Conecte-se com a LIVE MARKETING

Eventos

AUTOCOM chega à sua 20ª edição em 2018 com novidades para o setor de automação para o comércio

Publicado

em

A Feira Internacional de Automação para o Comércio, principal evento da América Latina do setor, é palco dos principais lançamentos de soluções do segmento e já inova no credenciamento e na forma de se relacionar com o visitante

 

A AUTOCOM, Feira Internacional de Automação para o Comércio, completa sua 20ª edição esse ano. O evento escolhido pelas principais empresas nacionais e também do exterior para apresentar suas novidades ao mercado será realizado de 3 à 5 de abril, das 10h às 18h, no pavilhão amarelo do Expo Center Norte, em São Paulo. A exposição, que é realizada pela Associação Brasileira de Automação para o Comércio (AFRAC), reúne fabricantes, canais e consumidores que além de visitar o espaço podem gerar novas conexões e negócios. O credenciamento está disponível para todos os players da cadeia de varejo e consumo no site www.feiraAUTOCOM.com.br e a entrada é gratuita.

A principal feira de automação para o comércio da América Latina acontece desde 1997 e para 2018 preparou uma série de atrações pensadas para apoiar o varejo no entendimento do novo consumidor. Além da área da expo, onde mais de 50 expositores como RPInfo, TOTVS, PagSeguro e Cielo demonstrarão seus lançamentos, quem estiver presente poderá visitar o espaço Retail Experience, participar das palestras do AUTOCOM Talks e ainda conhecer as startups no Inova AUTOCOM.

O Retail Experience foi lançado em 2017 e retorna nesta edição ainda mais completo. Concebido como uma loja modelo, ele reunirá o que há de mais atual em soluções de automação para o comércio e permitirá que o público viva na prática o que considera como ponto de venda ideal, que preze pelo seu tempo, pela boa experiência de compra e pelas suas preferências. Para isso, ele foi dividido em três grandes segmentos: Supermercado, Food e Vestuário. Novidades em elementos como self checkout, etiqueta inteligente, autoatendimento, ferramentas de mobilidade para a jornada do consumidor e inovações voltadas para a minimização de erros e fraudes são alguns dos tópicos que serão vistos nessas seções. E tudo isso será permeado ainda pelas inovações nos meios de pagamento.

“A ideia aqui não é mostrar a loja do futuro, que possivelmente nunca será como o imaginado porque as tendências mudam a todo tempo ou porque não temos a infraestrutura necessária no Brasil, por exemplo. Nós queremos que o varejista veja em um só lugar uma série de aplicações funcionando em harmonia e transformando uma loja no melhor que ela pode ser hoje, impulsionando os resultados para seguir na contra mão da crise, alavancar oportunidades e se colocar em lugar de destaque. Nossa proposta é que ele perceba o poder da automação em tempo real e que entenda a mensagem de que a tecnologia é um grande aliado na otimização de custos e de recursos e que o custo benefício entre investimento e retorno é garantido”, explica o presidente da AFRAC, Zenon Leite.

Já a conferência AUTOCOM Talks será recheada de palestras e debates gratuitos de curta duração que objetivam gerar reflexão e atualização em torno das tendências de mercado, das inovações, da disrupção trazida pelo empreendedorismo e de outros temas relevantes, como os aspectos fiscais dos negócios. A novidade em 2018 fica por conta do modelo de talk show, que reunirá personagens emblemáticos para discutir temas atuais por meio de diferentes pontos de vista, como criptomoedas, o consumo multiplataforma,conversão de vendas no e-commerce, o relacionamento entre pessoas e marcas, soluções fiscais, entre outros.

As startups também serão contempladas. O ambiente Inova AUTOCOM foi criado para propiciar encontros entre startups e empresários a fim de criar oportunidades e possíveis investimentos. Após uma rodada de pitches entre as inscritas no segundo dia da feira, o comitê julgador escolherá a mais inovadora e representativa inovação do setor de automação para o comércio. E, para os pequenos e microempreendedores, o SEBRAE disponibilizará consultoria focada em orientação sobre formalização, caminho para o crescimento e outros serviços.

“Todos os anos nós buscamos também nos reinventar para fazer desses três dias os mais importantes para os fabricantes, compradores e também para o consumidor, que é o maior beneficiado nessa cadeia. Em função disso, a 20ª edição já terá uma novidade logo de início: todo o credenciamento será realizado via reconhecimento facial e seremos a primeira feira do Brasil com essa tecnologia”, conta Leite.

