Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Infodemia e a construção de marcas: em um momento que existe tanta informação, como destacar a sua marca?

Publicado

em

Redes sociais, canais da internet, aplicativo de mensagens e jornais on-line, as origens são incontáveis; as fontes, nem sempre confiáveis e os pop-ups, obrigatoriamente alarmantes. A infodemia é uma realidade no nosso cotidiano. O termo é um neologismo para uma superabundância de informações que dificultam as pessoas a encontrarem orientação e fontes confiáveis quando precisam.

Somos incessantemente bombardeados com informação, do momento que acordamos até a hora que vamos dormir, mas nosso cérebro precisa de tempo para absorver tantos dados, para realizar conexões e firmar o conhecimento, tempo esse que não damos a ele. O resultado: confundimos a relevância das informações e prejudicamos a nossa capacidade de tomar decisões.

Na era do excesso de informação, credibilidade e relevância são recursos escassos. Muitas marcas têm se mostrado perdidas nesse cenário inédito, onde o excesso de informação tem levado à falta de credibilidade e prejudicado a tomada de decisão por parte do consumidor. Mas o que podemos fazer para que a balança comece a pender para a nossa marca? Não há uma receita a ser seguida, mas algumas ações que devem ser avaliadas no dia a dia do nosso trabalho.

A pandemia, inclusive, expôs toda a vulnerabilidade da sociedade, não apenas das pessoas, mas também de negócios, empresas e marcas. Naturalmente, em meio a uma crise com consequências financeiras para grande parte da população, surgem novas formas de consumir, novos produtos para testar e assim, com o alongamento indefinido da situação, novos hábitos são criados e, certamente, serão levados para o pós-pandemia. Estes novos hábitos devem ser observados pela indústria, inclusive a indústria da criação.

Nesse momento de instabilidade, ações de impacto social são muito bem vistas, as marcas precisam ir além de gerar valor para si próprias e seus clientes. É preciso pensar em toda comunidade, na prática e não só no discurso.

Uma marca empática, que demonstre em suas ações que entende o momento difícil do seu consumidor, é o início de conversa de um longo relacionamento de confiança.

O momento também é propício para repensar e expor o propósito da marca, ir além de simplesmente vender produtos. Pode-se gerar bem-estar, segurança e conforto. O propósito de uma marca precisa se aprofundar, pois as pessoas esperam mais do que consumir produtos, buscam por boas experiências.

Em outro nível, falando diretamente da questão de exposição da marca, é importante se associar às ideias que se alinham aos propósitos da empresa. Opte por fontes seguras, exponha sua marca em canais que a população confia. Mantenha a positividade nas mensagens divulgadas pela marca e humanize sua comunicação contando histórias reais. Estimule uma sociedade colaborativa e

sustentável, pois no mundo pós-pandemia novos tipos de consumo surgirão e o posicionamento social das marcas ganhará ainda mais relevância.

Conhecer melhor seu cliente e antecipar suas demandas mudam a forma de interagir com eles, adotando algumas tecnologias para aprimorar este relacionamento e uma grande possibilidade de a marca ser protagonista na vida das pessoas, fazendo parte de sua história.

A infodemia que estamos vivendo não será suprimida de forma eficiente e rápida, suas consequências para a saúde emocional das pessoas ainda não foram totalmente descobertas, mas é possível sim, em meio a esse mar de informação, manter um posicionamento coerente, tomar atitudes empáticas, assumir posturas que contribuam para a comunidade como um todo, e, assim, mais até do que fortalecer sua marca, ela pode se tornar referência quando o assunto for credibilidade. O retorno para a marca pode não ser totalmente mensurável por números, mas vem também na forma de confiança e estima social das pessoas, e estará presente mesmo após vencermos a pandemia.

Fernando Luiz Cezário, diretor de Atendimento e Novos Negócios da agência Quattromani Propaganda

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Android: Cavalo de Troia brasileiro afeta usuários nos EUA e Espanha

Publicado

em

McAfee, empresa de segurança cibernética, foi a responsável pela descoberta de uma onda de Cavalos de Tróia brasileiros que estão afetando dispositivos com sistema Android. Os malwares em questão, surgiram em 2018 e são chamados de ‘BRATAs‘, ou Brazilian Remote Access Tool Android (Ferramente brasileira de acesso remoto ao Android).

O vírus se apresentam como aplicativos de segurança e alertam ao usuário de que ele precisa atualizar algum software do aparelho, como o Google Chrome ou Whatsapp. Mas, quando são baixados, eles passam a fornecer acesso a todos os dados do celular aos criminosos e até permitem que eles o controlem de maneira remota.

De acordo com a empresa de cibersegurança, esses malwares podem acessar dados financeiros, usados para roubar dinheiro ou identidades, senhas e conseguem até gravar a tela do aparelho. A McAfee ainda confirmou que encontrou ao menos cinco aplicativos do tipo na principal loja de aplicativos do Android, a Play Store.

Android de outros países são afetados

Os aplicativos maliciosos, ainda que tenham surgido no Brasil e estivessem disponíveis apenas em português, agora já se difundiram para outras partes do mundo e tem novos idiomas, como inglês e português.

Na Grã Bretanha, onde quase metade dos aparelhos usados tem sistema Android, os usuários foram alertados sobre a existência e os riscos do Malware. Apesar de a McAfee não ter confirmado se o vírus está circulando pelo Reino Unido, a população britânica, que recentemente sofreu com um roubo de milhões de libras, ficou em alerta.

Como evitar:

  • Verificar a reputação dos aplicativos antes de instalá-los, mesmo que eles estejam na Play Store
  • Não aceitar atualizações feitas por fora da loja oficial de aplicativos do Google
  • Não aceitar sugestões de acessibilidade dos aplicativos, porque pode se tratar de um malware que dá controle total ao dispositivo

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo

Empresa

Globoplay e Deezer lançam parceria inédita no Brasil

Publicado

em

O Globoplay e a Deezer, fecharam uma parceria inédita no Brasil, e a partir desta quinta, 15, os dois serviços podem ser contratados em conjunto. Com o acordo, assinantes de todos os planos do Globoplay, poderão assinar Deezer Premium e usufruir de 12 meses de degustação gratuita.

A experiência mais integrada entre os dois serviços deve apresentar diversas novidades nos próximos meses. Por exemplo, a as páginas de conteúdos do Globoplay irão oferecer links para acessar a trilha sonora de novelas e séries na Deezer, assim como terão áreas exclusivas no streaming de áudio destinadas aos conteúdos Globo.

“No Globoplay, sempre admiramos a Deezer pelo espírito inovador, pela capacidade de organizar comunidades em torno da música e pela execução primorosa de um produto streaming moderno e fácil de usar. É uma honra tê-la agora no nosso selecionado clube de parceiros, oferecendo ainda o incrível benefício de 12 meses de degustação gratuita aos nossos assinantes”, comemora Erick Brêtas, diretor de Produtos e Serviços Digitais da Globo.

Para Marcos Swarowsky, diretor geral da Deezer no Brasil, a parceria vem em um momento estratégico de expansão de mercado. “Ao nos associarmos a uma marca que está tão presente no cotidiano dos brasileiros como a Globo, conseguimos multiplicar a nossa voz para que milhões de pessoas conheçam as vantagens do streaming de áudio, e com isso ajudar a capitanear o crescimento da indústria como um todo.”

“E nada melhor do que unir música e audiovisual para entregar uma experiência completa de entretenimento para os usuários. Com a parceria com o Globoplay, passamos a oferecer o melhor dos dois mundos”, finaliza Marcos.

Parceria também em produções exclusivas

O acordo ainda prevê a produção de podcasts e outros conteúdos originais co-exclusivos entre as plataformas Globo e Deezer. Além disso, a parceria traz para a Deezer oportunidades comerciais especiais na Globo. Como por exemplo, a participação já confirmada da plataforma de áudio global como parceira estratégica do The Voice Brasil 2021.

“É uma alegria ter a Deezer no The Voice Brasil 2021. Um reality show musical e uma plataforma de streaming de áudio são um match perfeito entre conteúdo e marca. Que esta seja a primeira de muitas ações”, pontua Manzar Feres, diretora de Negócios Integrados da Globo.

Como assinar

Para adquirir a Deezer Premium em condições promocionais, é preciso acessar o site exclusivo da parceria e seguir as instruções.

Assinantes do Globoplay poderão contratar o streaming de áudio com 12 meses de degustação gratuita, seguidos por um valor reduzido de mensalidade de R$ 14,90. Para ter direito ao benefício, o usuário precisará manter a assinatura do Globoplay por todo o período. Em caso de cancelamento do Globoplay, o usuário poderá manter a assinatura da Deezer, porém a mensalidade será reajustada automaticamente para o valor atual de mercado, hoje de R$ 16,90. Tanto novos, quanto atuais assinantes do Globoplay são elegíveis à promoção. Contudo, atuais assinantes da Deezer não são elegíveis.

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo