Conecte-se com a LIVE MARKETING

Universo Live

Agências precisam se adequar à Nova Lei de Proteção de Dados

Publicado

em

Encontro da AMPRO, que reuniu especialistas, players do Live Marketing e representantes de marcas, discutiu urgência do assunto

A nova Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais atinge a todas as empresas ou pessoas físicas que, de alguma forma, tratam dados de pessoas físicas. A urgência para a adequação de agências e empresas ligadas ao mercado do Live Marketing foi discutida por especialistas no último dia 11, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo.

O encontro, organizado pela AMPRO – Associação de Marketing Promocional, detalhou os aspectos da nova lei, que foi sancionada em 2018, e tem previsão de entrar em vigor em agosto de 2020. A partir de daí, toda empresa ou pessoa física que descumprir as regras estará sujeita a sanções, que podem implicar em pesadas multas.

“Já estamos atrasados. Dados de pessoas são basicamente o ar que respiramos, por isso a necessidade de aprofundar o tema nas agências, especialmente. Os clientes já estão exigindo que suas agências estejam em compliance com a LGPD e todos estão sujeitos a ela”, afirmou o sócio do FAS Advogados, Paulo Focaccia.

Danilo Roque, sócio do FAS e especialista em proteção de dados, aprofundou diversos conceitos, entre eles o que é considerado dado pessoal e o que envolve o tratamento de dados pessoais. “Dado pessoal é qualquer informação que identifique diretamente ou possibilite identificar uma pessoa física. Nome, CPF, um registro profissional, data de nascimento, time que torço, característica física etc. Há ainda os dados pessoais chamados ‘sensíveis’, como os de saúde, filiação político-partidária, religiosa, opção sexual etc. Já o tratamento é basicamente qualquer coisa que pode ser feita com esses dados pessoais, desde a coleta, armazenamento, utilização e eliminação. Tudo o que for feito com os dados pessoais passa a estar regulado pela lei”, esclareceu.

Como exemplos, foram citadas diversas situações que fazem parte do cotidiano das agências em que há tratamento de dados pessoais, como o preenchimento de formulários, o recebimento de currículos, dados estatísticos de participação de campanhas, de eventos, pesquisas de mercado, entre outros.

Roque explicou ainda o conceito de dados anônimos – que não possibilitam a identificação da pessoa, e de dados anonimizados, que passam por processo para que deixe de identificar seu titular. “Dados anônimos saem das exigências da LGPD. Se o dado ajudar a identificar a pessoa, mesmo que por qualquer tipo de cruzamento de informação, está sujeito à lei”, pontuou.

Focaccia e Roque enfatizaram que todos, sejam controladores (a quem competem as decisões referentes ao tratamento de dados pessoais) ou operadores (que realizam o tratamento de dados pessoais em nome dos controladores) têm responsabilidade no sistema de tratamento dos dados pessoais. “Quando o cliente contrata uma agência para fazer uma ação e repassa seu banco de dados a ela, ele é o controlador e tem o poder de decisão das regras. O operador é quem executa, apenas. Existem casos em que a agência pode ser o controlador, como em projetos proprietários. O fato é que um pode responder pela falha do outro e vice-versa”, disse Danilo Roque.

“É importante que toda a cadeia esteja compliant. O cliente precisa ter todas as regras definidas, inclusive o contrato com a agência, como se dará o tratamento de dados pessoais, e a agência precisa ter essa mesma política com seus fornecedores”, grifou Focaccia.

Outra ênfase foi sobre a necessidade do consentimento explícito do titular para que os dados pessoais sejam usados em determinadas situações, o que impõe a obrigação de informar ao titular, de forma explícita, quem coleta os dados pessoais, o que será feito com esses dados pessoais e para qual finalidade. “Em alguns casos, como quando há obrigação legal para que os dados pessoais sejam tratados de determinada forma ou para cumprimento de um contrato, não haverá necessidade do consentimento, como quando a lei exija que os dados pessoais sejam comunicados ao Governo (o ganhador de uma promoção comercial, por exemplo), ou quando a empresa precisa entregar uma compra feita online, onde tenha o consumidor efetivamente contratado esse serviço”, explicou Roque.

