Conecte-se com a LIVE MARKETING

Universo Live

Agências de Live Marketing são escolhidas por menor preço, constata pesquisa da Ampro

Publicado

em

A Associação de Marketing Promocional (Ampro) acaba de concluir um levantamento com mais de 600 profissionais de agências e empresas fornecedoras do mercado do Live Marketing brasileiro. Logo após ter lançado sua campanha “Estamos ESGotados”, que traz os princípios ESG para a relação cliente X agência, o objetivo da pesquisa foi levantar como anda, na prática, essa relação. Entre os resultados, o de maior destaque foi que o critério preço tem sido o mais decisivo nas mesas de concorrências, segundo 74,1% dos participantes. Os critérios “criação e planejamento”, que são estratégicos para as ações, aparecem com menos de 15% de relevância cada, já o percentual para o critério “execução” foi zero.

“Nosso mercado é uma explosão de criatividade, estratégia e execução, estes, sim, deveriam ser os principais motivos e critérios de avaliação das concorrências. Preços podem ser avaliados de outra forma, que não apenas em processos concorrenciais, principalmente no job a job”, afirma a presidente-executiva da Ampro, Heloisa Santana.

Outros resultados da pesquisa, que evidenciam a ausência dos princípios ESG na contratação de agências de Live Marketing, foi que menos de 15% (14,1%) informaram que as concorrências acontecem para o estabelecimento de contratos longos; 76,5% informaram que o formato mais utilizado pelos anunciantes é o job a job. Com relação ao número de concorrências que as agências participam por mês, 92% informaram que atendem até 10 concorrências mensais, para entregas num prazo médio de 10 dias. 63,1% também confirmaram que as concorrências acontecem com mais de 4 e até mais de 8 agências simultaneamente, sem remuneração. Apenas 36,9% apontaram concorrências com até 3 agências, conforme recomendação Ampro/Aba – Associação Brasileira dos Anunciantes.

“Concorrências no Live Marketing são processos custosos para as agências; colocar muitas agências não gera efetividade na escolha da melhor proposta. A Ampro oferece guias e referenciais de melhores práticas totalmente à disposição. São documentos que auxiliam na elaboração de briefings para Live Marketing, processos concorrenciais, entre outros”, enfatiza Heloísa Santana.

Ainda sobre concorrências, o levantamento abordou outro ponto tocado pela campanha da Ampro, os feedbacks: apenas 14,3% dos participantes informaram que recebem feedbacks após a participação de uma concorrência, destes, 97% sem retornos transparentes.

Com relação aos prazos de pagamento mais usados pelos anunciantes, que também foram abordados pela campanha “Estamos ESGotados”, apenas 32,6% dos participantes informaram prazos praticados de 30 dias, que estão dentro da recomendação de melhores práticas da Ampro; 67,4% apontaram prazos de até 120 dias para receber.

Sobre a retomada do setor pós-pandemia, mais de 80% comentaram que o primeiro trimestre de 2022 foi melhor que os dois anos anteriores. As entregas ficaram concentradas em Eventos,  Ativações e Promoções.

“Nosso mercado passou por tempos difíceis, massacrantes nos últimos anos. Dados como concorrência baseada em escolha de preço e falta de feedbacks demonstram que ainda existe um desequilíbrio nas relações agência x anunciante. Nossa campanha Estamos ESGotados é uma forma de explicitar o que acontece na prática. Estamos prontos para abrir diálogo principalmente com anunciantes, até que consigamos construir um mercado mais saudável, justo e humano”, conclui Heloisa Santana.

O levantamento teve abrangência nacional, no período de 20 a 31 de maio de 2022, com a participação de 605 profissionais de agências e empresas fornecedoras associadas e não associadas Ampro.

Continue lendo

Universo Live

Ministério do Turismo prevê movimentação de cerca de R$ 2 bilhões de reais dos principais destinos juninos do Brasil, principalmente o Nordeste

Publicado

em

Depois de 2 anos, as pessoas voltaram a se programar para as festas juninas em 2022. De acordo com o Ministério do Turismo, o mês comemorativo deve movimentar a economia dos principais destinos juninos do Brasil em cerca de R$ 2 bilhões, segundo levantamento realizado pelo Ministério do Turismo junto às gestões municipais e estaduais. Na Bahia, a volta da tradicional festividade de Vitória da Conquista movimenta a economia local e de mais 80 municípios, no sudoeste da Bahia e Norte de Minas Gerais, que se beneficiam de seu comércio, criando o desejo de fazer com que a cidade entre para o hall das melhores festas juninas do país, juntando-se a Campina Grande – PB e Caruaru – PE. E as escolas fazem parte também desse sucesso festivo com o retorno das tradicionais festas, como acontece com o CEBRAC (Centro Brasileiro de Cursos).

“Entendemos o quanto as festividades são importantes para o comércio local e também para a integração e envolvimento de uma comunidade. Agora com a fase do pós-pandemia, nossas unidades de franquia podem voltar com os eventos presenciais, sendo um momento que movimenta a escola e mantém a integração de todos”, explica Rogério Silva, CEO do Cebrac.

De acordo com dados do Sindicato dos Comerciários de Vitória da Conquista, o São João deste ano deve gerar entre 600 e 700 vagas de trabalho, sendo que 60% a 70% desses empregos temporários são efetivados. O momento festivo, além de aumentar as vendas do comércio, serve como uma ótima oportunidade para quem quer trabalhar.

“Tivemos, aqui na unidade do Cebrac de Vitória da Conquista, um aumento de visitas e, por consequência, um período de matrículas devido a movimentação. O impacto que os festejos juninos possuem no comércio local é bastante significativo, uma vez que há um aumento considerável de consumo nos setores de roupas, sapatos, comidas, serviços de beleza, entre outros. É importante também considerar o grande poder de empregabilidade do período, possibilitando renda para muitas famílias”, explica Carol Rocha, franqueada do CEBRAC na cidade.

Continue lendo

Universo Live

Zé Delivery surpreende dupla que perdeu ônibus no feriado com viagem de helicóptero para curtir o São João em Campina Grande

Publicado

em

Durante qualquer feriado, é muito comum que as pessoas se organizem para enfrentar horas na fila do aeroporto, trânsito nas estradas ou até mesmo atrasos. E quando o assunto é São João, não é diferente: se deslocar entre cidades para aproveitar quermesses e celebrações acaba sendo rotina em muitas regiões do País. Pensando nisso, neste ano, o Zé Delivery,  serviço de entrega de bebidas, garantiu as bebidas geladas, entrega rápida e no precinho no Nordeste, e também foi muito além do delivery: surpreendeu com uma viagem de helicóptero uma dupla que perdeu o ônibus durante o feriado e a salvou do perrengue.

Idealizada pela agência California, a ação aconteceu no Terminal Rodoviário de João Pessoa. De plantão para analisar o movimento no local, estava o humorista Renan da Resenha, que foi elencado pela marca para surpreender alguém que estivesse passando por algum perrengue ou simplesmente perdido a oportunidade de seguir viagem. Foi quando ele viu duas pessoas que chegaram atrasadas na estação e perderam o ônibus para Campina Grande, e as abordou com a proposta de contar com o Zé Delivery para aproveitar o feriado e chegar rapidinho ao seu destino final.

Após toparem a viagem inesperada, a dupla acompanhou o humorista até o local onde estava estacionado o “Zélicóptero” todo envelopado com as características cores amarela e preta do Zé. O destino também era Campina Grande, mais precisamente a festa São João Premium, e a viagem contou com a expectativa de finalmente curtir a cidade, ver as bandeirolas e escutar um forró, além de uma experiência exclusiva de observar do alto todo o trajeto entre as duas cidades.

A ação, registrada pelo Zé e repercutida em suas redes sociais e por influenciadores digitais, terminou com a chegada do grupo na Vila Forró, onde todos foram recepcionados pelo cantor e compositor Juzé – parceiro e um dos “Zés” da marca -, que os convidou para curtir o momento com muita comida típica, bebidas geladas e shows de diferentes artistas.

“O Zé Delivery quer celebrar no Nordeste o que o São João tem de melhor: tradição e conexão entre públicos de diferentes origens e gostos, além de unir a capital e o interior em uma só festa. Isso porque sabemos que esse momento não se trata apenas de uma data, mas é parte de uma cultura que extrapola o mês de junho. Essa ação tem o objetivo de mostrar que o consumidor pode contar com o Zé em qualquer lugar e a qualquer momento, e sempre garantir a bebida gelada, rápida e no precinho”, comenta Thaís Azevedo, CMO do Zé Delivery.

 

Continue lendo