Conecte-se com a LIVE MARKETING

Eventos

Músicos de todo o Brasil participam de imersão criativa no Centro de SP em abril

Publicado

em

Red Bull Music Pulso realiza terceira edição com 30 artistas de diferentes estilos para criar novos sons, fomentar performances e falar sobre música;
Evento também abriga painéis com artistas e especialistas no mercado e workshops, todos gratuitos

Batuques, vozes, synths e riffs de diversos cantos do Brasil vão se misturar no centro de São Paulo durante o Red Bull Music Pulso, ocupação musical que retorna ao prédio do Red Bull Station, entre os dias 3 e 28 de abril de 2018. Na terceira edição, 30 músicos independentes dos mais variados gêneros irão celebrar a música e o público poderá ver o resultado desses encontros por meio de palestras e shows gratuitos.

Além de impulsionar a cena independente identificando oportunidades e desafios, o evento abrigará seis painéis abertos ao público que discutirão temas atuais relacionados ao mercado da música, além de workshops e shows gratuitos. Durante as quatro semanas de Red Bull Music Pulso, os artistas trabalharão em conjunto, divididos em cinco coletivos, para criar novos sons e pesquisas, já que possuem diferentes trajetórias e estilos musicais. Os grupos estarão pelos ateliês do edifício e gravarão no Red Bull Music Studio, também no local.

Um dos objetivos é, a partir da troca de ideias e da sinergia, mostrar a diversidade da cena independente nacional. Entre os participantes estão nomes como o duo de cantores de Togo Dois Africanos (que participou do programa Superstar, da TV Globo), o rapper e cantor carioca Ramonzin, revelação recente da música do Rio de Janeiro, a violoncelista da banda curitibana Mulamba Fernanda Koppe e o DJ paraibano Chico Correa.

Todos os artistas foram selecionados por cinco curadores convidados: Ana Paula Paulino (produtora do Heavy Baile e empresária de nomes como MC Carol), Anna Penteado (criadora do prestigiado festival paulista Vento), Anderson Foca (músico de Natal, que fundou há 15 anos o festival Dosol), Rafael Tudesco (produtor da Universal Music que já trabalhou com nomes como Lil Wayne, Jay-Z e Emicida) e Valesuchi (DJ e produtora chilena habituê da cena eletrônica brasileira).

 

Da força feminina na música aos desafios de manter-se um artista independente, o Red Bull Music Pulso também traz uma série de conversas abertas a fim de discutir as nuances e os rumos da música e do mercado atual. Ao longo do programa, haverá palestras como a do rapper norte-americano Illa J, que contará um pouco sobre a sua história no hip-hop, e um panorama da cena autoral brasileira sendo discutido por superprodutores nacionais, como Pena Schmidt.
Para quem quer mergulhar ainda mais fundo, os workshops prometem ensinar um pouco sobre discotecagem e produção, processo de gravação de vinil e a criação de aparelhos eletrônicos relacionados à música e tecnologia. Eles ocorrem no makerspace do Red Bull Basement, dentro do prédio do Red Bull Station.
“Estou ansiosa para saber o que os artistas vão criar. O evento dá condições muito boas para que eles exercitem a criatividade de forma ilimitada”, diz Valesuchi, uma das curadoras. Ana Paula Paulino, que também faz parte da curadoria, não vê a hora de começar os trabalhos. “É minha primeira experiência com curadoria musical de fato, então estou um pouco nervosa, confesso. Mas confio na mistura e na troca, já que reuni no meu time músicos da cidade de onde venho, Belo Horizonte, da cidade em que moro, Rio de Janeiro, além de artistas com quem nunca conversei, mas que admiro a obra.”
O Red Bull Music Pulso terá shows gratuitos nos dias 14 e 28 de abril, com os artistas que estarão imersos na ocupação musical e que mostrarão um pouco do que estão produzindo lá dentro. Outras informaçoes estarão em breve no site www.redbull.com.br/pulso2018.
Como esquenta para o Red Bull Music Pulso, o Red Bull Station recebe, em 31 de março, o SP: On Air – Transformando Imaginação em Realidade, evento organizado pela Nike em celebração ao Aix Max Day. Gratuito e aberto ao público, a celebração reúne arte, design, música e moda em uma tarde cultural repleta de bate-papos, workshops, shows e instalações artísticas. A pré-inscrição para as ativações podem ser feitas pelo site nike.com e, para conferir a programação completa, acesse: nike.com.br/airmaxday.
Veja a programação mensal do Red Bull Music Pulso 2018:
BATE-PAPOS
Uma conversa com o rapper Illa J
O talentoso rapper Illa J, irmão mais novo do icônico músico J. Dilla, vai fazer um breve resumo de sua carreira, contar como descobriu a música em sua cidade natal, Detroit, nos Estados Unidos, e como a influência do irmão famoso foi decisiva para seguir seu caminho no rap. Ele também fará algumas demonstrações de música ao vivo.
Dia 4/4, às 20h.
Local: Red Bull Station (auditório). 100 vagas.
Classificação: Livre.
Os novos players do mercado: a conexão entre marcas e artistas
Nos últimos anos o relacionamento entre grandes marcas e música se tornou mais intenso do que nunca e, para desvendar os bastidores dessas relações, convidamos Rafael Achutti, músico e dono da  Bananas Music Branding, empresa especializada em curadoria musical para marcas, para uma conversa com os artistas Tássia Reis e Tim Bernardes.
Data: dia 10/4, às 20h.
Local: Red Bull Station (auditório).  100 vagas.
Classificação: Livre.
Como a energia feminina se tornou protagonista na música atual
A cantora, compositora e percussionista Alessandra Leão e a cantora e compositora Ava Rocha trarão suas experiências referentes à cada vez mais forte presença da energia feminina na música contemporânea. Quem guia o bate papo é a jornalista Debora Pill.
Data: dia 12/4, às 20h.
Local: Red Bull Station (auditório).  100 vagas.
Classificação: Livre.
Alternativa, indie, underground… Um papo sobre o futuro da cena independente no Brasil
Só quem está por trás da cena independente sabe o quanto é preciso lutar para se manter dentro dela. Produtor cultural com mais de 20 anos de carreira, Anderson Foca, criador do festival independente Dosol, de Natal-RN, comanda uma conversa sobre os desafios que os artistas autorais enfrentam para permanecer independentes na música. Participam do painel o superprodutor Pena Schimidt, que lançou artistas como Titãs, Ira! e Ultraje a Rigor, e  a cantora, produtora e empresária Mari Bergel.
Data: dia 17/4, às 20h.
Local: Red Bull Station (auditório).
100 vagas. Classificação: Livre.
O que é preciso para construir uma indústria da música no país?
O painel pretende investigar as razões pelas quais ainda não existe uma indústria da música consolidada no Brasil. O DJ, produtor e curador Akin Deckard convida o radialista e produtor cultural Ricardo Rodrigues, que também é empresário da cantora Lineker, e a DJ Amanda Mussi para trocar ideias sobre o assunto.
Data: dia 19/4, às 20h.
Local: Red Bull Station (auditório). 100 vagas. Classificação: Livre.
WORKSHOPS
Laboratório de instalação luminosa áudio interativa 
O laboratório ensina, em quatro encontros, a criação de uma instalação luminosa e áudio interativa. Com o uso do Arduino (plataforma de prototipagem eletrônica e hardware livre) e programação em C++, serão investigados seus possíveis usos em diferentes softwares que trabalham programação e artes eletrônicas. Como resultado final, será criado um objeto luminoso que reagirá a estímulos sonoros.
Data: dias 4/4 e 11/4, das 19h às 22h; 7/4 e 14/4, das 14 às 18h.
Local: Red Bull Station (Makerspace Red Bull Basement). 10 vagas.
Discotecagem e produção
A DJ chilena Valesuchi, ex-aluna da Red Bull Music Academy e curadora do Red Bull Music Pulso 2018, é uma das artistas mais requisitadas da cena underground de música eletrônica por aqui e, neste workshop, preparará uma aula básica sobre produção musical e construção de um set.
Data: dia 18/4, às 20h.
Local: Red Bull Station (local a confirmar), 20 vagas.
Gravação de discos Hi-Fi
Neste curso, será apresentada a história da gravação analógica musical, com foco nos discos de vinil, além de curiosidades e técnicas de gravação. Vamos mostrar na prática a evolução dos materiais usados ao longo do tempo, desde o primeiro registro fonográfico feito por Thomas Edison no Cilindro Fonográfico, passando pelos discos de goma-laca de 78RPM, até chegar nos discos vinil atuais de 33 e 45RPM. Durante a oficina, os participantes poderão acompanhar e vivenciar o processo de gravação de uma música autoral gravada na hora, em tempo real, no disco 7” hi-fi.
Data: dias 10/4 e 17/4, das 14h às 17h.
Local: Red Bull Station (Makerspace Red Bull Basement). 15 vagas.
Ateliê Ruído Óptico  
Atividade para estudo e produção de um aparelho eletrônico que converte vibração sonora em desenhos de luz. Durante três encontros, os participantes serão orientados na criação de um captador e ampliador de som integrado à um pequeno sistema emissor laser.
Data: dias 24/4, 25/4 e 26/4, das 14h às 18h.
Local: Red Bull Station (Makerspace Red Bull Basement). 12 vagas.
SHOWS
Como não poderia ser diferente, o público também vai poder conferir um pouco do que os artistas que estão imersos no Pulso estão produzindo. Eles farão dois shows abertos, no qual mostrarão seu repertório atual e também músicas que estão compondo dentro do Red Bull Station.
Data: 14/4 e 28/4.
Horário: A partir das 20h.
Local: Red Bull Station – auditório.

