Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Reputação: o tripé de sucesso para construção sólida de um negócio

Publicado

em

Empresas podem se comunicar com seu público de diferentes formas e por diferentes meios, saber comunicar de maneira coerente em cada um deles é importante para estabelecer a reputação do negócio. Em recente pesquisa da AMO Strategic Advisors mostra que a reputação representa cerca de 43% do valuation de uma empresa, sendo que, em períodos de incertezas de mercado, ou crises políticas ou econômicas, esse valor pode chegar a até 52%.

De acordo com Silas Colombo, fundador e CCO da MOTIM, aceleradora de reputação e gestora de posicionamento, a estruturação dessa narrativa se dá por meio de uma comunicação coesa, assertiva e constante. “É importante que a companhia desenvolva, avance e solidifique o processo de comunicar a sua imagem”, diz. “Quando esse procedimento é interrompido ou ocorre de maneira falha, a organização regride em muitos passos no fortalecimento do seu relacionamento com o cliente”, completa.

Segundo o executivo, a preocupação em estabelecer essas narrativas deve fazer parte da base de qualquer empresa, justamente por levar tempo para serem implementadas e fixadas no público. “A demora em investir no tema prorroga a sua geração de valor, ciclo que se intensifica ainda mais com marcas grandes”, afirma. “Portanto, é sempre mais inteligente, no sentido de eficiência financeira e efetividade estratégica, que a empresa alinhe a história que quer transmitir aos seus objetivos o quanto antes”, complementa.

Os três pilares para construção da reputação

Para Colombo, há três pilares essenciais que colaboram para a construção e estabelecimento da reputação de um negócio.

1. Trabalho de imprensa e publieditorial

“Antes de comprarem a imagem que a corporação está vendendo, os clientes precisam entrar em contato com ela e é nessa etapa que a mídia consegue promover um alcance de massa”, explica. “Além disso, esse pilar desenvolve a credibilidade da organização, de forma a educar o mercado sobre a sua identidade”, reforça o executivo.

2. Ação de influenciadores

Para o CCO da MOTIM, os criadores de conteúdos digitais oferecem um “empurrão final” ao consumidor, porque ele se identifica com essa personalidade. “Um influenciador consegue adaptar a comunicação da proposta da marca, tornando-a próxima ao dia a dia do público. Com isso, a decisão de compra passa a ser mais rápida e a empresa começa a nutrir uma quantidade maior de relacionamentos organicamente”, destaca.

3. Conexão e diálogo

O último pilar é o social, no que diz respeito à conexão e diálogo da companhia com a sua comunidade ou pool de clientes. “Não há como construir uma reputação sem criar uma linha coerente de narrativa, que amarre todos os pontos de contato, histórias e posicionamentos de produtos. Em algumas situações, marcas com linhas de serviços diversos podem acabar impactando indivíduos de jeitos diferentes. Assim, a comunicação proprietária é fundamental para conectar e engajar essas pessoas de uma forma clara e que transmita a mensagem inicialmente planejada”, pontua Colombo.

O executivo ainda ressalta que, quando um desses pilares não é bem desenvolvido, a estratégia de construção  da reputação da empresa é interrompida. “Se um deles não existe ou não está funcionando adequadamente, o processo de conhecimento da marca terá uma lacuna nos elementos necessários para que o público tome contato com ela. Consequentemente, potenciais clientes acabam se dispersando, impedindo um crescimento escalável”, conclui.

Continue lendo

Empresa

Cesan e canal Manual do Mundo se unem para lançar campanha publicitária com criação da Ampla

Publicado

em

A Companhia Espírito-santense de Saneamento (Cesan) avança na disseminação de conhecimento ao se juntar ao canal Manual do Mundo. O objetivo é oferecer nova abordagem, com conteúdos acessíveis e divertidos, para conscientizar a população sobre questões fundamentais de saneamento, com potencial de alcançar e envolver um público diversificado em escala nacional. Essa é a especialidade do canal do YouTube fundado em 2008 pelo jornalista Iberê Thenório e sua esposa Mariana Fulfaro, que conta com 18,6 milhões de inscritos.

A parceria fomentada pela Ampla traz linguagem desmistificadora para assuntos complexos, unindo entretenimento e educação. Por meio dessa articulação, acontece o lançamento de nova ação parte da campanha institucional “Companhia que Faz Bem”, visando informar os investimentos contínuos em tecnologia e inovação no setor de saneamento básico e, especialmente, os benefícios gerados à população.

O primeiro filme da série está no ar no canal Manual do Mundo e nas redes sociais dos parceiros, destacando o moderno processo de tratamento de esgoto no estado. A produção dos vídeos envolveu a visita de Thenório à sede da Cesan, localizada no Vale do Mulembá, na capital capixaba, para gravação de material exclusivo.

“A Ampla desempenhou papel crucial na concretização dessa parceria ao desenvolver material ressaltando a eficiência e modernidade dos processos da Cesan. A parceria com o Manual do Mundo, além de compartilhar conhecimento com o público em geral, possibilita utilizar os conteúdos nas escolas, ajudando na construção da consciência ambiental durante a formação do senso de cidadania entre crianças e adolescentes”, explica Amarildo Feletti Filho, coordenador de mídia digital da Ampla-ES.

Continue lendo

Empresa

Penetração de mídia DOOH nas favelas brasileiras cresce 479%

Publicado

em

Em expansão, a solução inteligente do NÓS no formato de mídia DOOH, sigla para digital out of home, acaba de chegar nas comunidades Jardim Felicidade, São João, Cantinho do Céu I, Jardim Pantanal e Jardim Planalto, em São Paulo. E no Rio de Janeiro, no Jacarezinho, Vila Vintém, Fazenda Coqueiro, e nos Complexos da Maré, Rocinha e Alemão.

Com os novos pontos de penetração, o produto digital do NÓS bateu um crescimento significativo de 479% em apenas 1 ano. Hoje, são mais de 100 telas posicionadas estrategicamente, que entregam visualização direta para os moradores desses territórios e geram impacto para campanhas de grandes marcas como, Faculdade Anhanguera, Gatorade e AVON.

“O nosso investimento na ampliação da rede DOOH vem para atender a demanda crescente do mercado de diversas plataformas de mídia em favela. Com elas, entregamos conteúdo, integração por dispositivos móveis, além de uma segmentação eficiente”, ressalta Emilia Rabello, fundadora e CEO do NÓS.

O produto também gera impacto social e renda para o comércio local, que cede seu espaço para a colocação da tela, e por sua vez, ganha um ponto de internet gratuito e mídia para anunciar suas próprias promoções. Desde o início das operações, mais de R$77.465 milhões foram revertidos para mais de 100
empreendedores também de Paraisópolis, Heliópolis (SP), Rocinha (RJ) e Aglomerado da Serra (BH) – onde o produto NÓS-DOOH foi lançando em 2023. Algumas campanhas veiculadas com inteligência do NÓS-DOOH.

Continue lendo