuro, com mais espectro, mais antenas e uma nova topologia de rede, o 5G será veículo de uma grande transformação, conectando pessoas e sensores por meio de uma rede móvel de altíssima capacidade e baixa latência, capaz de automatizar e controlar as mais diversas atividades da sociedade.

A jornada rumo à solução definitiva e esperada do 5G, portanto, será longa e ainda vai requerer muito investimento, trabalho e tempo para implantação em todo o país. E a chegada do 5G DSS, utilizando as frequências atuais e a mesma topologia de rede atual, ajuda a acelerar a implantação da nova tecnologia, além de reforçar o compromisso da Claro com a inovação e com a implantação pioneira das mais modernas tecnologias na sua rede.

“O 5G DSS revela-se uma forma de trazer evolução gradativa e que vem sendo utilizada como alternativa pelas maiores operadoras do mundo, inclusive em economias desenvolvidas, como Estados Unidos e Europa, e onde o espectro de 3,5GHz e de ondas milimétricas já foi alocado” afirma Paulo Cesar Teixeira, CEO da unidade de Consumo e PME da Claro.

A Claro está sempre em busca da inovação e tem contribuído nas discussões com Anatel e sociedade para que se chegue a um modelo de leilão que seja isonômico entre todos os participantes e com políticas que ajudem a acelerar os benefícios e a adoção da nova tecnologia.

Investimento em Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico para trazer o 5G ao Brasil

Pioneira na implantação de todas as gerações de telefonia no país, a Claro vem trabalhando em conjunto com os fornecedores, órgãos governamentais e instituições de pesquisa e desenvolvimento nos trabalhos de homologação e certificação da tecnologia 5G.

Em 2016, a Claro demonstrou uma rede pré-5G, com 5,6 Gbps de velocidade na faixa de frequências de 15GHz. Depois, em 2017, levou a realidade do uso de carros autônomos graças à baixa latência do 5G.

Em 2018, pela primeira vez no país, apresentou uma transmissão de vídeo Ultra-HD 8K em uma rede experimental de quinta geração. Ainda em 2018, foi pioneira ao instalar uma antena 5G no Brasil, no Rio de Janeiro, passando a colaborar com a Anatel e transformando o Centro de Pesquisas da Ilha do Fundão no laboratório de certificação da tecnologia no Brasil.

No final de 2019, a empresa protagonizou mais um marco tecnológico: fez do Allianz Parque o primeiro estádio brasileiro 5G. Na demonstração, pela primeira vez o Brasil viu uma transmissão holográfica em tempo real pela da rede 5G, que permitiu levar o músico Lucas Lima ao palco do espetáculo Led Zeppelin In Concert, com a Nova Orquestra, e fazer uma apresentação para o público. Na ocasião, o artista estava a aproximadamente 17 quilômetros do estádio, na sede da Claro, localizada no bairro de Santo Amaro, Zona Sul de São Paulo.

Já na virada do ano, de 2019 para 2020, a Claro apresentou uma inovação das transmissões de grandes eventos no Brasil e viabilizou, em parceria com a Rede Globo, a primeira transmissão 5G do Réveillon de Copacabana, a maior festa de Ano Novo do planeta.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Projeto AstraZeneca Viva a Cultura! 2022

Publicado

em

Há 15 anos, o projeto AstraZeneca Viva a Cultura!, encanta crianças em tratamento, seus familiares e toda a equipe médica em hospitais de diversas regiões do Brasil. Toda semana, o AstraZeneca Viva a Cultura!, visita um novo hospital, em diferentes regiões do Brasil.

Neste ano, a estreia aconteceu no Hospital de Amor de Barretos (SP) entre os dias 13 e 17 de junho e seguiu para o Hospital de Clínicas (Porto Alegre, RS), de 20 a 24 de junho. Na sequência, Astro, o mascote do projeto, leva suas atividades para a Oncopediatria de Santa Casa Farol (AL), de 4 a 8 de julho e depois segue para o Hospital do Câncer Aldenora Bello (MA), de 11 a 15 de julho. Seguindo sua viagem, Astro segue para o Hospital São Marcos (PI), de 25 a 29 de julho e depois para o Hospital Geral Padre Cícero (CE), de 1º a 5 de agosto. A edição 2022 finaliza suas atividades no Hospital Darcy Vargas (SP), de 15 a 19 de agosto.

Todo ano, é desenvolvido um tema para guiar o projeto. Em 2022 as crianças poderão conhecer lugares poucos explorados no Brasil, através de atividades conduzidas pela ciência e tecnologia. Astro terá uma missão especial em 2022: cada uma das 7 (sete) etapas originará num capítulo de um livro de recordação elaborado pela criançada referente a seu estado/cidade. Além do livro, as crianças terão uma atividade diferente diariamente, como: apresentação teatral (unindo brasilidade e diversão), foto lembrança, oficinas (criação de instrumento musical, oficina de fantoches, stencil em tela, oficina dos bichos e oficina de máscaras), e o tão aguardado “Música nos leitos”.

Para nós, apoiar um projeto como este é contribuir com a melhora destas crianças, pois as atividades estimulam os pacientes, elevando a autoestima e contribuindo no tratamento. Brincadeiras lúdicas e educativas também ajudam a melhorar a saúde”, enfatiza Jorge Mazzei, diretor executivo de relações corporativas, regulatório e diagnósticos da AstraZeneca Brasil.
 

