Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

Gastos de e-commerce com publicidade mobile supera a de desktops

Publicado

em

Levantamento da SEMrush mostra tendências de marketing digital para lojas virtuais. Investimentos giram em torno de US$ 1.000 com anúncios

A SEMrush, líder mundial em marketing digital e fornecedora de ferramentas de monitoramento online, anuncia os resultados de uma pesquisa realizada mundialmente com mais de 8 mil sites de comércios eletrônicos, divididos em 13 categorias. O estudo identificou as principais tendências de marketing digital para 2018.

Com a proposta de coletar informações sobre fontes de tráfego, quantia investida em publicidade, tipo e tamanho de anúncios gráficos, assim como os dispositivos visualizados, as palavras e frases mais populares, entre outros aspectos do e-commerce mundial, o estudo revelou que os gastos em publicidade digital para dispositivos móveis foram consideravelmente superiores (85,39%) aos voltados para desktops (14,81%).

Partindo da divisão do total de sites estudados em diversas categorias – como alimentação, eletrônicos, vestuários, livros e viagens -, a pesquisa da SEMrush registrou que mais de 50% das lojas online que fizeram parte do estudo investiram em torno de U$ 1.000 em publicidade paga. A segunda maior faixa de gastos com anúncios foi de US$ 10.000 a U$ 50.000; Do total, cerca de 15% dos e-commerce gastaram entre US$ 1.000 e US$ 5.000.

Dentre as categorias analisadas, marcas do segmento de “Moda e Vestuário” são as que mais investem em anúncios pagos, com 81% do orçamento total acima de US$ 10.000, seguida por “Livros” (80%) e “Casa e Jardim” (47%).

O estudo ainda aponta que o tráfego direto é a principal forma como os clientes acessam os sites de e-commerce: o formato corresponde a 42,18% dos acessos, seguido por ferramentas de pesquisas, responsáveis por 40,1%. Um dado interessante revelado pelo estudo é que, embora haja intensos investimentos sendo feitos pelas marcas em redes sociais, os consumidores estão clicando pouco em sites pelas redes sociais, sendo que apenas 2,92% deles chegam aos sites de e-commerce por este caminho.

“As estratégias em relação ao e-commerce têm mudado globalmente e o Brasil não fica de fora dessa estatística. Este mercado encontra-se em pleno crescimento e a principal mudança que notamos é a preferência pelos dispositivos móveis, evidenciada por esse aumento de investimento em publicidade mobile, em comparação aos gastos com anúncios em desktops”, comenta Maria Chizhikova Marques, coordenadora do Mercado Brasileiro da SEMrush.

A pesquisa da SEMrush também listou os termos que mais envolvem emoções nos anúncios e despertam a curiosidade dos consumidores. A frase mais usada é “frete grátis”, seguida de “sem juros” e “melhor preço”. O estudo destaca ainda que os e-commerce apostam em algumas táticas para ativar os gatilhos emocionais que fazem os consumidores comprarem, como mencionar garantias e fazer chamadas que transmitam sensação de urgência.

Continue lendo

Digital

Raccoon.Monks vai atuar no desenvolvimento de e-commerces via VTEX

Publicado

em

A transformação digital acelerada provocou um crescimento exponencial das compras online, bem como o surgimento de diversos novos e-commerces. Segundo um estudo do PayPal, no último ano, 789 novas lojas virtuais foram criadas por dia no Brasil. Outro dado, da ConQuist Consultoria, mostrou que 71% dos brasileiros preferem comprar online do que fisicamente. Tais números mostram a força do e-commerce para o varejo nacional.

Sempre atenta nas movimentações de mercado, a agência digital full service Raccoon.Monks, uma das maiores da América Latina, oferece um novo serviço:  o desenvolvimento completo de e-commerces por meio da plataforma VTEX, uma das mais completas soluções disponíveis na área.