Esse formato traz mais segurança e agilidade e minimiza os possíveis inconvenientes no acesso, além de estar em total sinergia com a tecnologia que o varejo vem apostando. Para aqueles que fizerem o cadastro antecipado no site, não é preciso apresentar documentos de identificação e ele ainda permite que os expositores se relacionem com os visitantes durante e após a feira, como agradecimento pela participação e outras ações. Outra facilidade é que ainda no momento de inscrição será possível fazer o agendamento prévio de visita aos estandes de interesse, abrindo a oportunidade de visitante e expositor terem um tempo reservado para um assunto mais direcionado.

Além disso, o app AUTOCOM foi totalmente reformulado e esse ano vem como o principal canal de comunicação entre os visitantes e a programação, eliminando o papel e automatizando o processo. Por meio dele, além do credenciamento, acompanhar a agenda de ações e favorecer espaços que deseja ser visitado, será possível criar um diário de bordo, com vídeos, fotos e anotações para registro pessoal, para que seja possível mostrar posteriormente a equipe que não pode estar presente na feira ou ainda para revisitar no momento da tomada de decisão. A ferramenta também será o meio utilizado para que o público faça perguntas aos palestrantes durante a programação do AUTOCOM Talks.

Essa junção de tecnologias posiciona a AUTOCOM na vanguarda do segmento ao integrar a automação de recursos que seriam totalmente manuais. Além disso, os visitantes terão mais autonomia e visualização do espaço, podendo classificar o que é de interesse para o seu negócio. Ao mesmo tempo, o expositor saberá quais são as pessoas que passarão pelo seu estande antes mesmo delas chegarem, o que potencializa uma visita em uma possível conversão de negócio.

Por fim, não apenas os presentes poderão acompanhar a programação. Entrevistas com grandes nomes do setor e com os expositores serão transmitidas pelo canal TV AUTOCOM.

A estimativa do setor é de que apenas 35% do mercado hoje esteja automatizado, e com a retomada do varejo a expectativa é que os investimentos em automação aumentem. “Nós estamos bastante otimistas para 2018. Isso porque, a inversão de 2017 mostra que o mercado já estabilizou e tomou impulso para crescer. O varejo como um todo deve apresentar um novo crescimento modesto de acordo com as projeções de entidades do setor. E nós preparamos a AUTOCOM para que ela seja um diferencial nos negócios dos expositores, com investimento em coleta de dados dos visitantes e também em visibilidade no universo digital, por exemplo”, finaliza Leite.

 

SERVIÇO:

AUTOCOM 2018 – 20ª Feira Internacional de Automação para o Comércio

Data: 3 a 5 de abril de 2018

Horário: das 10h às 18h

Local: Expo Center Norte – Pavilhão Amarelo

Realização: AFRAC – Associação Brasileira de Automação Comercial

Credenciamento gratuito: www.feiraautocom.com.br

 

Sobre a AFRAC

Fundada em 1987, a Associação Brasileira de Automação Comercial (AFRAC) representa 90% de toda a cadeia produtiva do setor, incluindo entre seus associados os fabricantes de equipamentos de automação comercial, fabricantes de periféricos, distribuidores e revendas (lacradores/interventores), empresas de suprimentos do segmento de papel e de coleta automática de dados e rádio frequência (AIDC/RFID), além de varejistas e demais canais de distribuição.

Continue lendo

Eventos

Oscar 2021 promete ser histórico tanto para os fãs de cinema quanto para as marcas

Publicado

em

A maior e mais aguardada premiação do cinema mundial volta às telas da TNT em 25 de abril: a 93ª Cerimônia do Oscar. Em 2020, a premiação conquistou a liderança de toda a Pay TV com 28% mais televisores ligados que o segundo colocado¹, sendo sua maior audiência dos últimos 13 anos2.  Tendo em vista seus parceiros, a WarnerMedia desenvolveu novos pacotes de entrega para aumentar ainda mais a conexão entre público e marcas.

 Marcas no Oscar 2021

Para aprimorar a presença das marcas no Oscar 2021, a TNT fundamentou as ações em dois pilares: relevância e eficiência por meio das redes sociais e transmissão ao vivo,  além de aproveitar toda a força de cross channel dentro do portfolio do grupo. Em todos os momentos do pré, durante e pós-premiação, as marcas terão a possibilidade de levar conteúdos exclusivos e customizados a milhares de fãs.

Como case de sucesso, a Fiat se destacou na edição 2020 com um cold open em parceria com a Fernandinha. Confira:

Especialistas em cultura pop

Em um formato inédito, a TNT estreou em setembro O Esquenta TNT, programa que antecede as premiações mais importantes do ano. Apresentado sempre por grandes nomes, como por exemplo Aline Diniz, Carol Ribeiro e Tiago Abravanel, já chegou  a alcançar mais de 400 mil pessoas, sendo veiculado simultaneamente no YouTube e canal linear da TNT.

