Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Natura e Rede Asta fecham parceria com apoio da FARM

Publicado

em

Retalhos da produção da FARM são transformados por artesãs em bolsas e nécessaires exclusivas, que serão vendidas nas lojas próprias da Natura

A partir desta semana, as lojas próprias da Natura iniciam as vendas de bolsas e nécessaires artesanais desenvolvidas pela Rede Asta, negócio social que atua na transformação de artesãs em empreendedoras e de resíduos em produtos. A ação ajuda a desenvolver o empreendedorismo feminino e estimula a reutilização de sobras de tecido que seriam descartadas no meio ambiente.

As sobras de corte dos tecidos da FARM foram transformadas em novos produtos com estampas únicas e exclusivas da marca, que estarão disponíveis até o dia 26 de dezembro ou enquanto durarem os estoques. Nas compras acima de R$ 300 feitas nas lojas próprias da Natura, o consumidor poderá adquirir uma nécessaire por R$ 9,90 ou uma bolsa por R$ 19,90. Para a FARM, este projeto se encaixa perfeitamente na plataforma RE-FARM, onde a marca se propõe a dar vida nova às suas sobras têxteis. “A Natura é uma empresa que tem como objetivo gerar impacto social, econômico e ambiental positivo. Por meio dessa parceria, buscamos estimular a conscientização das pessoas sobre a importância da economia circular e da economia consciente, ao mesmo tempo em que oferecemos itens que complementam nosso portfolio de presentes para este Natal”, explica Paula Andrade, diretora de Varejo da Natura.

A Rede Asta e a Natura são empresas BCorp, certificação internacional dada às empresas que associam crescimento econômico à promoção do bem-estar social e ambiental. A FARM, por sua vez, faz parte do Grupo Soma, que tem como objetivo diminuir o impacto socioambiental negativo da indústria da moda.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Guide lança campanha para reforçar marca como guia na vida do investidor

Publicado

em

A Guide Investimentos acaba de lançar uma nova campanha de marketing, chamada “Você investe na vida, a Guide faz render”, que será veiculada na TV paga, rádio, em portais e demais mídias digitais. A ideia das peças publicitárias, desenvolvidas pela agência Ana Couto, é reconhecer o esforço dos brasileiros para ganhar dinheiro e posicionar a Guide como guia na vida do investidor para que ele possa focar no que é importante para ele.

“Queremos nos colocar como a opção certa para guiar os investimentos. Sabemos que estes são meios para viver melhor e alcançar sonhos”, afirma Fernanda Giulietto, head de Marketing da corretora.

A corretora produziu três vídeos para a campanha, que mostram três profissionais com áreas diferentes de atuação desempenhando suas funções do dia a dia. A campanha destaca como investir com a Guide dá tranquilidade e segurança para as pessoas focarem no trabalho e na vida pessoal. Enquanto elas investem na própria vida, a Guide faz render. A narração será feita pelo ator Milhem Cortaz, conhecido por filmes como Tropa de Elite, enquanto a direção é de Felipe Briso. A produtora é a bigBonsai.

A empresa também vai entrar com programetes em canais pagos de TV fechada e rádio, com especialistas trazendo conteúdos de educação financeira para os telespectadores e ouvintes.

“Esta campanha está muito alinhada ao nosso propósito de guiar pessoas, ao mesmo tempo que reconhece o esforço que todos colocam na vida”, comenta Giulietto. “Investir bem e com retorno não é vender milagres, e sim oferecer conhecimento, recomendações, planejamento, produtos e serviços que simplifiquem a experiência”, acrescenta.

A ideia da corretora como guia já estava presente na campanha “Ideias que Guiam”, lançada no ano passado, quando a Guide se engajou em ações de combate à covid-19. Na ocasião, a empresa lançou um tira-dúvidas nas redes sociais, impactando milhões de pessoas através da hashtag #QueroumGuia, esclarecendo dúvidas sobre o cenário de investimentos na crise.

 

Continue lendo

Empresa

Verizon vende Yahoo e AOL por US$ 5 bilhões

Publicado

em

Nesta segunda (3), a Verizon Communications anunciou, em comunicado oficial, a venda dos portais Yahoo e AOL para a Apollo Global Management, empresa global de gestão de investimentos alternativo. A aquisição faz parte de um acordo entre as empresas e é avaliada em cerca de US$ 5 bilhões.

O acordo prevê que a Verizon ainda terá 10% de participação no Yahoo, que por sua vez, passará a se chamar AOL Yahoo e continuará sob a liderança do atual CEO, Guru Gowrappan. A expectativa é de que a operação seja concluída durante o segundo semestre de 2021.

Conforme os termos do acordo, a Verizon deve receber US$ 4,25 bilhões em dinheiro, e o restante, cerca de US$ 750 milhões, em participações. A operação envolve todos os negócios e marcas que fazem parte da Verizon Media.

“Acreditamos fortemente nas perspectivas de crescimento do Yahoo e nas tendências macro que impulsionam o crescimento em mídia digital, tecnologia de publicidade e plataformas de Internet para o consumidor”, declarou David Sambur, senior partner e co-head deprivate equity na Apollo.

Verizon e publicidade online

Verizon adquiriu a AOL em 2015 com o intuito de investir em publicidade online. A aquisição custou US$ 4,4 bilhões à empresa, no entanto, não deu o retorno esperado. Dois anos depois, mais US$ 4,5 bilhões foram desembolsados na compra do Yahoo.

O propósito da empresa de lucrar com os anúncios na internet e construir uma divisão de marcas não foi bem sucedido, já que em 2018, quando Hans Vestberg se tornou CEO da Verizon, a empresa teve uma baixa em torno de US$ 4 bilhões.

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo