Conecte-se com a LIVE MARKETING

Empresa

Blockchain: impacto e benefícios no mercado do marketing

Publicado

em

No ano passado, o Brasil ficou em 11o em um ranking entre os países que usam o blockchain – segundo levantamento do Criptomoeda.org. No país, a tecnologia já foi adotada em bancos como Itaú, Santander, BNDES e Banco Central do Brasil. Para a América Latina, o IDC Latin America prevê que, até 2022, 20% dos servidores utilizarão criptografia de dados e, graças ao blockchain, as identidades digitais serão usadas por mais de cinco milhões de pessoas.

O Blockchain é um banco de dados que registra diferentes tipos de transações e mantém registros espalhados por servidores, permitindo que duas partes façam transações seguras em uma rede descentralizada. Dentro dessa tecnologia, as informações não podem ser alteradas e são distribuídas com recursos de criptografia imutáveis. No setor de marketing, seu papel é fundamental – já que evita fraudes; oferece maior transparência econômica e de dados; aumenta a eficiência; e previne discrepâncias por toda a extensão do supply chain.

Quando bem planejado e executado, o blockchain adiciona valor às ferramentas de marketing já existentes e permite um novo boom em inovação. Esse cenário melhora a forma e o conteúdo das conversas entre os profissionais de marketing e seus clientes.

A MediaMath, pioneira em marketing programático, lista alguns benefícios de trabalhar com o blockchain:

Solução de problemas

Apesar dos avanços do mercado e das tecnologias à disposição dos profissionais, o marketing digital ainda enfrenta alguns desafios quando falamos de transparência, padrões de qualidade, discrepâncias entre as partes interessadas, etc.

É nesse momento que o blockchain entra como um aliado dos profissionais desse setor. E há espaço para fazer muito mais: expandir os reais resultados de negócios; aumentar a eficiência, simplicidade e eficácia da execução de campanhas de marketing; e facilitar a contabilidade e o pagamento dessas ativações.

Reconciliação

Um cenário como este não é incomum: um anunciante deseja uma campanha de display com 200 mil impressões. Na revisão dos relatórios, a plataforma de compra apresenta 208 mil impressões; o adserver, 194 mil; e o publisher diz que foram 212 mil. Isso acontece porque a plataforma de Ad Serving, a de compra e o publisher contam as impressões separadamente. Com o blockchain, esse problema é resolvido, uma vez que o registro público de cada transação das três partes é reconhecido para verificar o número exato de impressões entregues.

Eficiência

Nas compras, há empresas intermediárias entre anunciantes e publishers. No mundo digital, as ad networks oferecem grupos de sites que têm inventários e, ao mesmo tempo, agrupam (e gerenciam) os anunciantes que os compram.

Com o blockchain, é possível fazer uma comunicação direta entre ambas as partes para verificar a entrega de anúncios e automaticamente habilitar o pagamento por meio de contratos inteligentes. Assim, os anunciantes têm a certeza de pagar pelos anúncios exibidos e não pagam intermediários.

Marketing focado no consumidor

Os consumidores estão cada vez mais conscientes das implicações da privacidade e do valor de seus dados digitais, e querem participar da comercialização desses dados. A tecnologia de blockchain e os micropagamentos que ela possibilita oferecem a oportunidade de recompensar os consumidores por se engajarem em anúncios, visualizarem criativos ou fornecerem dados ou outras informações relevantes – o que é uma proposta atraente na era do adblocker.

Embora ainda não implementada para esse fim específico, a tecnologia blockchain permitiria aos usuários vender seus dados pessoais. Se um número suficiente de anunciantes pagasse por essas informações diretamente para os usuários, e usuários suficientes optassem por isso, teoricamente não haveria intermediários e melhoraria a qualidade e o custo das informações utilizadas.

Aproveitando o blockchain ao máximo

Porém, para que a tecnologia seja usada em sua excelência, é fundamental que todo o ecossistema esteja alinhado no uso dessa ferramenta. O blockchain e as tecnologias criptográficas relacionadas resolverão os desafios estruturais de longa data inerentes à arquitetura da adtech – diferentemente das soluções temporárias vistas hoje no mercado. Assim, os profissionais de marketing alcançarão os consumidores de formas mais interessantes e eficazes, uma vez que uma nova camada de arquitetura tecnológica existe para apoiar essas conversas.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Empresa

Cachaça envelhecida por duas décadas é lançada com diamante incrustado na garrafa

Publicado

em

Foi no ano de 1824 que a família Weber deixou Hunsrück, na Alemanha, para se fixar na região sul do país, nas florestas das encostas da Serra Gaúcha, hoje conhecida como Ivoti. Inicialmente, o lucro da família era obtido através do plantio da batata inglesa para a produção de uma bebida chamada ‘schnaps’. Apenas em 1848, com o plantio de cana-de-açúcar, e seguindo tradições históricas, tem início a elaboração de cachaça com o objetivo de consumo. O início comercial da Destilaria H. Weber dá-se apenas um século depois do primeiro destilado elaborado, em 1948.

Com o tempo, o processo foi se modernizando e o negócio acabou passando de pai para filhos, fazendo com que a destilaria fosse inovando ano após ano e ganhando cada vez mais espaço e credibilidade no mercado. Foi então que, no ano de 2001, justamente na virada do milênio, que a terceira geração da família Weber criou a marca Weber Haus, um marco no mercado das cachaças artesanais e que transformou a destilaria que até então atendia apenas o mercado regional (Ivoti, Dois Irmãos e Novo Hamburgo), em uma empresa de rótulos sofisticados, sabores únicos e receitas elaboradas.

E para celebrar justamente os 21 anos da Weber Haus, a marca acaba de lançar a cachaça Weber Haus Diamant 21 years old, um produto inédito, diferente de tudo o que a empresa já lançou e com sabor incomparável. Apesar de ser lançada em 2021, a história da bebida começa no ano 2000, período onde o mundo aguardava uma nova era, mudanças e revolução. Hugo Weber e seu filho Evandro Weber decidiram elaborar uma cachaça e deixar ela envelhecendo em seus melhores tonéis.

“Até então não tínhamos ideia de qual seria o nome, destino ou característica do produto, apenas sabíamos que essa seria a grande joia da destilaria”, explica Evandro Weber, diretor da destilaria. Ano após ano, pai e filho se debruçavam sobre as barricas para fazer uma criteriosa degustação individual e sempre se surpreendiam com o sabor e a evolução da bebida, resultado das características únicas dos barris de carvalho.

Foi então que em 2021, depois de duas décadas, a bebida foi retirada das caves subterrâneas das barricas antigas para ser lançada no mercado com o nome de Weber Haus Diamant 21 years old. A ideia do nome é uma alusão à pedra preciosa, que para conquistar o status de joia, precisa da intervenção do homem para ser lapidada, esculpida e trabalhada, além de conhecimento e paciência para conseguir um resultado impecável e surpreendente. “Queremos proporcionar uma experiência única que vai muito além de degustar uma cachaça, é uma imersão em um universo de sabores, cores, aromas e conhecimento”, diz Weber.

Além do sabor único, a Weber Haus Diamant 21 years old será vendida em uma edição limitada de 1.000 garrafas. E por se tratar de uma data tão especial, serão duas opções de embalagens que traduzem justamente o luxo e a nobreza do produto. A garrafa no formato de um diamante vem em um estojo de madeira espelhado. A Weber Haus Diamant 21 years old com a embalagem tradicional será vendida por R$5.948,00. Já a versão com um diamante de 3,65mm incrustado na garrafa custa R$9.948,00.

“Por ser algo totalmente diferente do que nós já fizemos na história, além de ser uma forma de comemorar os 21 anos da Weber Haus e celebrar a amizade entre pai e filho, nós queríamos que tudo nela fosse diferente e especial, por isso fizemos essa embalagem à altura da bebida”, ressalta o diretor. A garrafa número 0001 foi leiloada no dia 18 de novembro em Ivoti (RS) e arrematada pelo valor de R$66.948,00.

Envelhecida seis anos em Carvalho Francês e 15 anos em Bálsamo e com graduação alcoólica de 40%, a bebida possui características sensoriais de nozes, chocolate, tabaco, baunilha, canela, amêndoa e erva doce. “A cachaça é uma bebida que representa o Brasil, então olhar toda nossa trajetória e ver que nós fazemos parte de tudo isso é muito emocionante, e lançar a Weber Haus Diamant 21 years old é uma forma de brindarmos e agradecermos a todos os nossos clientes e colaboradores que contribuem e contribuíram para chegarmos até aqui”, finaliza o diretor.

Continue lendo

Empresa

Campanha estrelada por Marina Ruy Barbosa apresenta o cardápio completo de produtos e serviços do Banco Safra

Publicado

em

Banco Safra começou a divulgar a segunda parte da campanha Quem Sabe, Safra. Os anúncios, com a atriz Marina Ruy Barbosa, estão sendo veiculados em todas as mídias e marcam o início das comemorações de 180 anos da instituição, apresentando a ampla gama de produtos e serviços oferecidos aos clientes do Safra.

Uma das especialidades do Safra ressaltada na campanha é a área de investimentos. Além dos reconhecidos fundos geridos pela Safra Asset e da solidez dos produtos de renda fixa emitidos pelo banco, a partir da análise dos seus especialistas, o Safra conta com uma das corretoras mais tradicionais do Brasil.

A Safra Corretora traz uma plataforma de ponta para aqueles que desejam operar por conta própria e uma equipe qualificada voltada para os investidores que preferem o auxílio de um especialista.

Outro diferencial apontado na campanha são as vantagens dos cartões disponíveis no Safra, que trazem facilidades em viagens, compras e experiências no programa Safra Rewards, com uma das melhores pontuações do mercado e prêmios exclusivos.

Além de todas estas vantagens, o Banco Safra passou a oferecer em maio uma novidade para trazer mais conforto às viagens de seus clientes: o Espaço Banco Safra. Trata-se de uma Sala VIP localizada no terminal 3 do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos.

O Espaço Banco Safra, ambiente administrado pela GRU Airport, foi pensado para oferecer uma série de benefícios que tornam a espera pelo embarque mais agradável. Os clientes têm acesso a um buffet completo, incluindo opções Kosher, estrutura com Wi-Fi, TV a cabo, banheiros e chuveiros privativos.

A campanha, criada pela agência Talent Marcel, traz a mensagem de que o banco não abrir mão de seus valores de longa data, mas que está sempre conectado às necessidades de seu tempo, como mostra o engajamento da instituição com o sistema de Open Banking e o compromisso em adotar as práticas ESG em todas as dimensões de sua atuação.

Continue lendo