Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

Epson, Class e MCI fazem parceria para novas soluções em eventos digitais

Publicado

em

A Epson, líder mundial em tecnologias de projeção, uniu-se à Class TechExperience e à MCI, agência global de Engajamento e Marketing, para criar soluções de streaming usando técnicas combinadas com vídeo mapping. A parceria forneceu ao MCI Studio, em São Paulo, o que há de mais novo em projetores e lentes para projeção de ambientes. Só nestes equipamentos, os investimentos ultrapassam R$ 300 mil.

“Pouco ainda foi explorado sobre vídeo mapping e os eventos digitais. Nos eventos ao vivo, a técnica é consagrada e agrada plateias do mundo inteiro pela beleza e arte do conteúdo mapeado. Mas e no digital? Questões como luminosidade, streaming de superfícies mapeadas e retroprojeções ainda precisam ser mais exploradas e desafiadas e as descobertas prometem”, afirma o Business Innovation Director da MCI, Ney Neto.

Segundo Rodrigo Machado, Gerente de Negócios da Epson, as projeções permitem criar dinâmicas imersivas e criativas em tempos em que as lives estão se tornando cada vez mais populares e tornam-se aliadas às outras tecnologias utilizadas nesses ambientes como chroma-key. “O vídeo mapping é especialmente interessante para a criação de uma atmosfera diferenciada em estúdios de lives, por exemplo, possibilitando a interação com o conteúdo visual, sempre utilizando o espaço a seu favor de forma integrada. Para o espectador, os efeitos visuais são chamativos e criam engajamento”, explica.

“Os eventos digitais ainda estão sendo descobertos pelas empresas e pelo público e ainda há muito o que explorar. Na vanguarda dessa nova linguagem, estamos investindo na pesquisa e desenvolvimento do que vem pela frente quanto à experiência híbrida dos eventos. Combinamos diversas técnicas para criar experiências digitais imersivas para os clientes MCI e um dos protótipos que temos feito, em parceria com a Epson, é de integrar projeção mapeada ao streaming, conseguindo efeitos impressionantes para quem está assistindo o evento em casa”, complementa o Managing Director da MCI Brasil, Igor Tobias.

Muito além do streaming

O MCI Studio é uma das novidades da MCI no Brasil e nasce com a proposta de inovar as técnicas de transmissão de eventos digitais, proporcionando mais interatividade entre os participantes, além de eventos mais bonitos. A tecnologia empregada no espaço dá às marcas a possibilidade de combinarem cenografia, com técnicas de chroma-key, realidade expandida, realidade mista, animação 3D, inserindo efeitos especiais digitais para trazer uma linguagem mais cinematográfica para as transmissões.

Segundo Tobias, a modelagem 3D e o mix de realidades com técnicas digitais são tendência no Brasil. “Temos buscado referência nos estúdios de cinema, já bastante avançados nessas tecnologias. A Warner Bros realizou o evento DC Fandome, assinado pelo criativo Jim Lee, utilizando a técnica combinada entre realidade e animação 3D, criando uma experiência virtual diferenciada. O modelo foi seguido pela ComicCon, que combinou realidades físicas e digitais misturando o painel de LED ao chroma key. Alguns eventos estão agora experimentando esse mix de realidades adaptado ao formato híbrido. Através do uso da realidade expandida, por exemplo, os limites do espaço físico estão sendo cruzados. Eventos como o Worlds, a final do campeonato mundial de League of Legends, já utilizaram este recurso proporcionando uma incrível experiência para quem está em casa”, lembra.

No Brasil, ainda é necessário ter muito hardware para fazer eventos como o Worlds. “Mas aí é que entra a beleza da inovação. O entretenimento saiu na frente do mercado corporativo, as lives do ALOK e do Criolo têm sido consideradas as principais experiências de transmissão com realidade expandida. Já é possível criar experiências digitais com realidade expandida dispensando hardwares caríssimos”, enfatiza.

O departamento de inovação da MCI desenvolveu, por exemplo, o Cyber Meeting, uma tecnologia em parceria com a Class que permite aplicar palcos virtuais 3D para as transmissões de chroma-key, usando real time rendering, que oferece efeitos de câmera, animação digital 3, realidade expandida, trazendo mais dinamismo ao evento. A nova tecnologia permite ainda galerias simultâneas interativas, teletransporte do speaker (palestrantes em formato holográfico) e integração com qualquer plataforma de transmissão, inclusive com os grandes serviços de web-conference.

“O Cyber Meeting é uma tecnologia própria para o gerenciamento dos eventos digitais, que permite a MCI entregar diversas experiências aos eventos digitais de seus clientes como galerias virtuais, interatividade, conteúdos holográficos, inserções holográficas de palestrantes, e o efeito principal: a realidade estendida que permite cenários infinitos e eventos mais imersivos. Além disso, o Cyber resolve o problema da falta de qualidade na leitura de slides da maioria das transmissões tradicionais. ” diz Ney Neto, que esteve à frente da pesquisa e desenvolvimento do produto, ao lado dos engenheiros da Class TechExperience.

Continue lendo

Digital

Rocky.Monks é o mais novo parceiro da JustForYou

Publicado

em

A agência digital full service Rocky.Monks, em mais uma movimentação de mercado, fecha uma nova parceria com a JustForYou, maior marca de personalização de produtos de hair care da América Latina. Com início neste ano, a parceria visa aumentar os resultados em mídias pagas, expandindo a marca  e ajudando na divulgação das novidades da empresa.

“Nosso time de Mídias Pagas já está a todo vapor. Para nós, é de suma importância parcerias com grandes empresas como é o caso da JustForYou, e tenho certeza de que, com um bom trabalho do nosso time, vamos atingir ótimos resultados para que essa parceria dure por muitos anos”, explica Daniela Gebara, sócia fundadora e diretora comercial da Rocky.Monks.

A JustForYou é mais um grande cliente como Telhanorte e Loungerie, que também compõem a carteira de mais de 80 clientes da Rocky.Monks. Além disso, em 2021, a agência foi reconhecida como uma das melhores agências de comunicação para se trabalhar pelo GPTW.

Continue lendo

Digital

Monetização de dados é componente importante da Transformação Digital que movimentará US$ 2,3 trilhões até 2032

Publicado

em

O conceito Data Driven e a consequente monetização desses dados cresce exponencialmente e cada vez mais deve fazer parte dos negócios em todos os níveis. O mercado de transformação digital vai movimentar US$ 2,3 trilhões até 2032, com crescimento médio de 14,2% ao ano, de acordo com o relatório Market Research Report da Fact.MR. Apenas este ano, a expectativa é de que o segmento atinja US$ 621 bilhões. A consultoria Forrester avalia que as empresas que são Data Driven estão crescendo 30% ao ano.

O consultor Caio Cunha, presidente da WSI Master Brasil e membro do Global WSI Internet Consultancy Advisory Board, afirma que o novo modelo significa sobrevivência no mercado. “Ser Data Driven hoje é um diferencial competitivo. Muitos dos concorrentes já adotam e os que não adotarem vão sair do mercado. Cada vez mais os clientes querem ações mais inteligentes”, sentencia o consultor.

Cunha explica que a empresa que é Data Driven usa uma base de dados estruturada, com informações concretas para a tomada de decisões, apoiada em ferramentas de Business Inteligence, inteligência de negócios na tradução. O sistema usa grande quantidade de dados de maneira rápida, segura e eficiente.

“Monetizar esses dados passou a ser interessante. Essas tecnologias podem ser usadas para reduzir custos com automação de tarefas, aumentar receitas identificando e servindo melhor os clientes, atrair mais clientes com engajamento reduzindo esforços, ser mais pessoal e melhorar qualidade dos serviços sem aumentar a equipe”, afirma o consultor.

Continue lendo