Conecte-se com a LIVE MARKETING

Agências

De galerias a céu aberto às exposições internas, plataforma Instagrafite completa 8 anos transformando cidades e pessoas

Publicado

em

Bem além do grafite, a dupla visionária transcende a arte urbana no Brasil e no mundo através da curadoria e produção

Há cerca de dez anos, o bairro Wynwood Walls, referência no mundo de arte urbana em Miami, abriu a porta da inspiração para o grafite deixar de ser marginalizado e ilegal. “A arte urbana e o grafite foram descobertos no final dos anos 70. Desde então, o ponto de vista visionário de transformar espaços públicos em galerias a céu aberto evoluiu o conceito do muralismo no mundo, incluindo São Paulo. Empenas e pinturas se profissionalizaram para um formato mais autorizado, visando uma transformação nos bairros”, comenta Marina Bortoluzzi, sócia de Marcelo Pimentel, criadores do Instagrafite.

Dois anos depois dessa referência, o Instagrafite, um dos primeiros perfis no Instagram de arte do mundo, nasceu como uma galeria virtual colaborativa, impulsionando a cobertura da dupla como mídia nos principais festivais do circuito internacional de arte urbana. Os brasileiros não imaginavam que seria a porta para transformar cidades. Completando agora 08 anos com mais de 1 milhão de seguidores, se tornou uma plataforma independente e um dos maiores hubs de arte de atuação mundial.

Publicitários por formação e visionários pelo conceito disruptivo, o perfil empreendedor do Instagrafite firmou um modelo criativo que conecta a arte e inovação para grandes eventos, marcas, empresas e agências. “Ao longo dos anos e através da nossa presença online e física em tantos festivais importantes no mundo da arte, o Instagrafite transcendeu o formato além de mídia, para uma plataforma de curadoria, produção, product management e consultoria em diferentes formas de arte urbana, pública e contemporânea”, conta Marcelo. Na capital paulistana, já foram mais de 20 empenas produzidas pelo Instagrafite.

A mais recente empena estampa o projeto realizado para o Nubank, hoje a principal fintech da América Latina. Para expressar alguns pontos da cultura da empresa, o Instagrafite reproduziu a arte do designer Cezar Berger na nova sede da empresa na Rua Capote Valente, assumindo o mood em cores da marca.

Com execução do time especializado em reprodução de artes gráficas do Instagrafite, além da empena, a marca estendeu a arte para a parte interna do prédio do Nubank. A escadaria ganhou uma atmosfera inspirada no conceito dos metrôs de Nova York, com reprodução de throw-ups, bombs e graffiti em uma tinta especial, fluorescente, que brilha no escuro – tinta e materiais que o Instagrafite vem se especializando.

O ano de 2019 refletiu em oportunidades crescentes para ambos. Ganharam o Grand Prix de Mídia em Cannes na ação Air Max Graffiti Stores da Nike. Também foram responsáveis pela criação e curadoria da galeria de arte interativa “The Good Gallery” no metrô Consolação com manifesto da diversidade para sincronizar a estreia de uma série do Sony Channel.  Além de projetos para o Itaú, no Recife; Uliving, em São Paulo; e Spotify, em Goiânia. Uma das conquistas do ano foi também a consolidação e relação com prefeituras em todo o Brasil, iniciada com um festival para a de Itapevi, na Grande São Paulo, mas com outras possibilidades a serem reveladas em 2020.

“As agências e marcas estão mais atentas e inclinadas a investir em projetos mais duradouros, que deixam um legado à cidade, e a empena faz essa conexão positiva. Hoje há uma valorização do artista urbano que evolui muito na técnica e na capacidade de entender a estrutura grandiosa de um mural, uma casa ou prédio. Seja como arte pública ou como uma mídia diferente, autoral e conceitual, que entrega uma propaganda de forma nada convencional, saindo do óbvio, em um formato mais contemporâneo”, ressalta Marina.

