Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

IBM leva pela primeira vez HackaTruck MakerSpace para Universidade de São Paulo

Publicado

em

Laboratório móvel de tecnologia chega ao campus Cidade Universitária para capacitar gratuitamente alunos em Programação Swift, Cloud, Inteligência Artificial e Internet das Coisas

Após passar por seis universidades por todo o Brasil, o HackaTruck MakerSpace, laboratório móvel que roda o país para capacitar estudantes de ensino superior em novas tecnologias, chega pela primeira vez à Universidade de São Paulo (USP). O caminhão itinerante é um projeto de educação da IBM com apoio da Apple e Flex, e execução do Instituto Eldorado, e disponibilizará o curso aos alunos no campus Cidade Universitária até o dia 20 de setembro.

Mais de 700 alunos dos cursos de Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC) da USP participaram de uma primeira fase à distância e 56 pessoas foram selecionadas para cursar a etapa presencial no laboratório móvel que está estacionado no campus, onde terão aulas focadas na linguagem de programação Swift e tecnologias voltadas a Inteligência Artificial, Cloud e Internet das Coisas. Além disso, o HackaTruck MakerSpace vem inspirado pelo conceito maker com seu laboratório móvel constituído como um makerspace, ou seja, um espaço onde os alunos criam e desenvolvem protótipos relacionados aos temas estudados. Ao final do curso, os estudantes, que estão divididos em duas turmas de 28 cada, produzirão um total de até 14 protótipos.

Segundo estudo do IBV sobre a escassez de competências, nos próximos 3 anos, 7,2 milhões de trabalhadores no Brasil precisarão ser capacitados novamente como resultado do impacto da utilização de inteligência artificial e automação inteligente no mercado de trabalho. Além disso, apenas 41% dos CEOs entrevistados em todo o mundo têm as pessoas, habilidades e recursos necessários para executar suas estratégias de negócios

“A democratização da educação é um de nossos pilares, por isso seguimos investindo em projetos para fomentar a capacitação de futuros profissionais”, afirmou Carlos Hopf, Executivo de Operações da IBM Brasil. “Por meio do HackaTruck, conseguimos levar as novas tecnologias, como cloud, IA e internet das coisas, para acelerar a maneira como os alunos aprendem e desenvolvem as habilidades que os preparam para as profissões do futuro, ajudando a diminuir a escassez de habilidades que temos no Brasil e atendendo às necessidades e demandas do mercado. “

Realizado no Brasil desde 2015, o HackaTruck MakerSpace é um laboratório móvel que roda o país para capacitar estudantes de cursos relacionados à tecnologia da informação. O caminhão itinerante já percorreu mais de 60 mil km e permitiu que mais de seis mil alunos tivessem acesso às aulas e aos workshops oferecidos de forma gratuita pelo programa. Neste ano, a iniciativa já passou por seis universidades brasileiras, nos estados do Paraná (UNISEP), Bahia (SENAI Cimatec), Pernambuco (UFPE), Ceará (UNIFOR), Pará (UFPA) e Mato Grosso do Sul (UFMS). Após a USP, o caminhão itinerante da IBM seguirá para o Rio de Janeiro (UFRJ) e terminará o ano voltando ao Paraná (UTFPR).

Mais informações estão disponíveis por meio do link: hackatruck.com.br/

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Chilli Beans celebra a influência de Michael Jackson na moda em novo lançamento

Publicado

em

A Chilli Beans, maior rede especializada em óculos de sol da América Latina, lança a coleção inspirada em um dos ícones culturais mais importantes e influentes de todos os tempos, além de um dos maiores artistas da história da música: Michael Jackson. Fãs e admiradores do Rei do Pop poderão adquirir modelos exclusivos de óculos de sol, óculos de prescrição e relógios, inspirados pelo estilo único e icônico do superstar.

Com produtos que apresentam elementos e referências ao estilo do astro, a coleção Michael Jackson by Chilli Beans é uma homenagem ao legado icônico do maior entertainer do mundo. Cada peça foi cuidadosamente projetada para transmitir a energia, ousadia e originalidade que Michael incorporava em sua maneira de se vestir. A marca o reverencia com modelos que apresentam cores no espírito vibrante do artista e incorporam elementos característicos de seu estilo, como cristais – que eram essenciais em seus casacos e outras peças de roupa -, zíperes e outros adereços metálicos.

“Música e moda são dois pilares muito importantes para a Chilli Beans. Desde o início, sempre buscamos criar produtos que transmitissem energia, estilo e atitude. Com a coleção Michael Jackson, queremos levar essa paixão pelo pop internacional e sua influência como um dos maiores ícones para todo o público. Nossos consumidores podem esperar óculos cheios de referências e detalhes incríveis que farão a diferença”, diz Caito Maia, fundador da Chilli Beans.

Continue lendo

Empresa

Jornalistas se unem para criar consultoria focada na creator economy

Publicado

em

Chega ao mercado um novo formato de consultoria, totalmente voltado para a chamada Creator Economy. A iniciativa é fruto da experiência de mais de 10 anos dos jornalistas Daniel Lopes e Paula Grinover, que se uniram para criar a Creator Economy House, especializada em ajudar marcas, criadores, plataformas, agências e o mundo corporativo a navegarem na economia criativa, a empresa combina estratégias tradicionais e digitais para o desenvolvimento de audiências, novos negócios e reputação.

“A ideia para a criação da nova empresa surgiu naturalmente a partir das demandas do mercado, quando criadores e marcas nos procuravam para resolver questões específicas dentro de suas realidades”, explica Daniel Lopes, que atualmente lidera projetos de social branding e creative PR.

Com apenas três meses, a empresa já fechou contratos com clientes como a plataforma de design Canva; Oppo, uma das principais fabricantes de celulares do mundo; a grife de moda Reserva; a Nappô, marca da criadora e empresária Bia Napolitano; e grandes criadores como Brian Baldrati (@isthisreal), Gue Oliveira (@gueoliveira) e Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar), entre outros.

“Nosso objetivo é atender quem precisa atuar neste mercado e enfrenta obstáculos dos mais variados, desde a estratégia de conteúdo em redes sociais, passando pelo reposicionamento de marca para vender melhor nesse ambiente, até grandes empresas que necessitam de projetos estruturados e bem gerenciados, envolvendo criadores de conteúdo, publicidade e estratégias de imagem e reputação”, afirma Paula Grinover, sócia da Creator Economy House.

Continue lendo