Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

Gastos de e-commerce com publicidade mobile supera a de desktops

Publicado

em

Levantamento da SEMrush mostra tendências de marketing digital para lojas virtuais. Investimentos giram em torno de US$ 1.000 com anúncios

A SEMrush, líder mundial em marketing digital e fornecedora de ferramentas de monitoramento online, anuncia os resultados de uma pesquisa realizada mundialmente com mais de 8 mil sites de comércios eletrônicos, divididos em 13 categorias. O estudo identificou as principais tendências de marketing digital para 2018.

Com a proposta de coletar informações sobre fontes de tráfego, quantia investida em publicidade, tipo e tamanho de anúncios gráficos, assim como os dispositivos visualizados, as palavras e frases mais populares, entre outros aspectos do e-commerce mundial, o estudo revelou que os gastos em publicidade digital para dispositivos móveis foram consideravelmente superiores (85,39%) aos voltados para desktops (14,81%).

Partindo da divisão do total de sites estudados em diversas categorias – como alimentação, eletrônicos, vestuários, livros e viagens -, a pesquisa da SEMrush registrou que mais de 50% das lojas online que fizeram parte do estudo investiram em torno de U$ 1.000 em publicidade paga. A segunda maior faixa de gastos com anúncios foi de US$ 10.000 a U$ 50.000; Do total, cerca de 15% dos e-commerce gastaram entre US$ 1.000 e US$ 5.000.

Dentre as categorias analisadas, marcas do segmento de “Moda e Vestuário” são as que mais investem em anúncios pagos, com 81% do orçamento total acima de US$ 10.000, seguida por “Livros” (80%) e “Casa e Jardim” (47%).

O estudo ainda aponta que o tráfego direto é a principal forma como os clientes acessam os sites de e-commerce: o formato corresponde a 42,18% dos acessos, seguido por ferramentas de pesquisas, responsáveis por 40,1%. Um dado interessante revelado pelo estudo é que, embora haja intensos investimentos sendo feitos pelas marcas em redes sociais, os consumidores estão clicando pouco em sites pelas redes sociais, sendo que apenas 2,92% deles chegam aos sites de e-commerce por este caminho.

“As estratégias em relação ao e-commerce têm mudado globalmente e o Brasil não fica de fora dessa estatística. Este mercado encontra-se em pleno crescimento e a principal mudança que notamos é a preferência pelos dispositivos móveis, evidenciada por esse aumento de investimento em publicidade mobile, em comparação aos gastos com anúncios em desktops”, comenta Maria Chizhikova Marques, coordenadora do Mercado Brasileiro da SEMrush.

A pesquisa da SEMrush também listou os termos que mais envolvem emoções nos anúncios e despertam a curiosidade dos consumidores. A frase mais usada é “frete grátis”, seguida de “sem juros” e “melhor preço”. O estudo destaca ainda que os e-commerce apostam em algumas táticas para ativar os gatilhos emocionais que fazem os consumidores comprarem, como mencionar garantias e fazer chamadas que transmitam sensação de urgência.

Continue lendo

Digital

Peppery conquista Locaweb

Publicado

em

A Locaweb, pioneira em soluções B2B para transformação digital no Brasil, escolheu a Peppery como sua nova agência de social media. A decisão foi tomada após processo de concorrência conduzido em formato 100% digital, com reuniões e apresentações realizadas remotamente.

“Para nós, desde sempre, tudo é digital. Por isso, foi até natural conduzir esta concorrência de um jeito não presencial. A Peppery de fato mostrou o melhor escopo de trabalho e acreditamos em uma parceria duradoura”, detalha Vinicius Koch, gestor de comunicação & branding da Locaweb.

“Estamos felizes demais por começar essa história mesmo em tempos tão complicados. Desde o início sentimos uma sinergia muito grande com o time da Locaweb e tenho certeza de que vamos fazer grandes trabalhos, indo muito além do always on tradicional para ser realmente relevantes”, completa Luis Maia, CEO da Peppery.

Um bom exemplo é o primeiro projeto realizado pela nova parceria: “A Chefa tá On”. Lançada como teaser no Dia Internacional da Mulher, a plataforma irá ajudar empreendedoras selecionadas com uma consultoria completa para elevar os seus negócios. O acompanhamento acontecerá nas redes sociais da Locaweb e será coordenado pela Peppery.

Continue lendo

Digital

Marketing é para todos

Publicado

em

É inegável que nos últimos anos houve uma invasão das redes sociais tanto em nossa vida pessoal quanto no trabalho e a especialista em Marketing e comportamento de consumi, Fátima Bana, explica que há muito mais por trás dos tão falados algoritmos das redes sociais.

Não basta apenas aparecer nas plataformas de buscas para garantir o cliente ou a venda. “Afinal, de que adianta investir rios de dinheiro em captação e geração de leads, se a operação ainda tem problemas e não entrega (o serviço ou produto) com o mínimo esperado? Já pensaram nisso?”, explica Fátima Bana.

Ao falar sobre isso, a especialista se refere a todo o funil de Growth, reforçando que não adianta focar apenas em acompanhar os números online e esquecer que outros pontos são super importantes. O comportamento do cliente vai muito além do que observamos nos dashs. O marketing digital acaba entregando números interessantes, reduz o CAC, só que com isso ele acaba comprando sempre os mesmos clientes pela performance, sendo com a estratégia esse poderia estar vindo sem custo algum, já que comprou o produto. “Eis o segredo de ir além dos números e atuar na linha de frente, em agir como seu cliente age e criar uma experiência focada com a que ele quer ter” – resume.

Conhecer os clientes é o primordial, mas humanizar as relações (mesmo que a distância) é o que garante a recorrência. “É claro que não podemos deixar os algoritmos de lado, eles são ferramentas indispensáveis. É Eles oferecem um parâmetro para todas as ações, são responsáveis por definir as métricas de avaliação e de performance, mas quem foco apenas neles, tá perdendo espaço” – afirma.

Estamos vivendo uma geração de demanda do office que não está sendo valorizada. Acreditamos que todos os consumidores são iguais, que possuem um comportamento parecido, mas não é bem assim, não vivemos em bolhas! As marcas precisam entender que cada cliente é único, e começar a aliar uma estratégia de aquisição e fidelização do consumidor com uma estratégia de comunicação.

“Engana-se quem acha que só porque está em um ambiente virtual, não há necessidade de oferecer uma experiência diferente em uma, ou em todas as etapas de compra. Conhecer o passo a passo dessa jornada pode ser crucial para fechar o caixa de maneira positiva e, principalmente, para reter, fidelizar, ser admirado e recomendado pelo seu público”, finaliza Fatima Bana.

Continue lendo