Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Com mais 10 milhões de pessoas impactadas, campanha no metrô de SP para causa da educação entra em reta final

Publicado

em

Desenvolvido pelas empresas Epson e Avery Dennison, “Impressione América Latina” chega ao fim nesta quinta-feira (20) após um mês de exposição de obras nas estações Paulista e Pinheiros

Desde o último dia 21 de novembro, quem circula pelas estações Paulista e Pinheiros do metrô de São Paulo deve ter observado algumas obras gráficas que alertam para a necessidade do desenvolvimento de atividades socioeducacionais no Brasil. As imagens, criadas pela jovem artista Bianca Klempe, de 20 anos, fazem parte do “Impressione América Latina”, projeto desenvolvido pela Epson, líder em impressão, em parceria com a Avery Dennison, especializada em materiais para rótulos e comunicação visual, e ficarão expostas até esta quinta-feira (20).

Exibidas no corredor de acesso à Estação Paulista e em duas portas da plataforma de embarque da Estação Pinheiros, as imagens destacam uma mensagem que faz alusão ao cotidiano dos frequentadores do metrô e remete à importância das ações de inclusão socioeducacional para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social: “Enquanto você espera só um pouquinho, já tem gente esperando por muito tempo”. Neste período de 30 dias, estima-se que a circulação tenha superado 11 milhões de usuários nestas estações, com média diária de 197 mil na Paulista e 173 mil em Pinheiros.

“Um projeto incrível realizado em dez países da América Latina, que conecta empresas de tecnologia, ONGs e artistas em prol de uma causa, impactando a sociedade com comunicações visuais de grandes dimensões. No Brasil, a disseminação da obra no metrô de São Paulo alcança diferentes classes sociais, origens, grupos e idade. Estamos muito satisfeitos com o resultado”, afirmou Eduardo Valentin Gonçalves, head de marketing da Epson do Brasil.

Além da exposição, a ação resultou em uma doação em dinheiro para a Casa do Zezinho, organização sem fins lucrativos localizada no Parque Maria Helena, bairro da Zona Sul paulistana. Criada em 1994, a Casa do Zezinho recebe jovens entre 6 e 21 anos que frequentam a rede pública de ensino. A partir dos quatro pilares da Pedagogia do Arco Íris, criada pela psicopedagoga Dagmar Garroux, mais conhecida como Tia Dag, a ONG investe em programação socioeducativa que compreende artes, ciências, filosofia e espiritualidade. O local trabalha com esportes (futsal, capoeira, kung fu e jiu-jitsu), gastronomia, mosaico, teatro, dança, canto e oficina de sustentabilidade e meio ambiente.

“Participar do Impressione é mais uma oportunidade de divulgar o trabalho que desenvolvemos com crianças, jovens e adolescentes. É sensacional como um ato gera uma série de impactos de divulgação de nosso trabalho. Se mais empresas tiverem a sensibilidade de promover suas campanhas, produtos e serviços a partir da aliança com projetos sociais, mais pessoas terão acesso a este tema e a oportunidade de colaborar para a construção de uma sociedade mais justa”, completou Tia Dag.

Prevenção de doenças, conservação de recursos naturais e disseminação de atividades e práticas socioeducacionais: o Impressione na América Latina

Além do Brasil, outros nove países participam do “Impressione América Latina”: Chile, Argentina, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, México, Peru e República Dominicana. O primeiro local a contar com a exposição de uma obra foi a fachada principal do Museu Gabriela Mistral, em Santiago (Chile). No país, a causa defendida foi o combate ao câncer de mama, assim como na Argentina, onde uma obra foi exibida no Museu de Arquitetura e Design de Buenos Aires.

Em novembro, Equador e México também receberam o “Impressione América Latina”. Em Quito, capital equatoriana, uma criação exposta no Boulevard das Nações Unidas defendeu a importância do uso consciente da água. Já no Muro Polanco, na Cidade do México, o projeto abordou a detecção precoce e promoção de ajuda no combate ao câncer. Desde 1º de dezembro, a Avenida Javier Prado, em Lima (Peru), recebe uma obra que alerta sobre a preservação da natureza.

Tecnologia a favor da comunicação

Os painéis criados por Bianca Klempe foram impressos em substrato Avery Dennison, a marca utilizou o adesivo com textura Canvas, que lembra uma tela de pintura, deixando a impressão ainda mais viva. Este wall film ainda possui excelente durabilidade, pode ser usado em diversas superfícies e é compatível com tintas solventes, látex e UV. A arte foi impressa no equipamento Epson SureColor S60600, uma das mais avançadas linha de impressoras solvente e que incorpora a tecnologia mais recente de imagem e a última geração de cabeça de impressão PrecisionCore® TFP, capaz de gerar impressões de alta qualidade, velocidades incríveis com maior confiabilidade. “Os equipamentos dessa linha ainda incluem a tinta solvente GS3 UltraChrome®, que oferece alta qualidade de impressão, durabilidade e menor tempo de secagem, aumentando a produ! tividade das gráficas”, encerrou Evelin Wanke, gerente de vendas da Epson do Brasil.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

PlayStation anuncia parceria com Discord

Publicado

em

PlayStation anunciou, nesta segunda-feira (3), investimento no Discord como maneira de construir uma relação com o popular serviço de conversa online.

