Conecte-se com a LIVE MARKETING

Agências

FACEBOOK + ARTEMISIA | Estação Hack na Estrada abre inscrições gratuitas para empreendedores de impacto em quatro cidades

Publicado

em

Empreendedores de Brasília, Manaus, Rio de Janeiro e Recife – que buscam mentoria para as startups de impacto social – terão a oportunidade de participar Estação Hack na Estrada, iniciativa do Facebook em parceria com a Artemisia. 

O Facebook e a Artemisia – organização pioneira no apoio a negócios de impacto social no Brasil – levarão um programa gratuito de mentoria para empreendedores de Brasília, Manaus, Rio de Janeiro e Recife, nos próximos mesesA iniciativa itinerante oferecerá apoio para startups de impacto social e ambiental dessas cidades. Além disso, um empreendedor de cada capital será convidado para uma vivência dentro da Estação Hack em São Paulo, primeiro centro para inovação do Facebook no mundo.

A programação de um dia do Estação Hack na Estrada foi formatada para disseminar a cultura empreendedora de impacto social. A iniciativa pretende movimentar o ecossistema de empreendedorismo das quatro capitais escolhidas para as primeiras edições de 2019, oferecendo para até 25 empreendedores locais atividades exclusivas que incluem mentoria individual, suporte para modelagem do pitch de negócios e feedback de especialistas. Para participar, as startups podem estar em qualquer fase de desenvolvimento, desde aquelas em estágio inicial até as mais avançadas.

Para Maure Pessanha, diretora-executiva da Artemisia, o projeto é norteado pelo objetivo de inspirar mais brasileiros a empreender com propósito social. “A cultura empreendedora tem avançado no Brasil e precisamos aproveitar esse contexto para apoiar uma nova geração de empreendedores que transformem os desafios sociais em oportunidades via produtos e serviços que possam resolver dores da população de menor renda. Nos quatro cantos do país há empreendedores interessados em transformar a realidade com inovação”, comenta.

O evento também terá parte de sua agenda aberta ao público interessado no tema de empreendedorismo e impacto social, com painéis com empreendedores acelerados pelo Facebook e Artemisia dentro da Estação Hack em São Paulo, que vão compartilhar suas experiências, barreiras e principais aprendizados em suas trajetórias. Além da mentoria para startups, no mesmo dia o Estação Hack na Estrada irá levar aulas gratuitas de programação para até 100 jovens de 16 a 25 anos em cada uma das cidades em parceria com a Mastertech, organização que atua no desenvolvimento de habilidades em tecnologia. As aulas serão focadas na construção de conhecimento em programação e os alunos irão aprender a construir seus próprios sites.

“O Facebook acredita no potencial do brasileiro e, ao levar algumas das experiências oferecidas pela Estação Hack em São Paulo a outras cidades do país, compartilhamos a essência do nosso centro de inovação que é gerar novas conexões e fortalecer o ecossistema de tecnologia e empreendedorismo local”, afirma Eduardo Lopes, diretor da Estação Hack.

As inscrições para startups e para plateia interessada no tema de empreendedorismo de impacto já estão abertas (agenda abaixo) e podem ser feitas por este site. Para participar das aulas de programação, interessados poderão se inscrever pelo link.

SERVIÇO

Estação Hack na Estrada – Empreendedorismo de Impacto pelo Brasil

Brasília
Data: 28 de março
Inscrições: até 17 de março para empreendedores; e 25 de março para plateia.

Manaus
Data: 26 de abril
Inscrições: até 14 de abril para empreendedores; e 24 de abril para plateia.

Rio de Janeiro
Data: 31 de maio
Inscrições: até 19 de maio para empreendedores; e 29 de maio para plateia.