Pelo viés artístico desvinculado de marcas, os caçadores de talentos assinaram recentemente a curadoria da nova edição do ‘Além da Rua”, festival internacional que acontece em Fortaleza, no Ceará, onde o Instagrafite convidou artistas nacionais e internacionais para transformar o mar em uma galeria de arte a céu aberto, com um conceito inédito no mundo de velas pintadas.

Para a dupla, o futuro da arte contemporânea contempla o formato “spect-actor” (espectador ator), no qual o observador interage e contribui de alguma forma para a obra de arte. Ações interativas e memórias afetivas podem envolver as comunidades dentro dos contextos da arte, tanto em espaços internos como na rua. “Cada vez mais queremos disseminar esse formato para o Brasil e o mundo, e a tecnologia responde uma demanda do público, que está cansado de monólogos. Seja com realidade aumentada, aplicativos, projeção, tudo que permeia esse universo como com interação de luzes e neon, entre outros materiais de instalação que o observador possa interagir para a obra acontecer. O investimento é mais alto, mas é uma tendência apresentar projetos inovadores e interativos”, conclui Marcelo. 

Para comemorar a nova fase, o Instagrafite terá uma repaginação da sua identidade visual, com materiais e site novo a serem lançados até janeiro de 2020. 

Aliás, em 2020, a dupla do Instagrafite já planeja projetos em parceria com prefeituras, instituições famosas e espaços expositivos visando a transformação nas cidades de todo o Brasil, com galerias a céu aberto e exposições internas, seguindo com seu conceito inovador de curadoria, produção e disseminação da arte pública no Brasil e no mundo, e inspirando diversas pessoas.

http://instagrafite.com/

https://www.instagram.com/instagrafite/

https://www.wtfinstagrafite.com/

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Agências

Avantgarde cria experiência para Copagaz no Taste of São Paulo

Publicado

em

A Avantgarde idealizou a experiência da Copagaz para o Taste of São Paulo, o maior festival gastronômico do mundo, que acontece até o próximo dia 24, na capital paulista. Além de criar o espaço de 25m2 para a marca, gás oficial do evento, a agência organiza toda a programação no estande, como os workshops gastronômicos com os renomados chefs Sabrina Cadetto e Rodrigo Freire, dos restaurantes Purgatório e Preto; e o workshop de drinks, com o bartender Diego Almirante Carvalho, do restaurante Purgatório.

As vagas para participar das experiências são limitadas, para garantir lugar, os visitantes do evento precisam participar da ação em três passos: tirar uma foto no estande; postar a foto nas redes sociais e marcar a rede oficial de Copagaz – Instagram – @copagazoficial e Facebook @copagaz; e validar seu post com a hostess que estará no local.

Em sua 5ª edição, o Taste of São Paulo permite uma imersão ao universo do melhor da gastronomia paulistana, em um só lugar. O festival acontece regularmente em cidades como Londres, Paris, Dubai e Moscou. Neste ano, o evento é no Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo.

Continue lendo

Agências

um.a e Pearson Educacional lançam no Brasil a versão ACELERA do programa MDI – Mestre Diversidade Inclusiva

Publicado

em

No universo das empresas, a diversidade em seus diversos desdobramentos – étnica, social, religiosa, cultural, etária, de gênero e orientação sexual – tem se constituído como um poderoso valor corporativo para melhorar o clima organizacional, potencializar talentos, provocar inovação e, assim, alavancar os resultados dos negócios.

 

Os números demonstram essa potencialidade. Um relatório da consultoria McKinsey apontou que empresas que apostam em diversidade de gênero têm probabilidade 15% maior de ter lucratividade do que seus concorrentes. O percentual sobe para 35% quando se inclui a diversidade étnica e cultural. E quando falamos de inovação os números mostram que, ao abraçar as diferenças, uma empresa multiplica em 70% suas chances de ir além e evoluir.

 

Apesar das perspectivas favoráveis, promover a diversidade nas empresas está longe de ser tarefa fácil. Embora 94% das 500 maiores do país já tenham um programa de diversidade, as iniciativas utilizadas atualmente, por mais relevantes que sejam, não têm se mostrado eficientes para sensibilizar ou engajar colaboradores. O fato de elas se mostrarem simpáticas à causa não basta para transformar a realidade.