Jim Ryan, presidente e CEO da PlayStation, anunciou a parceria por meio de publicação no site oficial. Por enquanto, não foram divulgados detalhes a respeito dessa relação. A Sony diz que fez um investimento na Série H do Discord e que a PlayStation entrou em contato com os fundadores da plataforma, Jason Citron e Stan Vishnevskiy, com o objetivo de reunir amigos e comunidade.

“Empoderar os jogadores para que possam criar comunidades e compartilhar experiências de jogos é o coração do que fazemos”, disse Ryan. “Portanto, estamos mais do que animados por começar essa jornada com um dos serviços de comunicação mais populares do mundo.”

Discord é um serviço de comunicação online em que as pessoas podem se unir em canais criados por usuários para conversar por texto, voz ou chats de vídeo. Esses canais podem ser focados em hobbies e criados por grupos de amigos ou mesmo empresas oficiais de jogos. O Discord tem cerca de 140 milhões de usuários por mês ao redor do mundo.

A notícia da participação minoritária da PlayStation vem após relatos de que o Discord interrompeu negociações com três compradores em potencial, incluindo a Microsoft. Supostamente, a gigante da tecnologia estava pronta para oferecer US$10 bilhões pelo Discord. Ao que tudo indica essas conversas podem ser “reiniciadas no futuro”.

Matéria traduzida do IGN Brasil de Matt T.M. Kim .

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo

Empresa

WhatsApp Pay já está disponível no Brasil, veja como usar

Publicado

em

O serviço de pagamentos no WhatsApp, o WhatsApp Pay finalmente chegou ao Brasil.. Através desta nova função, os usuários do aplicativo podem transferir dinheiro para outras pessoas, sem taxas e com a mesma facilidade que enviam uma foto para seus contatos. Lembrando, que os pagamentos para empresas serão ativados no futuro após aprovação.

A nova função chega após colaboração com o Banco Central, com o objetivo de reduzir custos para as pessoa. Com a aprovação do Banco Central, o Facebook Pagamentos do Brasil Ltda, se tornou um iniciador de pagamentos para transferências entre pessoas físicas.

“Facilitar o envio e o recebimento de dinheiro de maneira segura não poderia ser mais importante neste momento, já que não só diminui a exposição das pessoas à pandemia, mas também as ajuda a se manterem conectadas com entes queridos, expande o acesso a serviços financeiros e possibilita que mais pessoas participem da economia digital”, afirma Matt Idema, diretor de operações do WhatsApp

Os pagamentos no WhatsApp são habilitados pelo Facebook Pay, uma forma simples e segura de efetuar pagamentos nos aplicativos do Facebook. As transferências e pagamentos são protegidos por várias camadas de segurança, como o PIN do Facebook Pay ou a biometria em dispositivos compatíveis.

Para começar a usar, as pessoas podem adicionar seu cartão de um banco parceiro, escolher uma pessoa para enviar o dinheiro e clicar para adicionar a transação. Em seguida, o destinatário verá o pagamento direto na conversa com o remetente.

Porém, as pessoas podem enviar até R$ 1.000,00 por transação e receber 20 transações por dia, com um limite de R$ 5.000,00 por mês (os bancos podem estabelecer um limite menor para transações). 

Conheça os bancos parceiros

Inicialmente, o serviço será habilitado para usuários com cartões de débito, pré-pago ou combo do Banco do Brasil, Banco Inter, Bradesco, Itaú, Mercado Pago, Next, Nubank, Sicredi e Woop Sicredi, com as bandeiras Visa e Mastercard.

“Nossos clientes poderão fazer pagamentos com a mesma facilidade com que conversam com os amigos e sem pagar nada a mais por isso. Estamos felizes em dar mais esse passo para promover acesso a serviços financeiros digitais descomplicados para todos os brasileiros.” Comentou Cristina Junqueiraco-fundadora do Nubank

Como funciona o WhatsApp Pay

Confira o passo a passo de como utilizar a nova função do mensageiro:

  • Toque no ícone de “clipe de papel” (Android) ou “+” (iPhone) e escolha a opção “Pagamento”;
  • Adicione o valor e uma mensagem opcional;
  • Toque em “Pagar” e coloque o PIN (senha) do Facebook Pay;
  • Em seguida, a transação vai aparecer como como se fosse uma mensagem na conversa do WhatsApp, e a pessoa precisa aceitar o pagamento. Depois, o dinheiro cairá na conta dela.

Porém, caso o usuário não tenha habilitado o WhatsApp Pay, uma notificação irá pedir para que a pessoa cadastre o cartão no sistema para receber a transferência. Contudo, isso precisa ser feito em até 2 dias, caso contrário o valor é reembolsado.

Vale ressaltar, que para enviar e receber pagamentos no WhatsApp, as pessoas precisam ter um número de telefone do Brasil. Somente transações dentro do país e em moeda local são autorizadas. Dessa forma, nenhuma taxa será cobrada. 

Para mais informações, acesse o site www.whatsapp.com/payments/br.

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo