Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Change.org lança campanha em vídeo #LuteEmCasa contra o coronavírus

Publicado

em

A jornalista que perdeu a mãe para o coronavírus e luta pelo direito à despedida virtual. O “padre-ativista” que briga pela proteção dos moradores de rua na pandemia. A técnica em enfermagem que reivindica valorização a quem está na linha de frente. Os filhos de empregadas domésticas que exigem quarentena remunerada às mães. O entregador de delivery que cobra medidas de segurança. A médica que pede recursos para o SUS.

Quais são os dramas que os brasileiros estão enfrentando neste tempo de pandemia? E como eles estão fazendo para lutar por soluções sem sair de casa? A fim de atender essa necessidade e mostrar a força da mobilização nesta época de isolamento social, a Change.org, maior plataforma de abaixo-assinados do Brasil e do mundo, lança a campanha #LuteEmCasa, produzida pela 3Film Group, produtora e distribuidora de conteúdo audiovisual.

Do médico à empregada doméstica. Da jornalista ao entregador de delivery. Eles estão reagindo e cobrando medidas do poder público e privado sem sair às ruas, praças ou avenidas. Longe da inércia, um movimento de milhões de brasileiros está se formando em torno de abaixo-assinados na internet. A Change.org já hospeda 3,3 mil petições sobre causas ligadas à pandemia, que engajam um número impressionante de 10,7 milhões de apoiadores no Brasil.

A campanha, lançada nas redes sociais da organização nesta terça-feira (12), mostra em um vídeo criadores e assinantes de petições online usando máscaras e motivando os brasileiros a não se sentirem impotentes neste período que requer distanciamento e isolamento social. “Se não podemos estar perto fisicamente sem sair de casa, podemos estar juntos e mostrar que somos muitos. E amplificar cada voz”, diz trecho do vídeo da campanha.

A diretora-executiva da Change.org no Brasil, Monica Souza, conta que a ideia de criar a campanha surgiu para oferecer aos brasileiros “uma alternativa” neste momento “tão difícil”. “Mostrar que, apesar de estarem em casa e longe fisicamente de outras pessoas, eles não estão sozinhos nas batalhas que enfrentam. Podem se articular, erguer suas vozes, gerar mobilizações e reunir apoiadores. Tudo isso através de uma petição online”, explica Monica.

No vídeo, cidadãos comuns, como o entregador de delivery, a filha da empregada doméstica, o padre e a médica, compartilham histórias reais sobre demandas verídicas de quem está sendo afetado pela crise do coronavírus e recorreu a uma petição em busca de soluções. Ao final, a campanha convida as pessoas a se unirem a uma dessas causas e apresenta a página onde parte dessa movimentação ocorre.

De acordo com a diretora-executiva da organização, uma das preocupações levadas em consideração durante a montagem da peça foi incentivar os cidadãos a manterem-se seguros, por isso todos que aparecem no vídeo usam máscaras e daí surgiu a ideia da hashtag #LuteEmCasa. “Queremos deixar a nossa plataforma, que é livre e plural, à disposição para que os brasileiros se ‘apropriem’ dela em busca das mudanças que desejam. As pessoas têm que ficar em casa, mas isso não quer dizer que deixarão de lutar por suas causas”, afirma.

A montagem da campanha

“É hora de ficar em casa. É hora de cuidar uns dos outros. É hora de estarmos atentos e de sermos vigilantes, de mostrar que temos voz e de que falamos alto”, assim começa o vídeo. “E mostrar para quem for preciso que podemos fazer a diferença. Hora de mudança”, termina o filme, convidando as pessoas a se engajarem no movimento. Das 3,3 mil petições abertas na plataforma, mais de 230, com 4,5 milhões de apoiadores, fazem parte da ação.

A campanha, que visa promover a participação ativa da sociedade em ações coletivas que lutam contra a crise gerada pela pandemia da Covid-19, terá duração mínima de um mês. Além do vídeo principal, que tem 1 minuto, a peça #LuteEmCasa veiculará no Instagram, Facebook, WhatsApp, YouTube e Twitter da organização um filme maior e outros seis gravados pelos próprios criadores de abaixo-assinados sobre suas demandas e causas defendidas.

A locução é da cantora Luisa Matsushita, a LoveFoxxx, vocalista da banda Cansei de Ser Sexy (CSS). Nós, equipe da Change.org, também aparecemos nos vídeos para mostrar que as pessoas podem contar com a gente quando buscam a nossa plataforma para lutar pelo que acreditam e pela transformação que desejam na sociedade”, conta Monica.

O diretor de criação da campanha Raphael Erichsen explica que o desafio do projeto era comunicar que as pessoas mesmo dentro de casa podem fazer alguma coisa e impactar a sociedade. “Muitas vezes se diz que esse ativismo online, ‘ativismo de sofá’, não é real. Essa pandemia está mostrando para gente que dá pra fazer muita coisa só com nossos computadores e smartphones sem sair de casa. A Change.org é um exemplo disso”, afirma.