 

É partindo desse cenário que a um.a, em parceria com a Pearson, aproveitando o 9º Fórum online | Inclusão da Diversidade, promovido pela ABRH-SP, de 19 a 21 de outubro de 2021, lança o programa MDI EAD Corp. (Mestre Diversidade Inclusiva on-line). Trata-se de um formato reduzido do Programa MDI, lançado em 2019, cujo objetivo é acelerar a atitude e a ação das pessoas em prol da diversidade e da inclusão.

 

O programa tem foco no mundo corporativo e oferecerá a empresas de todos os portes e segmentos a possibilidade de usar as lentes da diversidade e da inclusão para enxergar a realidade diversa em que elas estão inseridas. A partir dessa visão clara, será possível criar processos vencedores para atrair e incluir as diferenças no ambiente de trabalho e na estratégia dos negócios.

 

“As empresas são um retrato da sociedade. O que aprendemos na vida manifestamos no ambiente de trabalho. O contrário também é verdadeiro. As empresas têm um grande poder de transformação social. Quando capacitamos um profissional no mundo corporativo, logo percebemos os benefícios desse treinamento em todas as conexões sociais que ele frequenta. Se pensarmos bem, as empresas, com seus treinamentos, workshops, congressos e tantos outros eventos que compartilham conhecimento, representam as maiores educadoras de adultos e compõem a maior universidade do planeta”, afirma Ronaldo Ferreira, sócio-fundador do programa.

 

Por isso, é extremamente importante que as empresas se transformem em lugares seguros, para que seus colaboradores possam exercer o direito humano de ser quem eles são. Este é o papel do MDI: despertar a consciência das organizações, respeitando e celebrando as diferenças, para que os colaboradores das empresas de todo o país foquem seus esforços e gastem suas energias em ajudar na construção de um futuro melhor para todos. A Diversidade é o futuro porque tem o poder de potencializar talentos e otimizar recursos.

Com uma carga horária obrigatória de 7 horas, o MDI EAD Corp. está dividido em quatro módulos (Introdução, Cultura Corporativa, Grupos de Identidade e Atitude Inclusiva), criados pela Pearson com a mais moderna metodologia de ensino de adultos. O MDI EAD Corp. traz, ainda, cerca de 6 horas de conteúdo extra, para que os participantes possam escolher e, de maneira opcional, se aprofundar nos temas de maior interesse.

 

A versão ACELERA do Programa MDI atua a partir da atitude dos colaboradores e colaboradoras das empresas. É a partir de cada pessoa que o Programa provoca a criação de uma cultura mais diversa e inclusiva no mundo corporativo.  O MDI mostra que o ser humano é plural, não singular. Que todos ganhamos com a inclusão das diferenças porque a diversidade é vida real. Por isso, independente de fazer parte dos grupos minorizados, somos partes do processo.

 

O Programa de Capacitação Mestre Diversidade Inclusiva alerta, principalmente a liderança das corporações, de que só é possível surfar nos bons frutos da diversidade se ela estiver presente no dia a dia das empresas. A partir dessa consciência, as pessoas são encorajadas a saírem de suas bolhas. São conectadas e provocadas por diferentes realidades, sendo motivadas de forma mais humanizada a incluir criando mais oportunidades e eliminado privilégios. Tudo isso usando boas práticas, observadas em outras empresas do mercado.

 

Segundo a Pearson, o objetivo de acelerar o processo de capacitação do programa é o de conseguir mais espaço na concorrida agenda dos gestores das organizações. Com uma carga horária reduzida – mas com acesso livre a vários conteúdos de interesse dos participantes –, a gigante de educação espera ampliar ainda mais a rede de apoio de empresas mais diversas e inclusivas, que estão abrindo caminho e fazendo a diferença no mercado.

 

Saiba mais sobre o programa de capacitação MDI acessando www.goMDI.com.br. Durante o 9º Fórum | Inclusão da Diversidade, o programa será ofertado com um bônus desconto de R$ 150,00 por participante/aluno.

 

Continue lendo