Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Smart Driving Labs mapeia 220 mil km percorridos pelos carros de apoio no Sertões 2019 e apresenta primeiros resultados

Publicado

em

Além da quilometragem rodada, foram monitorados o nível de combustível, a utilização do cinto de segurança e incidentes capturados pela tecnologia da SDL. Um relatório completo de utilização dos veículos vai pontuar os melhores condutores.

Smart Driving Labs – empresa especializada em soluções de software e hardware para coleta, análise e interpretação de dados telemáticos automotivos – conseguiu na 27ª edição do Sertões demonstrar, na prática, os benefícios da sua tecnologia utilizada nos veículos de apoio no maior rali das Américas.

A competição, que durou sete dias em um trajeto especial que começou em Campo Grande (MS), e terminou no último domingo (01/09) em Aquiraz (CE), contou com 55 picapes L200 Triton Sport cedidas pela Mitsubishi Motors como carros de apoio, que foram conectadas pela Smart Driving Labs em uma iniciativa inédita no evento.

Entre os dados já apurados, os 55 carros de apoio, juntos, rodaram mais de 220 mil km, uma média de pouco mais de 4.000 km por picape. Para isso, foram gastos 21.889 litros de diesel. A média de utilização do cinto de segurança foi bem alta e os incidentes registrados pelos sensores da plataforma nas regiões “fora de estrada” foram diversos, o que era de se esperar.

A organização do Sertões receberá nos próximos dias um relatório de utilização dos carros no período do rali, divididos por cada uma das 8 etapas, com dados analisados e interpretados e também a pontuação de cada condutor. Por enquanto, a pontuação média de condução entre todos os carros está em 4,3 de 10, levando em consideração acelerações, freadas, curvas bruscas e excesso de velocidade nas vias com limite de velocidade.“Vale ressaltar que esses são apenas os primeiros resultados e que ainda faltam outros parâmetros para serem somados no algoritmo, como os eventuais incidentes por exemplo, até o fechamento dessa pontuação”, explica Fernando Schaeffer, CEO da Smart Driving Labs.

A plataforma da Smart Driving Labs captou, em tempo real, parâmetros dos veículos como velocidades média e máxima, altitude, nível de combustível e de desgaste dos carros, entre outros, além de eventuais incidentes capturados pelo “acelerômetro” existente no dispositivo. A pontuação dos condutores, somada aos possíveis incidentes ocorridos com o carro e à avaliação do veículo pela Mitsubishi, será base para o 1º Prêmio Direção Segura, ação promovida pela Smart Driving Labs, que também acontece pela primeira vez no evento. A revelação e premiação dos vencedores está prevista para o início de outubro, após todos os veículos retornarem à fábrica da Mitsubishi.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Chilli Beans celebra a influência de Michael Jackson na moda em novo lançamento

Publicado

em

A Chilli Beans, maior rede especializada em óculos de sol da América Latina, lança a coleção inspirada em um dos ícones culturais mais importantes e influentes de todos os tempos, além de um dos maiores artistas da história da música: Michael Jackson. Fãs e admiradores do Rei do Pop poderão adquirir modelos exclusivos de óculos de sol, óculos de prescrição e relógios, inspirados pelo estilo único e icônico do superstar.

Com produtos que apresentam elementos e referências ao estilo do astro, a coleção Michael Jackson by Chilli Beans é uma homenagem ao legado icônico do maior entertainer do mundo. Cada peça foi cuidadosamente projetada para transmitir a energia, ousadia e originalidade que Michael incorporava em sua maneira de se vestir. A marca o reverencia com modelos que apresentam cores no espírito vibrante do artista e incorporam elementos característicos de seu estilo, como cristais – que eram essenciais em seus casacos e outras peças de roupa -, zíperes e outros adereços metálicos.

“Música e moda são dois pilares muito importantes para a Chilli Beans. Desde o início, sempre buscamos criar produtos que transmitissem energia, estilo e atitude. Com a coleção Michael Jackson, queremos levar essa paixão pelo pop internacional e sua influência como um dos maiores ícones para todo o público. Nossos consumidores podem esperar óculos cheios de referências e detalhes incríveis que farão a diferença”, diz Caito Maia, fundador da Chilli Beans.

Continue lendo

Empresa

Jornalistas se unem para criar consultoria focada na creator economy

Publicado

em

Chega ao mercado um novo formato de consultoria, totalmente voltado para a chamada Creator Economy. A iniciativa é fruto da experiência de mais de 10 anos dos jornalistas Daniel Lopes e Paula Grinover, que se uniram para criar a Creator Economy House, especializada em ajudar marcas, criadores, plataformas, agências e o mundo corporativo a navegarem na economia criativa, a empresa combina estratégias tradicionais e digitais para o desenvolvimento de audiências, novos negócios e reputação.

“A ideia para a criação da nova empresa surgiu naturalmente a partir das demandas do mercado, quando criadores e marcas nos procuravam para resolver questões específicas dentro de suas realidades”, explica Daniel Lopes, que atualmente lidera projetos de social branding e creative PR.

Com apenas três meses, a empresa já fechou contratos com clientes como a plataforma de design Canva; Oppo, uma das principais fabricantes de celulares do mundo; a grife de moda Reserva; a Nappô, marca da criadora e empresária Bia Napolitano; e grandes criadores como Brian Baldrati (@isthisreal), Gue Oliveira (@gueoliveira) e Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar), entre outros.

“Nosso objetivo é atender quem precisa atuar neste mercado e enfrenta obstáculos dos mais variados, desde a estratégia de conteúdo em redes sociais, passando pelo reposicionamento de marca para vender melhor nesse ambiente, até grandes empresas que necessitam de projetos estruturados e bem gerenciados, envolvendo criadores de conteúdo, publicidade e estratégias de imagem e reputação”, afirma Paula Grinover, sócia da Creator Economy House.

Continue lendo