Continue lendo

Empresa

Grupo V3A ativa sete marcas na etapa Oi Rio Pro da World Surf League

Publicado

em

213 Sports, vertical de esportes do Grupo V3A, e a agência V3A, farão as ativações de sete marcas patrocinadoras da etapa brasileira do World Surf League Championship Tour, a Oi Rio Pro apresentada por Corona,8ª etapa da temporada. O evento será realizado entre os dias 23 e 30 de junho, na Praia de Itaúna, em Saquarema, no litoral do Rio de Janeiro.

“A presença das marcas em Saquarema, através de ativações junto ao público presente no evento, reforça a importância da parceria entre 213 Sports e a WSL, e da modalidade no posicionamento estratégico das empresas. Mais do que apenas visibilidade de marca, essas ações se preocupam em oferecer experiências únicas, capazes de cativar todos os perfis de fãs do surfe, desde os que acompanham a competição na areia, até os que a seguem através das redes sociais”, afirma Pedro Dau de Mesquita, cofundador e diretor comercial da 213 Sports.

A Oi é mais uma vez patrocinadora da etapa Brasil do Circuito Mundial, e terá presença marcante na praia de Saquarema. Além de oferecer serviços de conectividade de alta performance para torcedores e a transmissão do Oi Rio Pro apresentado por corona, a marca terá um estande de 55 metros quadrados onde o público irá usufruir de uma experiência imersiva. Utilizando tecnologia de realidade aumentada, os participantes entrarão em uma onda e experimentarão a perspectiva de um surfista, mostrando que com Oi Fibra, todo mundo pode surfar em alta velocidade.

Outra atração da marca no evento é a personalização em tempo real das pranchas que serão entregues como troféus aos vencedores das competições masculina e feminina da etapa. O trabalho será realizado pela ilustradora e designer Caró Lago e pelo artista plástico e grafiteiro Kajaman, eternizando nos troféus os momentos vividos durante o campeonato.

Patrocinadora da WSL desde 2019, a Havaianas levará ao evento a sua ‘Loja Surfável’, inédita no Brasil e que utiliza a tecnologia Dry Wave para proporcionar uma experiência única aos visitantes. Em uma piscina de bolinhas que replica o balançar do mar, e sobre boias no formato característico das Havaianas, os visitantes pouco familiarizados com as ondas poderão experimentar as sensações do surf sem tirar os pés da areia. A ação será registrada através de conteúdos instantâneos, que serão disponibilizados para download.

Já o TikTok, que recentemente firmou parceria para cobertura dos eventos da WSL no Brasil até 2023, levará à Saquarema um espaço dedicado a criação de conteúdos para o surfe. Na área externa do estande, atletas e espectadores poderão ainda desfrutar de uma infraestrutura completa com cadeiras, cangas, redes e boias para quem quiser acompanhar o campeonato com o pé na areia.

A plataforma estreia ainda o #TikToknaAreia, programa organizado em quatro núcleos (Estúdio, Areia, Acesso e Backstage) e que trará a cobertura de tudo  o que rola em Saquarema durante a competição, como os resultados das baterias, entrevistas com os atletas, conteúdos de creators parceiros e uma mesa redonda com análise dos rounds e dos desempenhos de cada surfista.

Em sua ação, a 51 Ice apresentará a ação “Ai se fosse um surfstar – Um dia de astro da WSL com a 51 Ice”. Nela, os participantes serão entrevistados igual aos atletas da WSL, e terão de improvisar uma resposta de até 1 minuto, que será gravada e disponibilizada aos usuários, permitindo o compartilhamento nas redes sociais. Após a participação na ação, os concorrer a prêmios exclusivos, sendo o principal deles a oportunidade de desfrutar do Mirante 51 Ice, um lounge localizado no segundo piso do espaço da marca e que oferecerá uma vista exclusiva e degustação dos seus produtos.

A Localiza, por sua vez, vai levar para as areias de Saquarema um estande interativo, com diversas atrações para o público presente. Entre elas está a participação do renomado artista Bruno Br. Ícone do surfe brasileiro, ele colocará sua arte em pranchas que farão parte de um concurso do portal de conteúdos de turismo “Vai Por Mim”. Outra presença de destaque é a da surfista Érica Prado, que apresentará diariamente o Boletim Localiza, vídeos de 1 minuto sobre curiosidades do evento. De encontro à proposta de sustentabilidade da Companhia e da WSL, o estande é feito com 85% de materiais que poderão ser reciclados no final do evento. Além disso, o público poderá conferir o carro elétrico Bolt EV no estande e conhecer de perto o funcionamento do modelo 100% elétrico da Chevrolet.

A Australian Gold, marca de proteção solar, levará pela primeira vez à Saquarema um estande para quem quer curtir o campeonato com conforto e proteção. A marca convida para uma experiência “Feeling Gold” em sua ativação, com lounge, chuveiros e um rooftop com ambientação e câmera slow motion para produção de conteúdo. Além disso, haverá uma roleta de gamefication com distribuição de brindes todos os dias do campeonato.

Já a BFGoodrich, que há 150 anos fabrica pneus para entusiastas que procuram desafios, superação e aventuras em todos os tipos de terreno, estará em Saquarema com um estande inspirado nas tradicionais garagens americanas. Nele, os visitantes poderão realizar recarga em seus celulares e tablets, interagir com os influenciadores pet da Família Surf Dog ( Bono, Cacau, Malibu e Moqueca), e ainda concorrer a pranchas feitas pelo lendário surfista brasileiro Rico de Souza e personalizadas ao vivo com artes exclusivas do artista saquaremense Avnil do Art.

Continue lendo