Conecte-se com a LIVE MARKETING

Universo Live

Novo formato ajuda Brazil Promotion a impulsionar negócios no Live Marketing no segundo semestre

Publicado

em

Feira agitou negócios e expectativa dos organizadores é de que a ação movimente R$ 12,9 milhões

O objetivo foi atingido. Encerrada no último dia 2 de agosto, a Brazil Promotion, maior feira de Live Marketing e Varejo do Brasil, apresentou um novo formato de feira totalmente fora do convencional. Durante três dias, ofereceu uma experiência de evento capaz de promover engajamento e networking entre seus 12,9 mil visitantes e 200 expositores. Além disso, a expectativa dos organizadores é de que a 16ª edição do evento impulsione negócios que movimentarão R$ 13 milhões de reais de investimentos durante o evento.

“Nosso público é formado por criativos, profissionais de agências, de eventos, de trade, varejo e marketing, então é claro que a gente não podia continuar fazendo uma feira comum. A criatividade é parte do nosso dia a dia e a busca por inovação é um tremendo desafio que enfrentamos em cada edição do Brazil Promotion. Até tentamos nos inspirar em algo descolado lá de fora, mas sentimos que não tinha a nossa cara. Então resolvemos esquentar os neurônios focar no desenvolvimento de um projeto inovador, divertido e apaixonante”, explica Thais De Vitto, diretora de Novos Negócios.

Por conta de todo esse potencial, foi feito um forte trabalho para que a feira proporcionasse o melhor ambiente possível. “Fomos pioneiros ao integrar business e entretenimento em um evento. Neste ano, inovamos no formato com 12 Ilhas de Experiências”, completa Auli De Vitto, diretor da Brazil Promotion.

De acordo com o diretor, os visitantes aprovaram a edição e as experiências oferecidas por entidades e empresas de renome do setor. “Finalizamos a 16ª edição da Brazil Promotion certos de que estamos contribuindo para impulsionar o segmento, tanto na questão econômica, como na promoção do conhecimento dos profissionais atuantes. A nossa expectativa é de que, somente neste ano, o setor de Live Marketing gire em torno de R$ 50 bilhões, envolvendo mais de 12 mil empresas, que oferecem cerca de 96 mil empregos diretos”, destaca De Vitto.

Adeus ruas convencionais – elas deram espaço às ruas orgânicas que circundaram 12 Ilhas de Experiências. Chamadas de Clusters, essas ilhas, em formato de octógono, comportaram até oito estandes e promoveram uma verdadeira interação entre visitantes e expositores, com as principais novidades em marketing digital, merchandising no PDV, serviços para eventos, soluções gráficas, produtos promocionais, presentes corporativos, brindes, entre outros.

Palestras e experiências gratuitas – cada Cluster manteve no centro áreas de experiência e interação, com programação exclusiva e gratuita durante os três dias, incluindo atividades promovidas por empresas e associações como Ampro – Associação de Live Marketing, Nadir Figueiredo, Future Media, Trem Bão Eventos, Rua do Alecrim, Bueno Arquitetura Cenográfica e Unibrindes. Mídias como Portal e Revista Eventos, Promoview e ABC da Comunicação ofereceram conteúdo atualizado com a participação de grandes nomes do mercado.

Pontos de encontros – outra novidade apresentada na feira foram os Hubs, mais de 15 pontos de encontros situados entre os Clusters. Esses locais serviram como verdadeiras praças de encontro compostos por lounges e foodbikes.

Experiências lúdicas – a nova versão contou ainda com o Networking Experience, atividades lúdicas para estimular o networking entre visitantes da feira, com atividades desenvolvidas pela empresa Rise Desenvolvimento Humano.

POPAI Brasil – a feira recebeu dois grandes eventos da entidade de marketing e varejo: o Seminário Internacional de Marketing no Varejo (SIM Varejo 2018) e a 18ª edição do Prêmio POPAI Brasil, evento que reuniu dirigentese premiou mais de 80 empresas como Hering, O Boticário, McDonald’s, entre outras, por criativos projetos de visual merchandising, ações promocionais no ponto de venda e arquitetura comercial. Já o SIM Varejo 2018 aconteceu nos dias 31 de julho e 1º de agosto, colocando no centro das atenções as principais tendências sobre gestão no PDV e tecnologias avançadas para o varejo, bem como novas maneiras de enxergar o consumidor. Grandes nomes dos setores de Marketing e Varejo passaram pelo palco, compartilhando cases e novidades.

Brazil Promotion 2019 – no ano que vem a feira irá acontecer dias 6, 7 e 8 de agosto, no Transamérica Expo Center, nos pavilhões B e C.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Universo Live

NovaDAX distribui criptomoedas na Stock Car

Publicado

em

A sétima etapa da temporada de 2022 da Stock Car aconteceu no Autódromo de Interlagos, em São Paulo e agitou o mundo dos criptoativos. A NovaDAX – exchange global de negociação de criptomoedas e patrocinadora oficial da Stock Car, marcou presença com uma ação de live marketing, seguindo tendências de players internacionais ao apostar no automobilismo de maneira inovadora e imersiva.

“As ações de live marketing são importantes para criar awareness da marca e produtos, ao mesmo tempo em que aproximam o público e desenvolvem uma conexão mais próxima com os clientes”, diz Aloizio Manoel, trainee marketing da NovaDAX.

Os convidados tiveram a oportunidade de interagir com uma máquina de vento com distribuição gratuita de papéis que presentam valores reais em criptomoedas, ao mesmo tempo em que recebiam informações valiosas sobre as soluções da corretora de criptoativos, que tem se destacado no mercado brasileiro.

A ação foi idealizada e produzida pela Agência Folzke, que aposta na nova economia da geração Z.

“A NovaDAX é um retrato da nova economia, da era tech em que estamos vivendo e irá se intensificar ainda mais com a geração Z. Tudo isso está em total sintonia com a missão da Folzke e nos inspira a criar soluções cada vez mais criativas e imersivas”, conclui Gabriel Folzke, diretor da agência Folzke.

Continue lendo

Universo Live

Budweiser apresenta projeto artístico que impede a demolição de quadras de basquete de rua pelo Brasil

Publicado

em

As quadras de basquete de rua fazem parte da vida das pessoas. Elas estão nos bairros, nos centros, na infância e na juventude e, por isso, acabam se tornando mais do que um lugar para se jogar basquete. Mas se por um lado a quadra é sinônimo de lazer, cultura, música e senso de comunidade, ela também é um espaço altamente visado pelo mercado imobiliário. Afinal, são 420m2 de um terreno plano que poderia dar lugar para novos estacionamentos e prédios.

Infelizmente, quando uma quadra é destruída, não se perdem apenas 420 m2, mas toda a cultura que está a sua volta e, por isso, a Budweiser, parceira da NBA e uma das porta-vozes do basquete no Brasil, decidiu agir. A marca encontrou uma brecha na Lei de Tombamento Brasileira nº 25/1937, que diz: “um lugar de interesse público com valor artístico é considerado patrimônio público e não pode ser demolido”.

Intitulada “Quadras Indestrutíveis”, a iniciativa criada pela agência Africa contempla a realização de um projeto artístico, com relevância cultural ao local, em uma quadra de rua. Com o projeto realizado, é possível entrar com um pedido de tombamento*. Para isso, a Budweiser resumiu o processo em cinco passos, descritos no site Quadras Indestrutíveis : 1) Escolha uma quadra pública de basquete; 2) Encontre um tópico relevante para a cultura local; 3) Selecione um artista; 4) Budweiser conecta o artista, a quadra e você; 5) Entre com o pedido de tombamento.

“Esse é um projeto extremamente relevante, que dá poder para as pessoas exigirem o que é delas por lei. Cada dia que passa é mais comum vermos quadras abandonadas, sem cuidado ou iluminação. As pessoas não merecem esse descaso, elas merecem cultura e lazer,” comenta André Mota, gerente de estratégia da marca Budweiser na Ambev.

O projeto piloto, realizado com sucesso em uma quadra em Natal, RN, mostrou o potencial de transformação da iniciativa. A Budweiser convidou um artista local, que criou uma arte homenageando um dos principais jogadores brasileiros de basquete, também nascido na cidade, Oscar Schmidt. Após a realização da obra, o pedido de tombamento foi feito e levado para o secretário de cultura junto ao prefeito. Hoje, a quadra já é considerada um patrimônio cultural e não pode ser demolida. Daqui em diante, ela servirá apenas para lazer, entretenimento, cultura e até como ponto turístico na cidade.

Pelo site, já foram registradas cerca de 16 quadras, que agora estão no processo para receberem um artista e serem transformadas. Na Mooca, tradicional bairro da cidade de São Paulo, SP, uma quadra acaba de ser finalizada.

Continue lendo