Shoppings apostam em cenografia de Natal customizada

10 de novembro de 2017
Compartilhar:

Esse ano, Papai Noel perdeu espaço para personagens licenciados. Das 60 decorações produzidas pela 2a1 Cenografia, apenas 3 têm o bom velhinho

A CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) revisou as expectativas de vendas para o Natal e espera um aumento de 4,8%. A expectativa é que o setor movimente R$ 34,7 bilhões. Quem já sente os efeitos dessa previsão é a 2a1 Cenografia, empresa especializada em decoração natalina, com foco em shoppings.

Atualmente, as empresas trabalham o ano todo para concluir e entregar as produções de Natal à tempo -e cada vez mais cedo. Os shoppings estão apostando cada vez mais nessa cultura de decoração especial – e sem Papai Noel – para atrair mais consumidores nessa época do ano.

Esse ano, das 60 produções realizadas pela empresa, apenas 3 tiveram o bom velhinho como tema. Todas as demais contaram com personagens licenciados de grandes corporações, com as quais a 2a1 tem contrato exclusivo. O público poderá conferir Natal do Madgascar, da Turma da Mônica, do Shrek, do Alladin, da Barbie e de muitos outros personagens infantis de filmes e animações famosas.

Como exemplo, a 2a1 Cenografia aumentou seu faturamento em 20% em relação a 2016 com esse trabalho e contratou 50 funcionários nos últimos 2 meses para dar conta das produções. O faturamento hoje é de quase 30 milhões/ano somente com Natal e mais de duas mil produções já foram entregues pela empresa, em todo o Brasil.

Sobre os bastidores do Natal, a produção, que é feita o ano todo, sem pausa, como a decoração tem ajudado os shoppings na venda e como tudo isso influencia no consumo da população, especialmente nessa época do ano e com o otimismo no setor para os próximos meses.