Além disso, as plataformas digitais da TNT contam com um time especialista em cinema e cultura pop para comentar cada minuto da premiação em uma live de mais de 3 horas de duração. No ano passado, a live do Oscar da TNT teve quase um milhão de visualizações.

A Jeep aproveitou muito bem toda essa audiência! Confira a ação da marca durante a live de 2020:

 Engajamento digital

A TNT dá espaço para que os patrocinadores participem dos conteúdos digitais também, isso pode acontecer de duas maneiras:

  • TAKEOVER TNT: Sempre durante as premiações, um dos talentos da TNT estará nos stories comentando direto de casa os acontecimentos relevantes da noite.
  • RADAR AWARDS: Todo mês há posts com novidades do universo pop assinados pela marca.
  • PLAYLISTS DO YOUTUBE: Mais do que assinar uma peça, os patrocinadores têm a chance de desenvolver série de conteúdos tailor-made.

 

Matéria publicada no portal de notícias AdNews. Se quiser mais informações sobre o mundo da publicidade e do marketing acesse: https://adnews.com.br/

Continue lendo

Eventos

O desafio das feiras e eventos do agro frente à pandemia

Publicado

em

Os eventos representam um elo importante da cadeia de produção de alimentos. Sejam dias de campo, palestras, seminários, congressos, leilões e exposições dos mais diferentes portes, eles movimentam bilhões de reais negócios e milhões de pessoas durante todo o ano. “A importância dos eventos aparece com destaque na 7ª Pesquisa Hábitos do Produtor Rural, da Associação Brasileira de Marketing Rural (ABMRA), de 2018. Os dias de campo, as feiras e exposições agropecuárias e os leilões representam 92% e 73% dos eventos preferidos de agricultores e pecuaristas, respectivamente”, assinala Ricardo Nicodemos, vice-presidente da ABMRA.

Em tempos de pandemia, os eventos deixaram de ser realizados. Uma parcela ganhou versões virtuais, mas o agronegócio tem suas particularidades e as relações pessoais e olho no olho são muito importantes. Nesse cenário, quando voltarão os eventos presenciais?

A Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio convidou a especialista Liliane Bortoluci, da Informa, uma das maiores organizadoras de feiras e eventos do mundo, para falar como o setor de feiras e eventos está se reinventando frente à pandemia e as tendências para os próximos anos. A apresentação foi feita com exclusividade para as empresas cotistas da 8ª Pesquisa ABMRA Hábitos do Produtor Rural, cuja divulgação ocorrerá nos próximos meses.

Liliane informou as empresas de eventos do Brasil já entregaram para as autoridades governamentais protocolo para realização de feiras. O documento trata das questões básicas, como entrada nos eventos, parte interna e estandes dos expositores, corresponsabilidades da promotora, expositores e visitantes. O setor aguarda o retorno desse pleito.

“Quando o setor de eventos foi impactado pela pandemia, em março de 2020, as empresas do setor pararam totalmente. Sem dúvida, é um dos setores mais afetados pela pandemia e todos os elos do negócio estão sofrendo na carne. Por outro lado, os promotores de eventos precisaram acelerar o processo de digitalização. Nós, por exemplo, aceleramos o desenvolvimento de uma plataforma digital, com conteúdos técnicos para manter esse relacionamento entre expositores, clientes e mercado”, informa Liliane Bortoluci.

Ela explica que o evento digital tem suas vantagens. Uma dela é o maior alcance. “Quando uma feira acontece, a maior participação é do público é regional. Percebemos que no digital o alcance mudou. Quem não participava devido à distância passou a acompanhar. Isso pode ser visto com os números”, explica.

“Esperamos reativar os eventos presenciais nos próximos meses. O modelo digital mostrou que é viável em determinados casos. Há possibilidade de integração dos dois modelos no futuro”, assinala a especialista da Informa.

Além da palestra, as empresas cotistas da 8ª Pesquisa ABMRA Hábitos do Produtor Rural tiveram acesso aos atual status da pesquisa. “Nosso planejamento é apresentar os resultados para as empresas cotistas em abril. É uma excelente oportunidade para outras empresas adquirirem cotas da pesquisa e, assim, terem condições de sair à frente dos seus concorrentes. Afinal, trata-se de uma fonte rica e completa de informações, tendo como fontes os próprios produtores rurais de 15 atividades e 15 estados”, diz Ricardo Nicodemos, vice-presidente da ABMRA e coordenador da Pesquisa.

Continue lendo