 

Continue lendo

Eventos

Gratuito: Varejo Summit, um evento para profissionais que querem estar sempre um passo à frente

Publicado

em

Gratuito: Varejo Summit, um evento para profissionais que querem estar sempre um passo à frente

O Varejo Summit, maior evento online sobre varejo na Era digital, promovido pelo TransformaçãoDigital.com, ecossistema que conecta pessoas e empresas à transformação digital, está se aproximando! A segunda edição do evento será online e totalmente gratuita, de 26 a 30 de julho.

O evento tem como intuito apresentar estratégias que estão sendo utilizadas pelos grandes líderes do varejo. Serão mais de 50 entrevistados divididos pelas trilhas: Customer Experience; Marketing e Vendas; Logística e Supply Chain; Transformação Digital na Prática; E-commerce; Tecnologias, Ferramentas e Dados; Segurança Online; Governo e Associações e Serviços Financeiros. O público-alvo é composto por empreendedores, gestores e fornecedores de empresas que entendem as mudanças do varejo e desejam potencializar os resultados.

Igor Lopes, sócio e Diretor de Conteúdo do TD, será o curador e host do evento. Igor dividirá o palco com a co-host e jornalista Paula Valdez, âncora do Jornal BandNews Primeira Edição. Desde 2017, a jornalista atua no Grupo Bandeirantes de Comunicação. Formada em Jornalismo pela Universidade Luterana do Brasil (ULBRA), em Canoas (RS), trabalhou por 12 anos como repórter, apresentadora e editora da RBS TV, a maior afiliada da Globo no Brasil. De olho nas mudanças digitais, criou uma live semanal, com entrevistas sobre os mais variados temas.

Dentre os destaques confirmados do evento estão nomes como André Rodrigues, sócio e Diretor membro do Comitê Executivo do Grupo Itaú; Nina Silva, sócia-fundadora do Movimento Black Money; Fernanda Romano, VP de Marketing Global e Inovação da Alpargatas; Fernando Vilela, CMO do Rappi; Stella Guillaumon, General Manager da Adobe Commerce na América Latina; Fernando Pantaleão, VP de Vendas e Soluções para Comércios da Visa, e muitos outros.

Demais informações sobre o Varejo Summit, como a lista completa de palestrantes e inscrições estão disponíveis no site do evento.

 

SERVIÇO

Varejo Summit

Quando: de 26 a 30 de julho

Horário: das 09h às 18h

Inscrições: https://varejosummit.com/

Evento online e 100% gratuito

Continue lendo

Eventos

EXPO RETOMADA recebe mais de 800 visitantes testados no primeiro dia em Santos

Publicado

em

EXPO RETOMADA recebe mais de 800 visitantes testados no primeiro dia em Santos

A EXPO RETOMADA começou com sucesso em Santos. O primeiro dos 30 eventos-teste chancelados pelo Governo do Estado de São Paulo e único na modalidade Feiras de Negócios recebeu 846 visitantes únicos no primeiro dia, todos testados previamente na entrada do evento e com resultados negativos para a covid 19. Um dos diferenciais da EXPO RETOMADA 2021 foi justamente a obrigatoriedade da testagem, até mesmo para as equipes da montagem e organização, com permissão de acesso apenas aos participantes com resultados negativos. O evento também cumpriu todos os demais protocolos, como a obrigatoriedade do uso de máscaras, acesso por catracas eletrônicas sem intervenção humana e planta com corredores mais largos para respeitar o distanciamento. No espaço da feira, 50 expositores apresentaram produtos e serviços nos stands.

Na abertura oficial das atividades, um painel com autoridades locais e estaduais e entidades da indústria de Eventos apresentou dados do setor de feiras e eventos de negócios. As Feiras de Negócios movimentam 50 macro segmentos econômicos do país, somente na cidade de São Paulo, a movimentação do setor costumava ser de R$ 16,3 bilhões por ano, antes da pandemia. E o tom foi otimista em relação à perspectiva de retorno. Para o idealizador da EXPO RETOMADA e diretor da Live Marketing Consultoria, Paulo Octávio Almeida, a retomada deverá ser gradual, a partir do final deste ano.

“Estamos contribuindo para esta condição. Os eventos-teste são caracterizados pela testagem dos participantes e um protocolo irá fundamentar essa liberação. Somos contrários à aglomeração, à ilegalidade. Queremos a regulação e parceria com o setor público. Nós somos gregários, vivemos em sociedade e os eventos inspiram, conscientizam, educam, geram negócios e conexões emocionais”, afirmou.

Para o Prefeito de Santos, Rogério Santos, a EXPO RETOMADA é mais do que um evento. “É uma grande etapa que vencemos com muito trabalho, o reconhecimento de muito esforço”, pontuou. “Uma emoção diferente”, definiu o Secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Vinícius Lummertz. “Provas negativas de covid em poucos minutos, tudo muito organizado e a emoção de ver a união de todo o trade de eventos, congressos e feiras presentes. Agora, com essa matriz, estamos conseguindo uma fórmula de poder fazer a reabertura do setor, que foi duramente prejudicado. Aqui estão os universos mais sofridos do Brasil”, afirmou.

O primeiro dia da EXPO RETOMADA deu sequência com uma agenda de mais dois debates, sobre os desafios do setor de congressos e eventos B2B, as expectativas para as feiras de negócios pós-pandemia, seu papel, os diferenciais tecnológicos e sobre os eventos híbridos. Participaram representantes de empresas organizadoras de congressos, representantes da hospitalidade, promotoras de feiras, venues, empresas fornecedoras, além dos secretários Patrícia Ellen, do Desenvolvimento Econômico do Estado de SP, e Vinícius Lummertz, de Turismo e Viagens do Estado de São Paulo.

“Muito mais do que falar sobre o futuro dos eventos, a EXPO RETOMADA traz um modelo para o nosso estado, o Brasil e o mundo. O mundo está em luta para saber qual é o modelo ideal. Países estão tendo que retroceder na retomada porque abriram mão cedo demais dos protocolos.  E o simbolismo de fazer o evento em Santos, uma das cidades com a menor ocupação de UTI e 80% da população vacinada, num local com valor econômico importante e estratégico para os eventos. Os eventos presenciais vão ser muito importantes, todos estamos carentes de interações humanas e dar esse passo de forma responsável é fundamental. Se precisar retroceder, o faremos, mas a meta é seguir em frente”, afirmou a secretária Patrícia Ellen.

Na opinião dela, a pandemia trouxe diversos aprendizados para o setor. “Antes a dinâmica era quantos cartões você trocou, a pandemia nos trouxe o aprendizado de valorizar a interação humana, a qualidade dessa interação e a nossa responsabilidade de fazer isso de uma forma segura. Com a pandemia, as projeções para 2025 aconteceram em um ano. Tivemos mudanças que nenhum de nós previu. O vírus me ensinou a ser humilde. Passamos a estar mais presentes nas interações, até online, passamos a valorizar mais essas interações. E isso é uma possibilidade grande para o setor de eventos. A tecnologia trouxe o conceito de hub – estar presente, mas com todas as pessoas conectadas, canais cobrindo, experiências etc. Oportunidade de respeitar as diferentes necessidades”, pontuou.

“Foi inspirador ver a dedicação, o compromisso e o respeito das empresas envolvidas neste evento. Essa frente de eventos modelo foi feita exatamente para reconhecer bons exemplos, como o de vocês. Precisamos mostrar que dá para cumprir os protocolos de forma segura e participarmos presencialmente. Queremos levar essa esperança com muita responsabilidade para todos os que nos acompanham hoje”, finalizou a secretária de Desenvolvimento Econômico de São Paulo.

A EXPO RETOMADA continua nesta quinta-feira (22), no Santos Convention Center, a partir das 11h. O evento é voltado para os players do setor de eventos de negócios. Outros detalhes: www.exporetomada.com.br

A EXPO RETOMADA 2021 tem realização da ABEOC Nacional – Associação Brasileira das Empresas de Eventos, ABRACE – Associação Brasileira de Cenografia e Estandes, Santos Visitors & Convention Bureau, SINDIPROM|SP – Sindicato das Empresas de Promoção, Organização e Montagem de Feiras, Congressos e Eventos do Estado de São Paulo, e UBRAFE – União Brasileira de Feiras e Eventos de Negócios. Curadoria e organização: Live Marketing Consultoria e Rede Feiras. Comitê Gestão Biosegurança: ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, ABRALIMP – Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional e Secretarias de Saúde do Estado e Município de Santos.  Apoio: ABEOC, ABAV – Associação Brasileira de Agências de Viagens, ABNT, ABRALIMP, Adibra – Associação de Empresas de Parques de Diversões do Brasil, ADVB – Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil, ALAGEV – Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas, AMPRO – Associação de Marketing Promocional / Live Marketing, APAS – Associação Paulista de Supermercados, FHOB – Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil, FESESP – Federação de Serviços do Estado de São Paulo, Sindepat – Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas, ABH Nacional , Unedestinos – União Nacional de CVBs e Entidades de Destinos e Visite São Paulo.

Continue lendo