Conecte-se com a LIVE MARKETING

Gente

Cheil investe em quatro novos diretores de criação

Publicado

em

Cheil investe em quatro novos diretores de criação

A Cheil Brasil anuncia novidades em sua estrutura da área de criação com a contratação dos profissionais Eto Bastos e Alexandre Nascimento e a promoção de Alair Erlon e Márcio Bittencourt. Os quatro criativos são os novos diretores de criação da agência e respondem diretamente ao Chief Creative Officer da Cheil Brasil & Latam, Marcello Droopy.

Vindo da MRM, o curitibano Eto Bastos é Diretor de Arte por formação e tem 15 anos de experiência dedicados à CRM. Antes de chegar à Cheil Brasil como Diretor de Criação, o profissional passou por agências como Sunset, onde deu início a sua carreira em São Paulo, e RAPP, onde permaneceu por seis anos. Ao longo de sua trajetória profissional, Eto trabalhou com marcas como BMW Group, Vivo, Mastercard, Samsung, entre outras.

Já Alexandre Nascimento, ex-Agência We, também é Diretor de Arte por formação e soma, hoje, quase duas décadas de experiência em criação. Sua trajetória profissional inclui, ainda, atuações anteriores em agências como Africa, Ampfy, WMcCann e Publicis Brasil. Ao longo de sua carreira atendeu diversos clientes, entre eles SKY, Mastercard, Coca-Cola, Bradesco, Marisa, Lenovo, BB Seguros, Mizuno e Brahma.

Alair Erlon soma 12 anos de experiência no mercado de publicidade e propaganda como redator. Em sua carreira acumula passagens por agências, como Leo Burnett Tailor Made, Lew’Lara\TBWA e Agência We, onde criou trabalhos para grandes marcas, entre elas Fiat-Chrysler, Nissan, Gatorade, OLX, Duracell, Pernod Ricard, e Raízen. Na Cheil Brasil desde 2015, o profissional foi convidado em 2019 pela Cheil Worldwide para um programa de intercâmbio de quatro meses na sede, localizada na Coreia do Sul/Seul, onde desenvolveu campanhas para Samsung Global e Chevrolet.

Márcio Bittencourt  atua como redator na Cheil desde 2017. Em 14 anos de experiência, o profissional também passou por outras agências, como Euro RSCG (atual Havas), Artplan e Grey e sua trajetória inclui trabalhos realizados para os clientes Reckitt Benckiser, Gilette, Volvo, SulAmérica, Elo, Caixa, Samsung, Puma, Epic Games, entre outras. O criativo também já foi premiado em alguns dos principais festivais internacionais, como Cannes Lions, Clio Awards, London International Awards, NY Festivals, Wave Festival e El Ojo de Iberoamérica.

“Unir a vivência de dois grandes talentos internos, que conhecem o fluxo e a sinergia dos trabalhos que realizamos, aos olhares dos profissionais que acabam de chegar, nos dá a estrutura para evoluir ainda mais o nível das entregas criativas para os nossos clientes”, explica Marcello Droopy, CCO da Cheil Brasil & Latam.

Continue lendo

Gente

V4 Company tem nova head de marketing

Publicado

em

A V4 Company,  rede de assessoria de marketing digital, anuncia a chegada de Thaís Brunelli como sua nova head de Marketing. Com formação em Administração e Contabilidade, Brunelli já passou por indústrias de eletroeletrônicos como a Monter, antes de fundar a agência de marketing NewIE.

Atuou por três anos como diretora de operações, atendendo grandes contas como ActionCoach, Wizard, Melissa, Labellamafia, entre outras totalizando mais de 5 milhões em investimento de mídia.

Desde 2018, a profissional é sócia-franqueada da V4 Company, em Itatiba, município do interior de São Paulo. Agora, passa a integrar a equipe na matriz da empresa, em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul.

“Minha principal missão como head de marketing da V4 Company é trazer o background desde a operação, até a experiência que tive como franqueada da V4. Esse trabalho envolve o foco em nosso growth, com novas estratégias de mercado e qualificação de demanda nos três principais produtos da empresa: assessoria, assessor e franquia”, declara Thaís.

A V4 Company atende atualmente cerca de 2,6 mil PMEs. A rede conta com mais de 1.600 pessoas em 200 escritórios espalhados pelo país.
Continue lendo

Gente

Disney elege mulher como presidente pela primeira vez

Publicado

em

Susan Arnold, que é membro do conselho da Disney há 14 anos, sucederá Bob Iger no final deste ano. Ela foi executiva da empresa de investimento global Carlyle.

Iger, que deixou o cargo de presidente-executivo da Disney em 2020 após 15 anos no cargo, deixará a empresa no final deste mês.

“Ao assumir esta nova função como presidente do conselho, espero continuar a servir aos interesses de longo prazo dos acionistas da Disney e trabalhar em estreita colaboração com o CEO Bob Chapek à medida que ele desenvolve o legado secular de excelência criativa da empresa e inovação “, disse Arnold em um comunicado.

Ela também ocupou cargos seniores em algumas das maiores empresas da América.

Nos últimos oito anos, a Sra. Arnold foi executiva do Carlyle Group, tendo, anteriormente, ocupado cargos na gigante de bens de consumo Procter and Gamble e na rede de fast food McDonald’s.

“Susan é uma executiva incrivelmente estimada, cuja riqueza de experiência, integridade inabalável e opinião especializada têm sido inestimáveis ​​para a empresa desde que ela ingressou no Conselho em 2007”, disse Iger.

Sua nomeação ocorre em um momento em que grandes empresas estão se afastando de estruturas de gestão em que as funções de presidente e executivo-chefe são desempenhadas pela mesma pessoa, após pressão de especialistas em governança corporativa, investidores e, em alguns casos, reguladores para separar os dois cargos principais.

A saída de Iger marca o fim de uma era para a Disney, que ocupa uma função sênior na empresa desde 1996.

Em seu tempo como executivo-chefe, a Disney fez várias aquisições importantes, incluindo as da Pixar, Marvel, Lucasfilm e 21st Century Fox. Em 2016, a empresa abriu seu primeiro parque temático e resort na China continental.

Vários outros executivos da Disney anunciaram planos de sair até o final deste ano, incluindo o chefe dos estúdios, Alan Horn, o presidente e diretor de criação da Disney Branded Television, Gary Marsh, e o conselheiro geral da empresa, Alan Braverman.

Texto traduzido do portal BBC News.

Continue lendo