Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Visa apresenta a seleção de atletas para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tóquio 2020

Publicado

em

Visa apresenta a seleção de atletas para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tóquio 2020
Faltando menos de 30 dias para a Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, a Visa (NYSE:V), parceira oficial de tecnologia de pagamento dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, apresenta a lista completa de atletas do programa Team Visa Tóquio enquanto se prepara para apoiar e celebrar o maior grupo de atletas olímpicos e paralímpicos de todos os tempos. Desde o lançamento do programa Team Visa, em 2020, a Visa já apoiou mais de 500 aspirantes e atletas olímpicos e paralímpicos como parte de nossos esforços para ajudar atletas a terem sucesso dentro e fora das competições.

Programa Team Visa para Tóquio 2020 – Em números:
• 102 atletas, incluindo dois funcionários da Visa que participam do Visa Olympians and Paralympians in Business Development Program (OPBDP)
• 56 mulheres, 46 homens, reforçando o compromisso da Visa com a igualdade de gênero nos esportes, nos negócios e em tudo
• 54 mercados, incluindo 19 atletas estreantes no Team Visa (Argentina, Bulgária, Costa Rica, Índia, Tailândia e outros)
• 28 modalidades esportivas, incluindo novos esportes: BMX freestyle, skate, escalada esportiva e surfe

A lista de atletas do Team Visa América Latina e Caribe inclui:
• Delfina Merino (Argentina, hóquei sobre a grama)
• Paula Pareto (Argentina, Judô)
• Gustavo Fernandez (Argentina, tênis em cadeira de rodas)
• Alison Cerutti (Brasil, vôlei de praia)
• Gabriel Medina (Brasil, surfe)
• Daniel Dias (Brasil, natação paralímpica)
• Mariana Pajon (Colômbia, ciclismo BMX)
• Kenneth Tencio (Costa Rica, BMX freestyle)
• Luguelin Santos (República Dominicana, atletismo – pista e campo)
• Daniel Alvarez (Equador, atletismo – marcha atlética)
• Erick Barrondo (Guatemala, atletismo – marcha atlética)
• Shelly-Ann Fraser-Pryce (Jamaica, atletismo – pista e campo)
• Omar McLeod (Jamaica, atletismo – corrida/obstáculos)
• Maria Espinoza (México, taekwondo)
• Alonso Edward (Panamá, atletismo – pista e campo)
• Stefano Pescheira (Peru, vela)
• Adriana Diaz (Porto Rico, tênis de mesa)
• Mikel Thomas (Trinidad e Tobago, atletismo)

“A resiliência e a dedicação demonstradas no último ano pelos atletas do Team Visa que buscam uma vaga olímpica ou paralímpica são inspiradoras e vê-los transformar incerteza em determinação é uma lição que serve para todos”, afirma Luciana Resende, vice-presidente sênior de Marketing para a Visa América Latina e Caribe. “Estamos honrados em apoiar o Team Visa – e todos os atletas que competirão em Tóquio – em uma jornada que foi mais longa do que eles esperavam, mas que sem dúvida nos lembrará da força e do caráter excepcional que é preciso para chegar lá.”

Entendendo a postura olímpica e paralímpica
A resiliência e o espírito inquebrantável dos atletas olímpicos e paralímpicos ficam visíveis nas experiências dos veteranos e dos atletas que chegaram no último ano e nas mensagens de otimismo e positividade que eles espalharam enquanto treinavam para competir no palco mundial em Tóquio:

• Kenneth Tencio (BMX Freestyle, Costa Rica): enquanto os treinos estavam suspensos, Kenneth participou da campanha da Visa na mídia social “This Isn’t Easy”, promovendo medidas de segurança e o distanciamento social.
• Shelly-Ann Fraser-Pryce (atletismo, Jamaica): fez doações a atletas estudantes por meio da instituição Pocket Rocket Foundation, enquanto a Jamaica e o mundo continuam lutando contra a pandemia do coronavírus.
• Paula Pareto (judô, Argentina): trabalhou em tempo integral como médica em um hospital de Buenos Aires, sem deixar de treinar. Além disso, inspirou muitas pessoas a continuarem ativas em casa, compartilhando exercícios diários em seu perfil no Instagram.
• Simone Biles (ginástica, EUA): inspirou o público global ao se tornar a primeira mulher a fazer um salto duplo de lúcio de Yurchenko em uma competição e, mais recentemente, conquistou seu sétimo título nacional nos EUA, recorde que representa um título para cada campeonato nacional sênior que disputou desde 2013. Fora dos ginásios, Simone também ajudou a arrecadar fundos de auxílio contra a COVID-19.
• Sky Brown (skate, Grã-Bretanha): com 12 anos, a mais jovem atleta olímpica do Team Visa é uma fonte inigualável de otimismo e força nas redes sociais. Ela também emprestou sua personalidade vibrante para a campanha “This Isn’t Easy ” da Visa, inspirando jovens do mundo todo a se manterem em segurança durante a pandemia.
• Oksana Masters (ciclismo paralímpico, EUA): incentivou seus seguidores a se cuidarem durante o período de isolamento, mostrando como estava ocupando seu tempo na quarentena e formas de praticar atividades físicas em casa para se manter saudável.

“Com o adiamento dos Jogos, tive um tempo a mais para me preparar e sinto que estou em melhor forma agora. É importante ser flexível com as mudanças, pois nunca sabemos o que vai acontecer. Durante esse tempo, o que me inspirou foi mostrar que os atletas são os novos guerreiros da sociedade e que, não importa o que aconteça à nossa volta, não perdemos nossa meta de vista. Sempre haverá pedras no caminho e é importante sermos positivos ao movê-las”, comenta o atleta Keneth Tencio.

“Foi difícil ficar em casa, mas levamos o distanciamento social muito a sério e aproveitamos ao máximo esse tempo, dedicando tempo à família, dando força uns aos outros, tocando violão – sempre com um sorriso no rosto. Também falei com meus seguidores e fãs nas redes sociais sobre ter uma atitude positiva, mesmo que parte de nossa vida estivesse de cabeça para baixo ou, no meu caso, que fosse preciso postergar meus sonhos olímpicos”, conta o skatista Sky Brown.

Bastante impactado pela pandemia, um dos atletas brasileiros do Team Visa, Daniel Dias, aproveitou para compartilhar seu desafio para se preparar para os Jogos deste ano. “A pandemia me atingiu completamente. Um nadador precisa de uma piscina para seu treinamento e eu literalmente me senti como um peixe fora d’água. Mas concentrei-me na minha preparação física com exercícios adaptados em casa até poder voltar para a piscina”.

Empoderando atletas além dos espaços de competição
A Visa entende a importância de apoiar atletas que estão no ápice de sua carreira atlética e conhece os desafios que eles costumam enfrentar ao fazerem a transição para a próxima fase na vida. Complementando os 35 anos de parceria da Visa com os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, o Olympians and Paralympians in Business Development Program oferece um programa de desenvolvimento de negócios de dois anos a atletas olímpicos e paralímpicos, durante os quais eles fazem um rodízio por várias áreas da Visa e exploram uma carreira profissional fora do esporte.

Faltando poucas semanas para uma edição sem precedentes dos Jogos, a Visa também está fazendo história e se prepara para torcer por dois participantes do OPBDP que integrarão o Team Visa de Tóquio 2020: Mikel Thomas (Trinidad e Tobago, atletismo) e Ryan Neiswender (EUA, basquete em cadeira de rodas).
Continue lendo

Empresa

GMD assina campanha para a Roku

Publicado

em

A GMD acaba de assinar mais uma campanha de marketing  da Roku, plataforma de streaming para TV líder nos Estados Unidos em horas de consumo, segundo a Hypothesis Group. A nova campanha conta com mais de 40 peças publicitárias.

Com o objetivo de ampliar o awareness da Roku no país e estimular as vendas de produtos nos meses de maio e junho, a campanha criada pela GMD complementa outras iniciativas da empresa. Para isso, foram criados dezenas de vídeos em diferentes formatos e tamanhos, direcionados aos fãs de streaming que têm por hábito consumir conteúdos como filmes, séries, jogos de futebol, música, entre outros. 

Para desenvolver a campanha, a GMD contou com um time de 13 profissionais e levou cerca de um mês entre planejamento e produção. Lucas Patrício, CEO da GMD, acredita que os excelentes resultados conquistados no ano passado, quando fizeram o primeiro trabalho para a Roku, foram determinantes para a realização da nova campanha.

“A GMD tem bastante sinergia com os mercados do entretenimento e tecnologia, não só pelo histórico da agência no segmento, mas porque todos aqui são consumidores. Entendemos rapidamente a mensagem que a Roku queria transmitir e os resultados do ano passado foram bastante positivos. Esperamos repetir o sucesso de alcance, engajamento e conversão nessa nova campanha”, comenta.

Ficha técnica:

Gerente de Projetos: Barbara Toscano

Analista de Projetos: Thais Queiroz

Especialista de mídia: Gilmar Pereira

Diretor e roteirista: Vina Aguiar

Editor: Rafael Balão

Diretores de arte: Bruno Ribeiro e Lucas Coimbra

Analista de Conteúdo: Diogo Carvalho

Continue lendo

Empresa

Waze convida usuários a corrigirem a pronúncia de vias públicas

Publicado

em

Waze, a plataforma que conecta comunidades dentro e fora das estradas, lança uma nova campanha comunitária para melhorar e atualizar a pronúncia de ruas, avenidas e rotas em português. A ativação faz parte do trabalho de desenvolvimento da operação de conversão de texto em voz dos engenheiros da empresa, que visa tornar uma das suas vozes padrão – a Alessandra, que reproduz o nome das ruas e avenidas – mais fluente e compreensível para os usuários do aplicativo.

A partir do dia 15 de maio e até dia 31/05, os usuários do Waze poderão ajudar a aprimorar a experiência de navegação para si e para outras pessoas ao relatar a pronúncia incorreta de nomes de ruas e rotas em todo o país. Por meio desse formulário, o feedback será enviado aos engenheiros e desenvolvedores da empresa e ajudará a atualizar e melhorar a experiência de navegação para milhões de motoristas do Brasil. A iniciativa já foi realizada em Israel, país onde o aplicativo nasceu e o resultado foi bastante satisfatório, em duas semanas de campanha foram feitos 200% mais ajustes do que em um ano. Os usuários agora têm uma pronúncia em hebraico muito mais clara e fluída.

O Waze adiciona recursos úteis regularmente, atualizar o desenvolvimento de texto para fala é outra melhoria projetada para aperfeiçoar a experiência do uso em português do Brasil.

Continue lendo