Na dúvida de como proceder em cada caso, será obrigatória a assessoria de especialistas. “Empresas e agências precisarão olhar para dentro de casa, analisar ponto a ponto todas as operações e fazer o mapeamento dos dados pessoais que são tratados. Verificar os dados pessoais com os quais já lidam, as finalidades dessa utilização, analisar se já estão adequados às regras ou se ainda precisam se regularizar. Depois, ainda haverá uma fase de treinamento periódico com todos os departamentos”, lembrou Danilo Roque.

Debate

Durante o espaço reservado para o debate, Marcel Sacco, gerente geral da Hershey’s do Brasil, contou como a marca está trabalhando para se adequar às novas exigências. “O grande primeiro passo é a conscientização do grau de importância e do risco. Montamos uma reunião com toda a liderança da companhia e um plano de ação. Temos uma área de marketing e outra gigantesca de relacionamento com o cliente e fornecedor e tudo isso está em cadastro. Então começamos a analisar como vamos tratar esses dados”.

Sacco contou que parte do processo é identificar pontos de captação que nem se imagina que envolvam dados. “Envolvemos também nossa agência parceira, tratando de todo o legado. Estamos fazendo a revisão de todos os contratos, de imediato. A confiança, no nosso caso, é tudo, por isso começamos a nos preparar antes”, lembrou.

Alan Fonseca, da Guardians Consulting comentou sobre um estudo recente que constatou que mais de 90% das empresas não sabem como agir caso se envolvam em episódios de vazamento ou ataque de dados. “A preparação é primordial e a rapidez para descobrir o que aconteceu principalmente. Elas ganham novas responsabilidades, entre elas adaptar seus canais e plataformas, além de diferenciais competitivos, já que esse tratamento correto será levado muito em consideração pelos clientes”, afirmou.

O público, formado por representantes de agências, clientes e fornecedores do Live Marketing, também participou com perguntas.

Este foi o segundo encontro promovido pela AMPRO sobre o assunto da nova lei e seus impactos. Para contribuir com a adequação das agências, a entidade já está também estruturando guias e orientações de melhores práticas ao mercado, avaliando as melhores formas de garantir que as agências estejam em compliance com a LGPD, buscando manter os fluxos de trabalho do mercado de Comunicação viáveis.

Continue lendo
Clique para comentar

You must be logged in to post a comment Login

Deixe uma resposta

Universo Live

konecte.me aproxima profissionais a vagas de trabalho

Publicado

em

Após mais de 1 ano de pesquisas, análises e entendimentos sobre os impactos cruéis da pandemia sobre o mercado de trabalho nas áreas de marketing, comunicação e mídia, os empresários Celio Ashcar Jr. (aktuellmix) e Piero Matarazzo (Grupo Armazém) criaram a konecte.me.

Desde o seu início, em março de 2020, a crise sanitária provocada pelo novo Coronavírus trouxe um impacto sem precedentes aos mercados de marketing, comunicação e mídia. Segundo o último relatório do FMI, o desemprego no Brasil deve subir 14,5% este ano. As agências de publicidade, por exemplo, tiveram em média 75% de queda de receita e 39% delas precisaram reduzir seus quadros no ano passado. Os números são do mais recente estudo VanPro, realizado pelo Sinapro (Sindicato das Agências de Propaganda) e Fenapro (Federação Nacional das Agências de Propaganda). Outro dado relevante é da AMPRO (Associação de Marketing Promocional), que apontou adiamentos e também cancelamento parcial de atividades para 70,3% do mercado de live marketing.

Neste cenário, com empresas desacelerando investimentos e outras fechando ou diminuindo postos de trabalho, inúmeros profissionais e empresas encontram grande dificuldade na busca por vagas e contratações. “Eu tenho mais de 25 anos no mercado de comunicação e nunca vi uma crise como esta. É muito triste este momento que estamos vivendo.  A konecte.me veio para conectar e aproximar profissionais e vagas. Temos que gerar empregos e oportunidades para todos de forma rápida para que possamos acelerar o crescimento econômico.”, afirma Celio Ashcar Jr., co-founder & partner da plataforma.

