Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

Agência Digi desenvolve para Coca-Cola Brasil plataforma digital de apoio a microempreendedores e ambulantes de alimentação

Publicado

em

O número de vendedores ambulantes e microempreendedores na área de alimentação deu um salto para driblar o desemprego ou buscar um aumento de renda durante a pandemia. Só no primeiro semestre de 2020, houve acréscimo de 10,2% ou 1 milhão de novos microempreendedores individuais (MEIs) no país, de acordo com dados do Portal do Empreendedor, do Governo Federal.

O Brasil ultrapassou a marca de 10 milhões de MEIs (microempreendedores) no ano passado e a categoria que mais cresceu durante a pandemia foi justamente a de fornecimento de alimentos, que avançou 10,4% entre março e junho, segundo levantamento feito pela ferramenta Easymei.

Para dar suporte e ajudar esses pequenos empreendedores e os ambulantes de alimentos e bebidas, a Coca-Cola Brasil apresenta o programa “Crescendo Juntos Microempreendedores”, a maior plataforma de relacionamento, parceria e fidelização do Brasil voltada para microempreendedores de alimentação. A agência Digi, uma das mais influentes agências de Incentivo e Relacionamento do mercado, é responsável, em conjunto com a Coca-Cola Brasil, pelo desenvolvimento e gestão operacional do programa.

A plataforma oferece benefícios exclusivos da companhia de bebidas e cursos de capacitação e profissionalização desenvolvidos pelas entidades-parceiras como Sebrae e Aliança Empreendedora. O objetivo é cadastrar os microempreendedores e ambulantes que vendem produtos do portfólio Coca-Cola Brasil nas ruas, barraquinhas, trailers, carrinhos, nas suas comunidades, entre outros, e oferecer o resgate de prêmios e treinamentos.

Para acessar o programa, o microempreendedor ou ambulante deve baixar o aplicativo (disponível gratuitamente na Apple Store ou Google Store para celulares com IOS ou Android), cadastrar a nota fiscal dos produtos Coca-Cola Brasil comprados nas lojas e canais participantes, juntar pontos e trocar por prêmios exclusivos da marca, como guarda-sóis, bonés, tênis, geladeirinhas de isopor, mesas e cadeiras etc.

Os participantes têm acesso digital aos conteúdos, dicas e treinamentos exclusivos para vender mais e desenvolver o negócio; às soluções para abrir uma loja online e aumentar as vendas de forma simples e rápida; e a microcrédito e parcerias para turbinar o negócio. O programa Crescendo Juntos já firmou parceria com o Atacadão, maior rede atacadista do país, com mais de 200 unidades em todo Brasil.

Os benefícios valem para compras de produtos de todo portfólio da Coca-Cola Brasil (refrigerantes Coca-Cola, Fanta, Sprite; água Crystal; sucos Del Valle; e chá Matte Leão), que geram pontos que podem ser resgatados no app.

Até o final de abril a expectativa é mobilizar até 110 mil microempreendedores e ambulantes nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia. A expectativa é que o programa seja expandido para até 15 estados do Brasil ainda este ano.

Para apoio nas ações de mobilização, diálogo e engajamento, a iniciativa estabeleceu parcerias com duas associações de microempreendedores: a ABAM (Associação Nacional de Baianas do Acarajé, de Salvador); e a Acor-SP (Associação de Comida e Bebida de Rua do Estado de São Paulo).

“O programa, que tem uma preocupação social relevante, trabalha em dois pilares: o de capacitação e profissionalização dos microempreendedores, ambulantes e vendedores autônomos por meio de parcerias com instituições, como Sebrae e Aliança Empreendedora; e suporte com infraestrutura e materiais para potencializar suas vendas, através de fidelização, com resgates de materiais funcionais da marca e oferta de benefícios e prêmios. O slogan do programa é ‘Dê um gás no seu negócio com a Coca-Cola”, explica Marina Morato, diretora de Business Strategy da Digi. O time da agência levou seis meses para desenvolver o programa para a multinacional de bebidas.

“Se hoje a Coca-Cola já atende e distribui para mais de 1 milhão de pontos de venda no Brasil, temos milhões de microempreendedores de alimentação com quem ainda não nos relacionamos diretamente. São pessoas batalhadoras que foram muito impactadas pelos efeitos da pandemia ou iniciaram pequenos negócios em função do desemprego e empreendem para garantir o sustento de suas famílias. O que queremos com esta iniciativa é nos aproximar, apoiar e contribuir da forma mais relevante e com os melhores parceiros e soluções possíveis. Queremos crescer juntos”, diz Rodrigo Brito, gerente de Sustentabilidade da Coca-Cola Brasil.

Mais informações no site: www.crescendojuntosme.com.br

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Digital

Rocky.Monks é o mais novo parceiro da JustForYou

Publicado

em

A agência digital full service Rocky.Monks, em mais uma movimentação de mercado, fecha uma nova parceria com a JustForYou, maior marca de personalização de produtos de hair care da América Latina. Com início neste ano, a parceria visa aumentar os resultados em mídias pagas, expandindo a marca  e ajudando na divulgação das novidades da empresa.

“Nosso time de Mídias Pagas já está a todo vapor. Para nós, é de suma importância parcerias com grandes empresas como é o caso da JustForYou, e tenho certeza de que, com um bom trabalho do nosso time, vamos atingir ótimos resultados para que essa parceria dure por muitos anos”, explica Daniela Gebara, sócia fundadora e diretora comercial da Rocky.Monks.

A JustForYou é mais um grande cliente como Telhanorte e Loungerie, que também compõem a carteira de mais de 80 clientes da Rocky.Monks. Além disso, em 2021, a agência foi reconhecida como uma das melhores agências de comunicação para se trabalhar pelo GPTW.

Continue lendo

Digital

Monetização de dados é componente importante da Transformação Digital que movimentará US$ 2,3 trilhões até 2032

Publicado

em

O conceito Data Driven e a consequente monetização desses dados cresce exponencialmente e cada vez mais deve fazer parte dos negócios em todos os níveis. O mercado de transformação digital vai movimentar US$ 2,3 trilhões até 2032, com crescimento médio de 14,2% ao ano, de acordo com o relatório Market Research Report da Fact.MR. Apenas este ano, a expectativa é de que o segmento atinja US$ 621 bilhões. A consultoria Forrester avalia que as empresas que são Data Driven estão crescendo 30% ao ano.

O consultor Caio Cunha, presidente da WSI Master Brasil e membro do Global WSI Internet Consultancy Advisory Board, afirma que o novo modelo significa sobrevivência no mercado. “Ser Data Driven hoje é um diferencial competitivo. Muitos dos concorrentes já adotam e os que não adotarem vão sair do mercado. Cada vez mais os clientes querem ações mais inteligentes”, sentencia o consultor.

Cunha explica que a empresa que é Data Driven usa uma base de dados estruturada, com informações concretas para a tomada de decisões, apoiada em ferramentas de Business Inteligence, inteligência de negócios na tradução. O sistema usa grande quantidade de dados de maneira rápida, segura e eficiente.

“Monetizar esses dados passou a ser interessante. Essas tecnologias podem ser usadas para reduzir custos com automação de tarefas, aumentar receitas identificando e servindo melhor os clientes, atrair mais clientes com engajamento reduzindo esforços, ser mais pessoal e melhorar qualidade dos serviços sem aumentar a equipe”, afirma o consultor.

Continue lendo