Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Ferramenta analisa fotos para identificar os perfis dos pais dos seriados de TV

Publicado

em

Solução que combina expertise e inteligência artificial ajuda marcas a descobrir se elas estão transmitindo o posicionamento correto

Você conseguiria identificar e descrever de cara seu pai? Suas características principais, seu jeito? Com o avanço tecnológico e aprimoramento da inteligência artificial, é possível analisar as características de uma pessoa com a ajuda de imagens. Para mostrar essa possibilidade e com a chegada do Dia dos Pais (11/8), a Kantar utilizou sua solução NeedScope para tentar avaliar os tipos dos pais mais conhecidos das séries de TV, como Ned Stark de Game of Thrones e Ross Geller de Friends.

O NeedScope usa técnicas projetivas específicas e relacionadas aos arquétipos de Jung para poder desvendar a emoção por trás de uma marca. Ele também combina a expertise de profissionais e um sistema de inteligência artificial para identificar se uma marca está transmitindo o posicionamento desejado, se este é consistente ao longo do tempo.

Ele agrupa as características dos arquétipos da psicologia analítica, divididos em cores – amarelo laranja, marrom, azul, roxo, vermelho – sendo possível diagnosticar as simbologias dentro das peças de comunicação, por exemplo.

Dentro dessa análise, o NeedScope ajudou a identificar os seis tipos de pais dentro desses arquétipos:

Pai de Amarelo: Divertido, engraçado, que se entretém muito junto às crianças. Senta no chão, brinca de aviãozinho. Sente que o mais importante é deixar memórias positivas e alegres e que seu filho experimente de tudo e busque a felicidade como meta principal.

Pai de Laranja: Tranquilo, traz harmonia para casa, participa das brincadeiras das crianças. Esforçam-se para serem melhores. Vai à escola, está junto. Sente que o mais importante é que o filho se sinta parte do todo, unido aos laços da família e que siga sendo simples e se esforçando para ser melhor como pessoa.

Pai de Marrom Gentil, cuida e protege. É um pai que valoriza a família e as tradições e gostaria que seu filho seguisse esse mesmo caminho. Preocupa-se em transmitir seus valores sobre a natureza e o mundo. Gostaria que ele fosse mais sensível ao outro e tivesse um olhar especial sobre o mundo

Pai de Azul: Procura mostrar o mundo por meio de diferentes óticas de conhecimento para o filho, é planejado e tem tudo sob controle. É um pai que gostaria que o filho tivesse amor aos estudos e ao trabalho, porque é por meio deles que acredita que uma pessoa pode melhor se desenvolver. Transmite ao filho que é importante ser curioso e buscar sempre mais, sempre se superar.

Pai de Roxo: Faz questão de dar o melhor para sua família, melhores escolas, melhores roupas e brinquedos. Sente que é importante que o filho saiba que é necessário esforço para estar à frente e só os líderes chegam lá. Afirma sempre a importância de viajar, estudar, ter certificações, se diferenciar dos outros.

Pai de Vermelho: Leva as crianças para se aventurar, para romper fronteiras. Valoriza atividades ao ar livre e destaca a importância do corpo estar sempre ativo. Sente que é importante abrir seu filho às conexões com o mundo e mostrar que a liberdade e a busca da autenticidade, ir atrás do que se coloca como meta, é o melhor caminho para se superar, chegar mais longe.

Com a ajuda de um modelo de IA baseado em redes neurais e conhecimento profundo, o NeedScope analisa imagens por meio do simbolismo arquetípico. Como no exemplo abaixo, do personagem Don Drapper, do seriado Mad Men:

Uma imagem contendo pessoa, homem, céu Descrição gerada automaticamente

Por fim, usando o modelo e expertise por trás do NeedScope, foi possível identificar os pais das séries de TV dentro dessas características:

O papel da análise de posicionamento de marca

Nesse exercício, utilizamos o NeedScope para identificar traços de personalidades de personagens que por serem conhecidos de suas séries, comprovam que a ferramenta consegue avaliar corretamente se eles estão conseguindo transmitir suas características.