A agência escolheu a VTEX após estudos e feedbacks coletados com os parceiros e times de performance. “Atuamos com Desenvolvimento Web desde 2017, criando sites, blogs e Landing Pages para clientes como Nubank, iFood e MRV. Além disso, nos baseamos em performance e a VTEX se mostrou uma plataforma robusta, que garante toda infraestrutura para o bom funcionamento do e-commerce, incluindo segurança, escalabilidade e estabilidade, mesmo em picos de acessos ao site”, explica Luiz Fernando Bacellar, gerente de Tecnologia da Raccoon.Monks.

Outro benefício da plataforma é a tecnologia VTEX IO, que permite o desenvolvimento focado na experiência do usuário, já que a interface da loja independe do back-end (a estrutura e os códigos do servidor, que não são vistos pelo internauta). Isso facilita atualizações, além de trazer funcionalidades que podem ser aproveitadas na estratégia, como, por exemplo, a feature Live Shopping – ferramenta de transmissão e venda ao vivo.

O modelo de trabalho que a Raccoon.Monks oferece para criar e-commerces é completo. O início é na etapa Discovery, na qual é feito um mapeamento da jornada do usuário no site e das integrações que serão realizadas. Em seguida, vem a criação de wireframes e mockups, o desenvolvimento, a manutenção e o lançamento da loja virtual. Há, ainda, as estratégias de Data Analytics, SEO (otimização para mecanismos de busca), CRO (otimização da taxa de conversão) e mídias após o lançamento, para alavancar resultados de vendas.

O novo serviço busca tanto empresas que já possuem e-commerce e estão insatisfeitas com a performance, quanto empreendedores que estão iniciando, mas que já consideram a loja virtual como pilar da estratégia digital e omnichannel.

“Quando o site é desenvolvido desde o princípio para ser otimizado e com o tracking implementado corretamente, as estratégias de mídias, SEO e CRO se tornam muito mais eficientes em menos tempo. Buscamos oferecer uma solução de ponta a ponta para maximizar os resultados, a partir do desenvolvimento completo do e-commerce, para assim garantir uma base sólida para as estratégias de performance de nossos parceiros”, conta Bacellar.

Continue lendo

Digital

Riachuelo inova com inclusão digital e empoderamento dos clientes com autoatendimento

Publicado

em

Inovação, dinamismo e agilidade garantem à Riachuelo o posto de uma das maiores empresas de moda do Brasil. Mas foi na digitalização do atendimento ao cliente que a rede com mais de 360 lojas físicas, e-commerce, marketplace com mais de 170 sellers e 30 milhões de clientes no cartão Riachuelo, ganhou destaque em 2021.

Em abril do último ano, a Riachuelo decidiu oferecer o serviço de autoatendimento para seus clientes e escolheu a plataforma colaborativa DialMyApp, que digitaliza as ligações para centrais de atendimento e convida o cliente a olhar para a tela do seu smartphone. Lá o cliente encontra menus com variadas opções de autosserviço que solucionam problemas como segunda via da fatura do cartão, limite e desbloqueio do cartão, alterações cadastrais e outros serviços, sempre de forma digital e eliminando filas de espera no atendimento telefônico.

A plataforma DialMyApp é um hub digital que une todas as opções para atender seus clientes, que podem decidir seguir para: o atendimento humano, ir para o WhatsApp, seguir para o chat ou ficar no menu digital e ter uma excelente experiência de atendimento.

Segundo Keegan Nylander, Gerente de Grupo de Produtos de Crédito, Cobrança, CRM, WhatsApp e Atendimento da Midway, empresa financeira do Grupo Guararapes, controlador das lojas Riachuelo, o grande diferencial da plataforma DialMyApp é a forma didática como ela orienta o cliente a aderir ao atendimento digital. “Você pode ter todos os seus canais de atendimento digitalizados, mas ainda existe uma grande parcela da população que não sabe utilizá-los, quando o assunto é comercial. Enxergamos a plataforma como uma excelente oportunidade de educar digitalmente nossos clientes e ajudá-los a vivenciar uma excelente experiência”.

Continue lendo