Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

GLP leva para a Intermodal tecnologia de ponta para apresentar seus condomínios logísticos

Publicado

em

Marca é a primeira do mercado imobiliário logístico a apresentar seus produtos em realidade mista

A GLP, líder global em instalações logísticas modernas presente em oito países apresentou de forma inovadora o seu portfólio na 24ª Intermodal South America. Depois de lançar a primeira viagem com realidade virtual em condomínios logísticos no Brasil na edição anterior, a GLP apresenta mais uma novidade. Pela primeira vez no País, uma empresa do mercado imobiliário logístico apresentou uma maquete com realidade virtual e aumentada, uma experiência imersiva em realidade mista.

Foram duas atrações principais no estande da GLP. A primeira delas é o GLP Holographic Views, que apresentou a maquete virtual do empreendimento GLP Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, último lançamento da empresa. Quando totalmente concluído, o GLP Duque de Caxias será um dos maiores do país, com 342 mil m² de área total. Os dois galpões concluídos recentemente somam 60 mil m².

O visitante usou óculos de realidade mista, que unifica a realidade virtual com a realidade aumentada, ou seja, projeta imagens tridimensionais e não isola usuário do ambiente. Com o GLP Holographic Views é possível fazer um tour completo pelo empreendimento sem sair de São Paulo. Além disso, o visitante pode interagir com hot points, que oferecem informações adicionais do GLP Duque de Caxias e até levantar o teto do galpão para observar as características e diferenciais da área interna.

A segunda atração da GLP foi um game de realidade virtual. A tecnologia permitiu transportar o visitante para dentro de um dos galpões da empresa de forma lúdica. Sentado em um carrinho que será simulado virtualmente, o usuário pode conhecer os diferenciais do galpão GLP para que ao final possa marcar pontos de acordo com o aproveitamento das posições pallets. Segundo Mauro Dias, presidente da GLP no Brasil, “O objetivo é mostrar o nível de aproveitamento e eficiência que os empreendimentos GLP oferecem para as operações dos clientes.” O game tangibiliza o que a GLP vem enfatizando ao mercado: a importância de analisar um galpão além do custo do metro quadrado.

“Todos os anos nós trazemos uma novidade tecnológica para a Intermodal. Proporcionamos aos visitantes uma experiência única e de interação imersiva com os nossos produtos, muito perto da realidade. É uma pequena amostra de como a inovação está incorporada no dia a dia da GLP”, explica Mauro Dias.

Continue lendo

Digital

Rocky.Monks é o mais novo parceiro da JustForYou

Publicado

em

A agência digital full service Rocky.Monks, em mais uma movimentação de mercado, fecha uma nova parceria com a JustForYou, maior marca de personalização de produtos de hair care da América Latina. Com início neste ano, a parceria visa aumentar os resultados em mídias pagas, expandindo a marca  e ajudando na divulgação das novidades da empresa.

“Nosso time de Mídias Pagas já está a todo vapor. Para nós, é de suma importância parcerias com grandes empresas como é o caso da JustForYou, e tenho certeza de que, com um bom trabalho do nosso time, vamos atingir ótimos resultados para que essa parceria dure por muitos anos”, explica Daniela Gebara, sócia fundadora e diretora comercial da Rocky.Monks.

A JustForYou é mais um grande cliente como Telhanorte e Loungerie, que também compõem a carteira de mais de 80 clientes da Rocky.Monks. Além disso, em 2021, a agência foi reconhecida como uma das melhores agências de comunicação para se trabalhar pelo GPTW.

Continue lendo

Digital

Monetização de dados é componente importante da Transformação Digital que movimentará US$ 2,3 trilhões até 2032

Publicado

em

O conceito Data Driven e a consequente monetização desses dados cresce exponencialmente e cada vez mais deve fazer parte dos negócios em todos os níveis. O mercado de transformação digital vai movimentar US$ 2,3 trilhões até 2032, com crescimento médio de 14,2% ao ano, de acordo com o relatório Market Research Report da Fact.MR. Apenas este ano, a expectativa é de que o segmento atinja US$ 621 bilhões. A consultoria Forrester avalia que as empresas que são Data Driven estão crescendo 30% ao ano.

O consultor Caio Cunha, presidente da WSI Master Brasil e membro do Global WSI Internet Consultancy Advisory Board, afirma que o novo modelo significa sobrevivência no mercado. “Ser Data Driven hoje é um diferencial competitivo. Muitos dos concorrentes já adotam e os que não adotarem vão sair do mercado. Cada vez mais os clientes querem ações mais inteligentes”, sentencia o consultor.

Cunha explica que a empresa que é Data Driven usa uma base de dados estruturada, com informações concretas para a tomada de decisões, apoiada em ferramentas de Business Inteligence, inteligência de negócios na tradução. O sistema usa grande quantidade de dados de maneira rápida, segura e eficiente.

“Monetizar esses dados passou a ser interessante. Essas tecnologias podem ser usadas para reduzir custos com automação de tarefas, aumentar receitas identificando e servindo melhor os clientes, atrair mais clientes com engajamento reduzindo esforços, ser mais pessoal e melhorar qualidade dos serviços sem aumentar a equipe”, afirma o consultor.

Continue lendo