Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Brasil é o primeiro no ranking mundial em que os influencers são mais relevantes para decisão de compra online

Publicado

em

O crescimento do número de usuários nas redes sociais, nos últimos anos, auxiliou no aumento expressivo do número de influencers, ou seja,  pessoas que agregam milhões de seguidores através da produção de conteúdo nas redes sociais. Segundo dados da Statista e HootSuite sobre o poder dos influencers, o Brasil é o primeiro no ranking mundial em que os influencers são mais relevantes para a decisão de compra online.

De acordo com uma análise realizada pela agência SA365, o aumento da popularidade dos creators associado aos resultados que essas personalidades são capazes de entregar, gerou um aumento global em investimentos de marketing voltados para criadores de conteúdo.

A desigualdade salarial entre gêneros é uma discussão antiga na sociedade. No entanto, sua existência permeia, inclusive, setores relativamente novos da economia criativa, como é o caso do mercado de influenciadores. O estudo “Machismo, Sexismo & Equidade no Marketing de Influência”, realizado pela Squid em parceria com o YouPix, revela que o homem criador de conteúdo ganha, em média, 20,8% a mais que as mulheres,  apesar de serem a maioria nessa área.

“A tecnologia dos últimos aparelhos celulares com câmeras melhores, telas maiores, maior capacidade de conexão tornou muito mais acessível a profissão creator. A ênfase das redes sociais em criadores também estimulou muito a curva de crescimento de jovens que querem viver da produção do seu conteúdo. Acredito que um ponto de inflexão nesse mercado foi a inserção da plataforma Tiktok no universo das redes sociais. Em razão do seu algoritmo, tornar-se um criador com influência e com uma comunidade engajada era um trabalho que exigia anos de dedicação, e em razão da proposta de entrega de conteúdo diferenciada do TikTok, tornar-se um fundador com relevância e que consegue monetizar a partir do seu perfil, é possível em alguns meses”, explica Clarissa Millford, fundadora da Academia de Tiktokers, criada para ajudar pessoas que desejam ganhar seguidores e fazer vendas nas redes sociais utilizando vídeos curtos.

“Enquanto isso, câmeras melhores em telefones, telas maiores, redes móveis mais rápidas e redes sociais focadas em criadores estimularam um ponto de inflexão para o setor. Agora tudo que você precisa para se juntar ao clube de criadores é um telefone, uma ideia e uma vontade de ser julgado por estranhos. Simples? Não exatamente. E nem sonhe com acordos de marca. Para ter sucesso, os criadores precisam ser contadores de histórias incríveis, traficantes implacáveis ​​e líderes de suas comunidades de fãs”, finaliza Clarissa.

Continue lendo

Empresa

Heinz lança campanha inspirada em “Deadpool & Wolverine”, da Marvel Studios

Publicado

em

Na preparação para o lançamento de “Deadpool e Wolverine” da Marvel Studios, nos cinemas em 25 de julho, os fãs notaram algo especial nos trajes vermelhos e amarelos, marca registrada dos super-heróis – eles se parecem muito com outra dupla icônica: Ketchup e Mostarda Heinz que anunciou o lançamento de produtos colecionáveis de edição limitada nos EUA, que permitem aos fãs ter embalagens de ketchup e mostarda personalizados e parecidos com Deadpool e Wolverine.

“Depois de ver a conversa nas redes sociais destacando as semelhanças entre nossas duas duplas icônicas – Deadpool & Wolverine e Ketchup & Mostarda Heinz – sabíamos que tínhamos que nos unir ao filme”, disse Lizzy Goodman, gerente de comunicações de marca Heinz na The Kraft Heinz Company. “Depois que fizemos essa conexão – não podíamos “desver” –  pois essas semelhanças vão além da cor. Todo mundo tem um favorito, mas, na verdade, eles ficam melhores juntos, as duas duplas desempenham papéis principais em um verão épico.”

A campanha faz parte de uma collab entre Heinz e Deadpool & Wolverine da Marvel Studios. Inspirada na verdade que os fãs não podem deixar de ver – a semelhança entre as duas duplas icônicas – a campanha é lançada com um curta-metragem com narração personalizada do próprio Deadpool, Ryan Reynolds. O filme começa como um novo spot para “Deadpool e Wolverine”, mas rapidamente se transforma em um anúncio para os icônicos Ketchup e Mostarda Heinz. Em seu estilo clássico de quebrar a quarta parede, Reynolds (como Deadpool) chega à chocante constatação de que ele e Wolverine se parecem exatamente com garrafas de Ketchup e Mostarda da marca.

Continue lendo

Empresa

Uso da blockchain no varejo está estimulando a competitividade do segmento marketeiro

Publicado

em

A competitividade do mercado de varejo está cada vez mais acirrada, com isso, equipes de marketing, inovação e comercialização têm enfrentado, diariamente, grandes desafios para cativar o consumidor, o qual passou a ser mais exigente em suas escolhas. Desta forma, a personalização do atendimento se tornou uma prioridade para o varejo, principalmente para e-commerces, que passaram a investir em tecnologias diferenciadas para se adaptar aos mais diversos consumidores, como o uso da Blockchain.

A tecnologia Blockchain já não é mais novidade, mas seu uso ficou muito conhecido no segmento financeiro, de logística e segurança. Para o varejo, a ferramenta já é bastante implementada na segurança de dados e informações, transações, tal como rastreabilidade e otimização de logísticas e produção, entre outros. Entretanto, o uso tem tomado novos rumos, ainda pouco explorados no mercado e, desta vez, voltado para equipes de marketing, CX e inovação, que passaram a trazer benefícios do cruzamento de dados da Blockchain para o atendimento direto ao cliente, como personalização e co-criação.

“Com o uso da Blockchain, ficou mais fácil para o consumidor participar do processo criativo da marca e se conectar com aquelas que ele mais se identifica. Através dela, as lojas passam a registrar de forma transparente todas as contribuições, criando um histórico confiável, e podendo distribuir recompensas para contribuições, gerando engajamento, conexão, feedbacks mais assertivos e permitindo ajustes mais rápidos e interativos”, explica André Carneiro, CEO da BBChain.

Continue lendo