Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Continental Pneus renova patrocínio com a Copa do Brasil para 2019

Publicado

em

Os expressivos resultados de audiência e de exposição de marca obtidos pela Continental como principal patrocinadora da Copa do Brasil deste ano, levaram a fabricante alemã de pneus a anunciar a renovação de seu patrocínio de naming rights para a edição 2019 do torneio. Integrante de um dos maiores grupos sistemistas do planeta, a Continental é hoje o quarto maior fabricante de pneus do mundo e líder absoluta de mercado na Alemanha.

Ocupando posição de destaque na estratégia de comunicação da marca com o mercado brasileiro, a Copa Continental do Brasil, considerada a mais democrática competição do calendário do futebol nacional, se mostrou extremamente eficaz em ampliar o reconhecimento da Continental no país.

“Tínhamos a bem-sucedida experiência de patrocínio de três edições de um evento global de porte, a Copa do Mundo da FIFATM, que tem curta duração e é realizada em poucas cidades. Mas a nossa estratégia de patrocínio migrou dos grandes eventos globais para eventos regionais de expressão. E a Copa do Brasil, por sua capilaridade, nos pareceu o torneio ideal para apoiar nosso projeto de ampliação de brand awareness e de aproximação com nossos clientes regionalmente, utilizando como pano de fundo o futebol, a grande paixão do brasileiro”, explica Renato Sarzano, vice-presidente da Continental Pneus Mercosul.

A primeira experiência mundial de naming rights com a Copa do Brasil ocorreu em 2016, após a empresa ter aderido como patrocinadora nas oitavas de final no ano anterior. “Foi quando compreendemos a abrangência e a visibilidade proporcionada por um evento com mais de 100 partidas distribuídas ao longo de nove meses”, complementa Sarzano.

Apenas este ano, a cobertura do torneio em emissoras de TV, jornal e websites proporcionou à Continental mais de 111 mil aparições, 124 horas de exposição em TV (entre jogos e reportagens), o que representa 28% do total da exposição entre todos os patrocinadores do evento, segundo o instituto.

A Copa Continental do Brasil registrou em 2018 mais de 680 horas de transmissões em TV. A audiência é outro fator que comprova a eficácia do campeonato: foram mais de 89 milhões de indivíduos acumulados.

“Estamos falando do campeonato mata-mata que mais desperta interesse no brasileiro, de acordo com dados do IBOPE Repucom. Mais do que apenas uma plataforma de relacionamento, a Copa do Brasil é também uma ferramenta importante para o engajamento com os nossos fãs nas mídias digitais. Não olhamos para esse patrocínio como somente uma placa no estádio. Para o ano que vem, estamos programando uma série de iniciativas capazes de aproximar cada vez mais o público do torneio da nossa marca por meio de dois pilares principais: experiência e conteúdo de interesse”, destaca Caio De Marchi, gerente de marketing da Continental Pneus Mercosul, acrescentando que as redes sociais serão uma frente cada vez mais explorada pela marca alemã e pela competição.

Até o último mês de outubro, os perfis oficiais da Copa Continental do Brasil no Twitter, Facebook e Instagram acumularam mais de 1,4 milhão de fãs, gerando cerca de 7 milhões de ações de engajamento e mais de 105 milhões de impressões no ano.

A Copa Continental do Brasil 2018 em números:

91 clubes participantes
120 partidas realizadas
253 gols marcados (média de 2,10 por partida)
680 horas de transmissões em TV
89 milhões de indivíduos acumulados
Transmitida ao vivo para mais de 170 países nos cinco continentes

* Valores em R$ com base em tabelas comerciais dos veículos, sem aplicação de desconto

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Guide lança campanha para reforçar marca como guia na vida do investidor

Publicado

em

A Guide Investimentos acaba de lançar uma nova campanha de marketing, chamada “Você investe na vida, a Guide faz render”, que será veiculada na TV paga, rádio, em portais e demais mídias digitais. A ideia das peças publicitárias, desenvolvidas pela agência Ana Couto, é reconhecer o esforço dos brasileiros para ganhar dinheiro e posicionar a Guide como guia na vida do investidor para que ele possa focar no que é importante para ele.

“Queremos nos colocar como a opção certa para guiar os investimentos. Sabemos que estes são meios para viver melhor e alcançar sonhos”, afirma Fernanda Giulietto, head de Marketing da corretora.

A corretora produziu três vídeos para a campanha, que mostram três profissionais com áreas diferentes de atuação desempenhando suas funções do dia a dia. A campanha destaca como investir com a Guide dá tranquilidade e segurança para as pessoas focarem no trabalho e na vida pessoal. Enquanto elas investem na própria vida, a Guide faz render. A narração será feita pelo ator Milhem Cortaz, conhecido por filmes como Tropa de Elite, enquanto a direção é de Felipe Briso. A produtora é a bigBonsai.

A empresa também vai entrar com programetes em canais pagos de TV fechada e rádio, com especialistas trazendo conteúdos de educação financeira para os telespectadores e ouvintes.

“Esta campanha está muito alinhada ao nosso propósito de guiar pessoas, ao mesmo tempo que reconhece o esforço que todos colocam na vida”, comenta Giulietto. “Investir bem e com retorno não é vender milagres, e sim oferecer conhecimento, recomendações, planejamento, produtos e serviços que simplifiquem a experiência”, acrescenta.

A ideia da corretora como guia já estava presente na campanha “Ideias que Guiam”, lançada no ano passado, quando a Guide se engajou em ações de combate à covid-19. Na ocasião, a empresa lançou um tira-dúvidas nas redes sociais, impactando milhões de pessoas através da hashtag #QueroumGuia, esclarecendo dúvidas sobre o cenário de investimentos na crise.

 

Continue lendo

Empresa

Verizon vende Yahoo e AOL por US$ 5 bilhões

Publicado

em

Nesta segunda (3), a Verizon Communications anunciou, em comunicado oficial, a venda dos portais Yahoo e AOL para a Apollo Global Management, empresa global de gestão de investimentos alternativo. A aquisição faz parte de um acordo entre as empresas e é avaliada em cerca de US$ 5 bilhões.

O acordo prevê que a Verizon ainda terá 10% de participação no Yahoo, que por sua vez, passará a se chamar AOL Yahoo e continuará sob a liderança do atual CEO, Guru Gowrappan. A expectativa é de que a operação seja concluída durante o segundo semestre de 2021.

Conforme os termos do acordo, a Verizon deve receber US$ 4,25 bilhões em dinheiro, e o restante, cerca de US$ 750 milhões, em participações. A operação envolve todos os negócios e marcas que fazem parte da Verizon Media.

“Acreditamos fortemente nas perspectivas de crescimento do Yahoo e nas tendências macro que impulsionam o crescimento em mídia digital, tecnologia de publicidade e plataformas de Internet para o consumidor”, declarou David Sambur, senior partner e co-head deprivate equity na Apollo.

Verizon e publicidade online

Verizon adquiriu a AOL em 2015 com o intuito de investir em publicidade online. A aquisição custou US$ 4,4 bilhões à empresa, no entanto, não deu o retorno esperado. Dois anos depois, mais US$ 4,5 bilhões foram desembolsados na compra do Yahoo.

O propósito da empresa de lucrar com os anúncios na internet e construir uma divisão de marcas não foi bem sucedido, já que em 2018, quando Hans Vestberg se tornou CEO da Verizon, a empresa teve uma baixa em torno de US$ 4 bilhões.

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo