Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Programa de inovação social da Red Bull conecta e impulsiona empreendedores que estão transformando realidades

Publicado

em

Red Bull Amaphiko já conta com uma rede de 45 empreendedores sociais pelo Brasil

O Red Bull Station, os festivais de música e as atividades com atletas já são ações conhecidas da Red Bull. Além das áreas de cultura e esportes, a empresa possui um setor que promove e fomenta a inovação social. Um de seus programas é o Red Bull Amaphiko, que conecta e impulsiona empreendedores sociais que esta~o usando seus talentos e energia para trazer soluções a desafios sociais que podem transformar realidades.

“Asas” em zulu, Amaphiko surgiu em 2014 na África do Sul e se transformou em uma plataforma global para empreendedores sociais que criam mudanças positivas por meio da inovação. Existe com a missa~o de inspirar a sociedade a colaborar com esse movimento e fazer do mundo um lugar melhor pra se (con)viver. Conheça mais sobre em: www.redbull.com/br-pt/projects/red-bull-amaphiko/

No Brasil, atualmente conta com uma rede de 45 empreendedores nas mais diversas áreas como sustentabilidade, justiça social, educação, dança e acessibilidade. Alguns projetos com destaque nacional e mundial, como o Pimp My Carroça do artista Mundano, que luta para tirar os catadores de materiais recicláveis da invisibilidade e o Politize!, plataforma de educação política referência no país.

Atualmente, a Red Bull Amaphiko realiza uma ‘academia’, em que 15 projetos são selecionados para residência de 10 dias com inovadores, empreendedores e contadores de histórias do mundo. A partir daí, eles contam com suporte individual com um mentor experiente que ajuda a atingir todo o potencial, desenvolver um plano estratégico de negócios e dar vida às ideias por 18 meses. Desde a primeira edição em Soweto, na África do Sul, em 2014, a Red Bull Amaphiko Academy se espalhou para São Paulo, Cidade do Cabo e Baltimore.

Asas para empreendedores
“O programa olha para as pessoas que fazem parte dos projetos e não só o negócio que ela está à frente e isso fez uma grande diferença para tomada de decisões mais certeiras”, ressalta Ariane Santos, criadora da Badu Design e participante da turma de 2017. Para ela, a rede em que a Red Bull coloca os participantes possibilita expandir as atividades do projeto, abre portas e passa credibilidade para seu negócio.

A empresa social de Curitiba produz materiais de papelaria, decoração e acessórios com resíduo têxtil das indústrias, empregando mulheres em situação de vulnerabilidade social. Por meio da Red Bull Amaphiko, teve apoio para a primeira exportação, para Áustria. “A Red Bull não só abriu as portas, mas se colocou à disposição para ensinar a dinâmica de exportação e nos preparar para futuros envios internacionais. Todos os pedidos geraram mais de R$ 20.000 em receita para a Badu. A rede da Red Bull nos auxiliou a ampliar o número de produtoras/empreendedoras de 280 para 480, em um ano’, completa.

O programa também realiza um festival anual, que vai para sua terceira edição em dezembro de 2018 e acontecerá pela primeira vez no bairro do Grajaú, em São Paulo, visando fomentar o empreendedorismo social local. Apoia ações e eventos pontuais ao longo do ano por todo o país, como o Amaphiko Conexão, que esse ano reuniu mulheres empreendedoras de Santa Catarina, e a 4ª Conferência SSEX BBOX, encontro anual que discute questões relativas à população LGBTQIA+, cujo fundador Priscilla Bertucci, foi um dos selecionados para a Academy de 2017.

Mais impacto social
A área de inovação social também conta com o programa Red Bull Basement, focado em apoiar ações que usem a tecnologia como ferramenta de impacto social. Surgiu em 2015 no Brasil e hoje está presente em 22 países, inclui uma residência hacker, um makerspace, palestras regulares, um festival anual e o Basement University, focado em soluções para o cotidiano universitário.

Conheça mais em www.redbull.com/br-pt/projects/red-bull-basement

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Águia Branca lança campanha especial de São João assinada pela Hagens

Publicado

em

Esperando há dois anos para retomar as celebrações e a alegria dos tradicionais festejos, a população da região está ansiosa para promover essa catarse cultural, cheia de reencontros e oportunidades que movimentarão ainda mais o turismo e a economia dos estados que celebram a data. A campanha tem foco nos mercados do sul da Bahia e Petrolina, trabalhando por meio das peças o uso dos canais digitais da empresa como a melhor opção de compra para os clientes.

Assinada pela agência Hagens, a identidade visual da campanha traz como referência a xilogravura e a literatura de cordel, com o ônibus estilizado e ilustrações que remetem a figuras tradicionais do São João, como o sanfoneiro, um balão e a dança tradicional da quadrilha. Com tom descontraído, as peças apostam na brasilidade e têm o objetivo de celebrar com os passageiros nesse momento de retorno às festividades. Para destacar e trazer o tom alegre e festivo, o verde limão e o laranja são utilizados como pontos de destaque. A campanha contará também com um jingle especial que veiculará em rádios do Nordeste e comercial de 30” para TV, além de diversas peças e estratégias online em todos os mercados de atuação da empresa.

Continue lendo

Empresa

Marketing digital é uma das grandes apostas do Grupo Stefanini, que anuncia aquisição da Ecglobal

Publicado

em

Com um faturamento de R$ 5 bilhões em 2021 e expectativa acima de R$ 6 bilhões este ano, utilizando uma estratégia baseada em crescimento orgânico e aquisições, o Grupo Stefanini dá mais um passo para ampliar seu ecossistema de inovação composto por mais de 30 empresas. Dessa vez, o foco é complementar o portfólio de soluções do ecossistema de marketing digital, batizado de Haus, com a aquisição da Ecglobal, uma empresa brasileira, com operações no exterior – países da América Latina e Estados Unidos -, que desenvolveu uma plataforma colaborativa, com tecnologia proprietária, para criar comunidades e redes sociais. O objetivo é que marcas e consumidores se engajem, colaborem e cocriem melhores produtos e experiências, sendo os dados de propriedade das empresas.

Responsável por divulgar anualmente o Net Love Score – NLS, estudo que revela as marcas que conquistaram o Brasil, a Ecglobal busca entender a evolução das tendências comportamentais dos consumidores, a partir da combinação de social listening em comunidades, com metodologias de pesquisas quantitativas e qualitativas. Sua plataforma promove uma participação ativa na rotina das pessoas por meio da automação e inteligência de dados e consegue interagir rapidamente em torno de uma causa ou propósito, impulsionando novos negócios.

Pela rede Ecglobal, as equipes de marketing, inovação e CX/UX podem desenvolver e validar conceitos, próximas inovações, experiências, posicionamento e comunicação. Da mesma maneira, a área de pesquisa pode gerar insights estratégicos para os departamentos de marketing e branding. É um espaço onde os participantes podem ouvir e ser ouvidos, receber informações e influenciar decisões de marcas e organizações que admiram.

Para o Managing Partner da Haus, Guilherme Stefanini, a chegada da Ecglobal ao grupo reforça a estratégia de aportar cada vez tecnologia e inteligência ao marketing para trazer resultados. Ao unir expertises, as empresas ampliam a capacidade de analisar dados, geram mais inteligência, se aproximam dos clientes e criam comunidades, que podem ser segmentadas por interesses comuns, discutem alternativas para tomar decisões mais assertivas e agregar valor ao negócio.

Continue lendo