Erichsen destaca, ainda, a “quantidade imensa de abaixo-assinados” que estão sendo criados como prova de que as pessoas estão realmente interessadas em participar ativamente das transformações da sociedade. “A campanha precisava botar esse grito para fora e dar voz a essas pessoas. Como o filme fala: ‘mostrar que somos muitos e que falamos alto’”, finaliza.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Pritt estimula reciclagem e doa R$ 60 por cada atividade criativa nas redes

Publicado

em

Apoiadora da educação e do desenvolvimento de habilidades motoras, criativas e cognitivas das crianças, a Pritt doará R$ 60 ao Instituto 5 Elementos por cada atividade com materiais recicláveis postada no Instagram. A campanha “Floresta Criativa Pritt” vai até o fim de outubro e faz parte da ação global We Craft For Children, no Brasil Nós Criamos Pelas Crianças, da Henkel.

O projeto visa estimular a criatividade infantil a partir da criação de animais da imaginação. Para participar desta ação é preciso criar um animalzinho usando materiais reciclados e cola Pritt bastão ou Pritt Tenaz líquida, e publicar com as hashtags #NósCriamosPelasCrianças, #FlorestaCriativaPritt e #NósCriamosPeloInstituto5Elementos no Instagram, em conta aberta até 26 de outubro.

As atividades lúdicas postadas serão convertidas em doações da Henkel para o Instituto 5 Elementos, entidade sem fins lucrativos fundada em 1993 em São Paulo que promove programas e projetos de educação ambiental e ações para a formação em educação com foco em sustentabilidade. A campanha começou em 1º de outubro e os resultados serão divulgados em 29 de outubro.

A campanha vai além da contribuição social e também selecionará as montagens de animais mais criativos para entrar na Floresta Criativa Pritt. As melhores criações vão participar de uma votação no perfil da página da Pritt no Instagram e as criações vencedoras vão ganhar recriações por um passo a passo feito pelo ateliê Maria Flor @ateliemariafloroficial e postado no perfil de @PrittBrasil com a marcação do participante para que outras crianças possam fazer em casa.

“A proposta da campanha é trazer, de forma lúdica e pedagógica, elementos essenciais para o presente e futuro das crianças. A criação da colagem do animal preferido da floresta ou da imaginação utilizando produtos que seriam descartados no lixo estimula a criatividade infantil e fortalece desde cedo a importância da reciclagem para a saúde do meio ambiente. Essa é uma iniciativa divertida, interativa e educacional, que faz o participante sentir sua colaboração diretamente para programas sustentáveis”, disse Beatriz Negrão, gerente de marca e produto da Pritt, marca de adesivos escolares e escritório da Henkel.

Parceria com Instituto 5 Elementos

Além das inúmeras contribuições sociais e atividades prestadas em sustentabilidade ao longo dos anos, a Pritt selecionou o Instituto 5 Elementos para a doação por seu alinhamento com os objetivos da marca com a educação e com a campanha “Floresta Criativa Pritt”.

A instituição já decidiu o destino do recurso. “Além do desenvolvimento institucional, o projeto escolhido para apadrinhamento é transformar em um curso online da premiada coleção ‘Consumo Sustentável e Ação – Resíduos Sólidos’. O desenvolvimento de uma plataforma online de fácil acesso, moderna e interativa será dedicada a professores de ensino básico, estudantes e interessados no tema consumo responsável e a educação para a sustentabilidade”, destacou Mônica Pilz Borba, do Instituto 5 Elementos.

A campanha Floresta Criativa Pritt doará até 10 mil euros ao instituto.

Histórico com a educação e responsabilidade socia
Não é de hoje que a Henkel promove a bandeira da educação. Desde 2019, em parceria com o Instituto Ayrton Senna, a Henkel já mobilizou 230 funcionários da empresa em contribuições mensais que variam de R$ 20 a R$ 100, diretamente descontadas da folha de pagamento mediante à adesão ao programa, para direcionar recursos à iniciativa “Presente Para o Futuro”.

A Pritt já está envolvida há anos em ações de responsabilidade social para a melhoria da qualidade da educação dentro e fora da sala de aula em todo o mundo. No Brasil, em 2017, em parceria com a organização humanitária internacional Plan International, a marca construiu e renovou duas escolas em áreas de vulnerabilidade na cidade de Codó, interior do Maranhão.

Em 2019, participou da campanha global “Nós Criamos Pelas Crianças” (do inglês We Craft for Children) e doou, junto com a Fundação Fritz Henkel, R$ 170 mil ao Instituto Ayrton Senna para apoio a projetos educacionais da organização que beneficiam crianças e jovens das redes públicas de ensino de todo o País. Em 2020, com a pandemia, a ação teve estrutura digital e direcionou recursos para diversos países: Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Espanha, México, Itália e África do Sul. Esse ano, a ação global será realizada no Reino Unido, Alemanha, Turquia, Espanha e Brasil com o desafio de desenvolver uma campanha para estímulo das crianças com a natureza e selecionar uma instituição para receber os recursos.