Recife
Data: 28 de junho
Inscrições: até 16 de junho para empreendedores; e 26 de junho para plateia.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Agências

Bullet aposta em startups

Publicado

em

A Bullet, agência de comunicação e engajamento comandada por Fernando Figueiredo, cria modelo destinado exclusivamente para atender startups de tecnologia, como foodtechs, edtechs, fashiontechs, entre outras, com o objetivo de oferecer um custo de marketing sustentável para o estágio em que essas empresas se encontram: é o “Bullet 4 Equity”, uma mistura de prestação de serviço que envolve não só recursos internos da agência, como criação, planejamento, canais e produção, como parcerias com fundos de investimento e consultoria de gestão com board members plugados num modelo de clube.

O serviço é prestado em troca de uma remuneração mínima, mais equity, da empresa e todos os envolvidos nesta consultoria de marketing participam desse clube de gestão.

A Bullet acredita que branding e estratégias de geração de leads e conversão são fundamentais para empresas que precisam provar sua tese. “A agência vem sendo procurada por empresas que estão em estágio inicial e que apresentam um enorme potencial de desenvolvimento”, explica Fernando Figueiredo, CEO da Bullet.

A ideia desse modelo é apoiar empresas que crescem e ganham mercado, mas que ainda não possuem uma verba de marketing estruturada para contratar players ou investir em mídia na medida que precisam.

Com a alta demanda de projetos de startups durante a pandemia, a agência percebeu que poderia trabalhar com esses clientes e entregar mais do que comunicação. “É sobre ajudar as empresas a crescerem por meio de estratégias de marketing, criação de leads, distribuição, vendas, novos canais e oportunidades. Se acreditarmos que podemos agregar valor com nosso trabalho, podemos apostar mais no futuro do que cobrar no presente. Esse mercado tem potencial de crescimento vertical por envolver indústrias não só de comunicação. Além disso, no State, espaço de inovação onde a Bullet montou sua operação, estamos cercados de startups e empresas com foco em inovação. Estamos constantemente ouvindo essa demanda por parte das empresas e demos uma resposta a isso”, finaliza Figueiredo.

Continue lendo

Agências

WPP adquire uma das agências líderes de comércio eletrônico Corebiz

Publicado

em

A WPP anuncia hoje,18, que está adquirindo a Corebiz, uma das agências líderes de comércio eletrônico da América Latina especializada na implementação de VTEX, uma das maiores plataformas de comércio digital empresarial da região.

Fundada em 2013, a Corebiz emprega mais de 600 pessoas em toda a América Latina, com a maioria de seu quadro de funcionários baseado nos escritórios de São Paulo e Franca no Brasil. As operações brasileiras da empresa se juntarão à rede global VMLY&R COMMERCE, com outros postos regionais do negócio chegando a bordo ao longo do próximo ano.

A Corebiz conta com líderes do setor como Whirlpool, Casino Group, Walmart, Carrefour, Decathlon e Estée Lauder entre seus clientes. A empresa é especializada em uma variedade de soluções digitais de comércio eletrônico que cobrem três pilares principais: aquisição, desde a criação de elementos visuais para campanhas digitais impactantes até a condução de SEO direcionado; conversão, incluindo CRO e desenvolvimento full stack; e fidelidade, desde a implementação do sistema de CRM até o gerenciamento de dados do consumidor e a execução de campanhas promocionais direcionadas. Como especialista líder em implementação da VTEX, a agência ajuda os clientes a reduzir o tempo de lançamento no mercado, alcançar públicos em vários canais e descobrir novas áreas de crescimento na América Latina e no mundo.

Esta aquisição está em linha com a estratégia de crescimento acelerado da WPP e reflete o contínuo investimento no fortalecimento da oferta de serviços que conectam nossos clientes diretamente a seus consumidores, aproveitando a capilaridade já existente nas áreas de experiência, comércio e tecnologia. A WPP é classificada como uma empresa líder na Forrester Wave: Commerce Services, e já administra mais de US$ 40 bilhões em GMV direto e US$ 20 bilhões em GMV de mercado para clientes e emprega 13.500 especialistas em comércio em suas agências.

 

Continue lendo