Ter esse tipo de conhecimento também é essencial para uma marca saber se sua comunicação, peças publicitárias, postagens em redes sociais, estão realmente transmitindo os valores dela. O NeedScope pode avaliar se a percepção que ela tem dela mesma está alinhada àquela tida pelo público-alvo.

“Uma marca que possui um posicionamento claro, tem força perante os concorrentes e conquista o melhor espaço na emoção do seu consumidor”, Karina Collenghi, diretora de contas da Kantar Brasil e especialista na ferramenta NeedScope. “Ao se posicionar, uma marca mostra sua personalidade, sua missão e sua realidade de forma a chamar a atenção de consumidores que possuem a mesma personalidade, a mesma emoção. No contraponto, uma marca que não se posiciona, fica frágil e pode perder espaço de forma rápida para um competidor que tenha clareza em suas ações.”

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Chilli Beans celebra a influência de Michael Jackson na moda em novo lançamento

Publicado

em

A Chilli Beans, maior rede especializada em óculos de sol da América Latina, lança a coleção inspirada em um dos ícones culturais mais importantes e influentes de todos os tempos, além de um dos maiores artistas da história da música: Michael Jackson. Fãs e admiradores do Rei do Pop poderão adquirir modelos exclusivos de óculos de sol, óculos de prescrição e relógios, inspirados pelo estilo único e icônico do superstar.

Com produtos que apresentam elementos e referências ao estilo do astro, a coleção Michael Jackson by Chilli Beans é uma homenagem ao legado icônico do maior entertainer do mundo. Cada peça foi cuidadosamente projetada para transmitir a energia, ousadia e originalidade que Michael incorporava em sua maneira de se vestir. A marca o reverencia com modelos que apresentam cores no espírito vibrante do artista e incorporam elementos característicos de seu estilo, como cristais – que eram essenciais em seus casacos e outras peças de roupa -, zíperes e outros adereços metálicos.

“Música e moda são dois pilares muito importantes para a Chilli Beans. Desde o início, sempre buscamos criar produtos que transmitissem energia, estilo e atitude. Com a coleção Michael Jackson, queremos levar essa paixão pelo pop internacional e sua influência como um dos maiores ícones para todo o público. Nossos consumidores podem esperar óculos cheios de referências e detalhes incríveis que farão a diferença”, diz Caito Maia, fundador da Chilli Beans.

Continue lendo

Empresa

Jornalistas se unem para criar consultoria focada na creator economy

Publicado

em

Chega ao mercado um novo formato de consultoria, totalmente voltado para a chamada Creator Economy. A iniciativa é fruto da experiência de mais de 10 anos dos jornalistas Daniel Lopes e Paula Grinover, que se uniram para criar a Creator Economy House, especializada em ajudar marcas, criadores, plataformas, agências e o mundo corporativo a navegarem na economia criativa, a empresa combina estratégias tradicionais e digitais para o desenvolvimento de audiências, novos negócios e reputação.

“A ideia para a criação da nova empresa surgiu naturalmente a partir das demandas do mercado, quando criadores e marcas nos procuravam para resolver questões específicas dentro de suas realidades”, explica Daniel Lopes, que atualmente lidera projetos de social branding e creative PR.

Com apenas três meses, a empresa já fechou contratos com clientes como a plataforma de design Canva; Oppo, uma das principais fabricantes de celulares do mundo; a grife de moda Reserva; a Nappô, marca da criadora e empresária Bia Napolitano; e grandes criadores como Brian Baldrati (@isthisreal), Gue Oliveira (@gueoliveira) e Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar), entre outros.

“Nosso objetivo é atender quem precisa atuar neste mercado e enfrenta obstáculos dos mais variados, desde a estratégia de conteúdo em redes sociais, passando pelo reposicionamento de marca para vender melhor nesse ambiente, até grandes empresas que necessitam de projetos estruturados e bem gerenciados, envolvendo criadores de conteúdo, publicidade e estratégias de imagem e reputação”, afirma Paula Grinover, sócia da Creator Economy House.

Continue lendo