Conecte-se com a LIVE MARKETING

Digital

Customer experience: confira os principais insights do Adobe Experience House

Publicado

em

Transformação digital, personalização, força do trabalho, cultura digital e data analytics foram algumas das mensagens transmitidas pelos convidados da Adobe no evento deste ano

A Adobe reuniu Microsoft, Via Varejo, Webmotors, Accenture e diversas outras marcas parcerias da multinacional de tecnologia; quatro escolas de marketing – Digital House, ConvergeYou, Hyper Island e a Berlin School of Creative Leadership – e grandes nomes do marketing para debaterem justamente sobre o tema Marketing de Experiências. Esse foi o Adobe Experience House, que aconteceu na Escola Britânica de Artes Criativas (EBAC), em São Paulo.

Guiado por experiência do cliente, criatividade e inovação, o evento teve como objetivo criar um espaço de troca e aprendizado sobre transformação digital. Confira os principais insights apresentados pelos convidados do Adobe Experience House:

1 – Digital não é só ferramenta. É cultura – Paulo de Tarso, vice-presidente de educação continuada da Kroton Educacional

Parceiros de tecnologia são essenciais no processo de transformação digital das empresas, mas o engajamento interno também é peça-chave para que o movimento, de fato, aconteça. “Temos nos reorganizado internamente para trabalhar nossos produtos e serviços sob a ótica digital. Estamos buscando um novo mindset, ou seja, uma nova cultura para entregar experiências digitais para nossos clientes”, disse.

2 – Customer experience amplia alcance das mensagens de marca – Gabriela Monteiro, diretora de digital transformation do laboratório farmacêutico Sanofi no Brasil
A partir do momento em que as empresas entendem “experiência” como toda e qualquer interação dos clientes com uma marca, a customer experiencepassa a trabalhar a favor da comunicação e do marketing. “Novos canais de comunicação e a integração entre pontos de contato físico e digital aumentam o alcance de nossos produtos e das mensagens estratégicas de marca. Desta forma, nosso público também se torna nosso porta-voz”, explicou.

3 – Personalização é nova fronteira do e-commerce – Fabio Marão, gerente de marketing interativo e e-commerce da Azul Linhas Aéreas

Atender e até superar as expectativas dos clientes ao longo de uma jornada é um padrão das marcas mais inovadoras do mundo. Quando falamos sobre e-commerce, essa premissa ganha reforço da personalização. “É preciso criar uma jornada que mostre ao cliente que ele é único, que você conhece seus hábitos e sabe o que ele precisa. Que respeita a vocação de cada tela, seja do desktop, do mobile ou do relógio. Isso é fundamental para levar à conversão”, defendeu.

4 – Negócios orientados por dados superam expectativas dos clientes – Paula Bellizia, presidente da Microsoft no Brasil

Definir e executar as estratégias de marketing e de negócios a partir de uma análise minuciosa de dados garante mais assertividade e segurança para as decisões das empresas. “As marcas hoje estão sendo desafiadas sob a ótica de seus consumidores que demandam cada vez mais. Como resolver essa questão? Com uma estratégia data-driven”, assegurou.

5 – Transparência é moeda de troca para engajamento – Eduardo Bicudo, managing director da Accenture Interactive na América Latina

Palavra de ordem para os negócios éticos, a transparência vai pautar cada vez mais o trabalho dos líderes de marketing. “Nossas pesquisas apontam que 80% dos consumidores estão confortáveis com a coleta de dados, desde que a empresa seja transparente quanto ao seu uso”, disse.

6 – Dados é o mais fiel raio-x de consumo e comportamento humano – Benito Berretta, speaker da escola de inovação Hyperisland na América Latina

O uso criativo de dados em campanhas de marketing ganhou contornos mais claros durante a Adobe Experience House. “Quando falamos de dados, estamos falando de pessoas. De padrões de comportamento que se repetem e que nem sempre estão claros para nós sem uma ferramenta para analisa-los.Data é rede e a rede é o reflexo do comportamento das pessoas”, analisou.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Digital

Estudo aponta que a presença de negros na publicidade digital não aumenta no Dia da Consciência Negra

Publicado

em

A mais recente pesquisa do Elifegroup e da agência SA365 indica que o Dia da Consciência Negra não tem impacto significativo na presença de negros e pardos na publicidade digital. A análise é um recorte do estudo anual sobre “Diversidade na Comunicação de Marcas em Redes Sociais”, em que foi identificado que a presença de pessoas negras e pardas aumentou apenas 4% em 2020 quando comparado ao ano anterior.

Mesmo durante o mês de novembro, marcado pelo dia da consciência negra, a participação de pessoas pretas e pardas nas publicações de marcas não aumenta e é inferior a meses anteriores, como em abril – com 95 publicações – e maio – com 98 de posts registrados -. Estes números, associado à análise de conteúdo das publicações no período, indicam que não há impacto significativo ou publicações específicas para marcar a data na publicidade digital.

Continue lendo

Digital

Dicas de marketing digital para você aplicar na Black Friday

Publicado

em

Falta pouco para a Black Friday 2021, após a longa crise causada pela pandemia do novo coronavírus. O evento, que acontece no próximo dia 26, deve ser um pouco diferente este ano, por conta das mudanças no padrão de consumo das pessoas, que foi bastante alterado durante a pandemia. Sobretudo por conta do isolamento social, as compras online ganharam ainda mais força no último ano e fortaleceram os canais de compras digitais, como os e-commerces.

Pensando nisso, o Rafael Guandalini, CMO da Hardcore Digital, listou seis dicas de marketing digital para aplicar na Black Friday.

Confira abaixo:

1) Faça Bem As Contas Antes De Dar  Descontos

Não entre na “pilha” do momento e saia oferecendo descontos aleatórios que no fim te tragam prejuízos na operação. Mais importante do que vender muito, é sair com saldo positivo.

2) Ofereça algo para quem já é seu cliente e já te conhece

Este é um ótimo público para a Black Friday, porque eles já conhecem, você consegue impacta-los sem precisar investir, e eles só precisam de uma boa oferta para comprar seu produto ou contratar seu serviço.

3) não pense apenas em baixar o preço

Ao invés de pensar no caminho mais fácil, que é baixar o preço, seja criativo. Pense em oferecer kits de soluções ou dê como brinde para seus clientes um produto ou serviço que eles possam conhecer, por exemplo. Assim você faz uma ação especial na Black Friday que vai te render frutos no médio e longo prazo.

4) Utilize as redes sociais para divulgar bem suas ações

Aqueça sua audiência, crie uma antecipação do que vai rolar de especial utilizando suas redes sociais, em especial o Instagram. Isso vai gerar desejo nas pessoas desde cedo e fazer com que elas reservem uma verba do que elas vão gastar na data.

5) Crie uma lista de pessoas interessadas em participar da sua Black Friday

Divulgue as suas ações especiais de Black Friday e peça que as pessoas se cadastrem na sua lista de e-mails para serem avisadas de quando as vendas vão ser iniciadas. Isso fará com que você fique com estes contatos das pessoas para outras ações no futuro, além de evitar que sua campanha caia no esquecimento dos clientes.

6) Utilize o gatilho mental da escassez na hora de divulgar suas ofertas

Além de oferecer uma condição especial, pense também em limitar o número de produtos ou serviços que você irá oferecer na data. Ao comunicar um número limitado, e avisar as pessoas de que as coisas estão se esgotando, a tendência é que o público fique mais propenso a agir mais rapidamente.

Continue lendo