Dentro do ecossistema de comunicação, marketing e mídia, a plataforma pretende aproximar os jobs a uma extensa gama de profissionais em áreas como criação, atendimento, mídia, planejamento, marketing, relações públicas, ponto de venda, digital, produção, tecnologia além de postos em áreas de backoffice como administrativo, finanças e recursos humanos ou de funções de gestão no board.

Além de conectar pessoas e empresas, a plataforma terá uma área de conteúdos exclusivos, com artigos escritos por renomados profissionais de diversos mercados gerando reflexões e aprendizados relevantes sobre o cenário atual. Neste mês de lançamento, teremos nomes como Daniela Cachich (CMO Latam Pepsico), Edu Lyra (CEO Gerando Falcões), Regina Augusto ( jornalista e professora da Miami ad School), Ricardo Natale (CEO Experience Club) entre outros.

Inclusão e Diversidade no DNA

A plataforma ainda tem parceria com a rede Gerando Falcões, presidida por Edu Lyra. O elo foi criado para que as empresas tenham acesso a profissionais das comunidades em que a Gerando Falcões atua e tenha mais uma opção para ampliar a diversidade de seus quadros. “Neste momento tão difícil que estamos vivendo é essencial darmos oportunidades também para pessoas com menos acesso e chances de trabalho. Queremos que, por meio da konecte.me, as empresas e agências conheçam mais o projeto de empregabilidade da rede Gerando Falcões com as comunidades mais sensíveis.”, ressalta Piero Matarazzo, co-founder & partner da plataforma.

Por fim, a konecte.me também apoia o Movimento Panela Cheia #panelacheiasalva da CUFA, Gerando Falcões, Frente Nacional Antirracista, com o apoio do União SP e cooperação da Unesco. No momento de realizar o pagamento da assinatura na plataforma, o usuário vai poder doar R$ 1,00 ao Panela Cheia. E cada R$ 1,00 doado, a konecte.me doa mais R$ 1,00.

Continue lendo

Universo Live

Agência MoodCom promove live com a dupla Zé Neto e Cristiano patrocinada pela Cachaça 51

Publicado

em

No dia 24 de abril, a Cachaça 51 patrocinou uma live exclusiva da dupla Zé Neto e Cristiano – Dia do Churrasco, sucesso entre o público em todo o país.
O evento foi realizado na fazendo Ruiz Coffees, em Macedônia – interior do estado de São Paulo. A cenografia – idealizada e produzida pela agência Moodcom – foi um show à parte: bar, iluminação, palco e ambientação refletiram o empenho e alegria da equipe que esteve por trás, destinada a levar animação ao público.
O bar cenográfico contou com exposição de um cardápio dos produtos 51! As promotoras montaram drinks, como caipirinha, além de expor as outras bebidas da marca.
A estrutura preparada para o evento mostrou que a dupla não estava para brincadeira, as bebidas estavam expostas no palco principal e nas adjacências. Até aonde os olhos conseguissem alcançar havia expositores, churrasqueiras, bebidas, tudo isso envolto em muita música sertaneja de qualidade.
Além de músicas autorais, a dupla cantou vários sucessos das últimas décadas, interpretando canções de parceiros de carreira como Jorge e Mateus, Bruno e Marrone e Gusttavo Lima, totalizando quase 5 horas de live – que já conta com mais de 4 milhões de visualizações no canal oficial dos cantores no Youtube.
A cereja do bolo ficou por conta da participação da dupla João Bosco e Vinícius, que cantou com Zé Neto e Cristiano sucessos como “Falando sério” e “Another brick on the wall”; e da presença de Jacques Vanier, sucesso nas redes sociais.
A cenografia do evento foi desenhada e produzida pela Agência MoodCom, e contou com todos os cuidados de higienização e distanciamento entre as pessoas, desde a utilização de máscaras personalizadas até totens de álcool em gel instalados na área do evento para que os artistas e promotores higienizassem suas mãos antes de suas ações. A MoodCom é uma boutique de live marketing que veio para resgatar conceitos esquecidos pelo mercado. A agência traz como principal pilar o atendimento diferenciado para cada cliente, entendendo de perto cada necessidade para entregar então a solução ideal com foco no resultado.
Continue lendo