Continue lendo

Empresa

Eisenbahn lança livro exclusivo sobre estilo de vida artesanal com histórias de artistas e personalidades das mais diversas áreas

Publicado

em

Receitas, rituais e histórias que constroem experiências além da mesa é o que propõe o novo livro “Eisenbahn, Além da Mesa”, com depoimentos intimistas e reveladores de vinte personalidades como Paola Carosella, Rodrigo Hilbert, Hermeto Pascoal, Zeca Baleiro, Luedji Luna, Mauricio Arruda e Rita Von Hunty (veja a lista completa dos convidados abaixo). O livro, de edição limitada, conta com a parceria da Editora Olhares, prefácio de Zeca Camargo, foi idealizado e executado pela Agência Lema.

“Eisenbahn, Além da Mesa” poderia ser um livro de receitas. E também é, mas apresenta uma outra proposta. Para a Eisenbahn, passear de casa em casa ouvindo histórias de talentos e personalidades que tanto admiramos já é motivo de celebração. Assim como no nosso dia a dia, é sobre saber aproveitar cada detalhe mágico da vida. A marca entende que cuidar de cada detalhe é importante para produzir uma cerveja artesanal de qualidade. “Com o livro queremos enfatizar que o prazer do preparo é tão importante quanto o resultado final. Aproveitar todo o processo, como prestar atenção no cheiro de um prato sendo preparado, nas lembranças que isso nos traz, faz com que a gente ressignifique a rotina e veja beleza nas pequenas coisas. Faz com que a gente saia daquele modo automático e divirta-se fazendo o novo, como uma receita nova. Isso é um exemplo perfeito do que significa viver artesanalmente. Que as histórias divertidas e emocionantes do nosso livro possam inspirar os nossos consumidores a transformar as tarefas rotineiras em momentos inesquecíveis”, propõe Karina Pugliesi, gerente de marketing da Eisenbahn.

O livro não apresenta as receitas tradicionais, com medidas, passo a passo e “sirva imediatamente”, mas sim uma celebração à experiência artesanal. “Eisenbahn, Além da Mesa”, é sobre sensações e lembranças que se criam através da comida, da escolha dos ingredientes até a forma de levar os preparos à mesa. Mostra os personagens à vontade em casa, suas rotinas e rituais que vão além do ato de cozinhar. Ir à feira, comprar flores, gelar a cerveja, escolher as louças. Separar os vinis que vão rodar na vitrola ou na playlist no celular. Comer, beber, conversar. Onde os temperos especiais estão nas experiências que nós dividimos, nos pequenos prazeres que podem alimentar sensações únicas.

Cada capítulo traz um personagem e suas histórias. Todos são referências em diferentes áreas e ligadas ao fazer artesanal – da fotografia à cozinha, do design à música, da escrita à arte. O tempero especial contou com dois escritores, Inês Garçoni e Pedro Asbeg, que ouviram e descobriram, em horas de bate-papo com os convidados deste projeto exclusivo, as histórias únicas, traduzidas com muito cuidado em cada página do livro.

Os convidados de “Eisenbahn, Além da Mesa” abriram as portas de suas casas e também cozinharam para o registro das lentes da incrível Gabriela Mo. Já o projeto gráfico contou com o talento do designer Daniel Brito, que fez uma montagem repleta de camadas e recheios, salpicada pelos desenhos da Helena Obersteiner. Para climatizar ainda mais a leitura ou preparo das receitas, cada capítulo conta com uma playlist no Spotify criada pelo personagem.

A idealização e execução do livro conta com a assinatura da Agência Lema, à frente do desenvolvimento da estratégia e execução de projetos em brand PR da marca.

Serviço
Livro: “Eisenbahn, Além da Mesa” – edição exclusiva e limitada
Realização: Eisenbahn
Idealização: Agência Lema
Editora: Olhares
Autores: Inês Garçoni e Pedro Asberg
Prefácio: Zeca Camargo
Personalidades convidadas: Paola Carosella, Rodrigo Hilbert, Hermeto Pascoal, Zeca Baleiro, Rita Von Hunty, Amanda Noventa, César Ovalle (Cesinha). Elisa Fernandes, Lela Brandão, Ryane Leão, Jimmy Ogro, Roger Cipó, Paulo Biacchi, Marina Santa Helena, Dayana Molina, Luedji Luna, Mauricio Arruda, Pedro Alterio, Luiz Simas, Stephanie Ribeiro.
À venda nas livrarias:
– Livraria Megafauna (São Paulo – SP). Av. Ipiranga, 200 – loja 53 (edifício Copan).
– Livraria Folha Seca (Rio de Janeiro – RJ). R. do Ouvidor, 37 – Centro.
– Livraria Quixote (Belo Horizonte – MG). R. Fernandes Tourinho, 274 – Savassi.

 

Continue lendo